10 Sinais de Quando o Casamento não dá mais certo

É o ponto que nenhum casal quer chegar, e por isso é difícil reconhecê-lo. No entanto, existem alguns aspectos que não devem ser negligenciados para terminar um relacionamento.

É difícil reconhecer quando o casamento não dá mais certo. E é muito difícil acabar com algo que representou felicidade para os dois em algum momento e que deveria durar a vida toda.

Às vezes, existem maneiras e fórmulas que podem salvá-lo. No entanto, há momentos em que é melhor aceitar a realidade, por mais dura que seja, e seguir por caminhos diferentes.

Cerca de 50% dos casais que se casam pela primeira vez acabam se divorciando, de acordo com as estatísticas de divórcio. Os motivos podem ser variados, desde problemas financeiros até incompatibilidades sexuais. Mas o final é o mesmo. Que sinais te alertam?

Como ter certeza de quando o casamento não dá mais certo?

Os casamentos têm situações boas e ruins. Nos momentos ruins a ideia de separação pode vir à mente e, quando os problemas passam e o relacionamento melhora, esses pensamentos parecem fora de lugar. Por isso, fica difícil discernir se é apenas uma fase ruim ou se é algo que não tem solução.

No fundo, você não quer destruir um relacionamento e assumir a responsabilidade da separação. Algumas coisas são afetadas, desde as coisas que foram construídas juntos, até as crianças, que se quer proteger e cuidar acima de tudo.

Portanto, às vezes é bom procurar soluções. Silvia Canabajo, terapeuta matrimonial, recomenda exaustivas 5 ações que você deve fazer quando o casamento não dá mais certo:

  • Consultar uma terapia de casais
  • Conversar juntos sobre as necessidades e preocupações do relacionamento.
  • Passar mais tempo juntos e ter mais momentos íntimos.
  • Reconhecer seus próprios erros e tentar mudá-los.
  • Entender aonde o casal pode estar errado.

No entanto, há momentos em que os sinais indicam que não há muitas saídas possíveis.

VEJA TAMBÉM: 8 atividades em casal que são uma vacina contra o divórcio!

Situações que não devem ser toleradas

Primeiro é preciso considerar que algumas situações não devem ser toleradas e nem merecem reconsideração. Entre elas estão as seguintes.

1. Um casamento não tem mais solução se houver abuso

Seja física ou verbalmente, se você sente que seu parceiro está agredindo você, não deve aceitar e deve entender que comportamentos violentos são repetitivos.

2. Relacionamento tóxico

Um relacionamento tóxico pode ser difícil de reconhecer, porque às vezes o dano é sutil. Se você sente menosprezo, abusado verbalmente, falta de empatia, críticas constantes e falta de consideração, você pode estar sendo vítima de um relacionamento tóxico.

3. Traição

Um casal é construído na confiança. Se trair é um costume para justificar o comportamento, essa confiança é quebrada. Da mesma forma, a infidelidade é um sinal de pouco interesse no relacionamento. Embora às vezes possa ser perdoada e superada, outras vezes a pessoa que o comete tende a reincidir.

VEJA TAMBÉM: Como saber se meu Marido está me Traindo – 8 passos

4. Os vícios

Mesmo que haja amor e empatia, se um dos membros do casal for viciado em álcool, drogas, jogos de azar ou algum outro tipo de comportamento viciante, mais cedo ou mais tarde isso afetará o casamento.

O vício vai se tornar mais forte que o casal e as consequências podem ser incalculáveis. Nesses casos, o melhor é procurar ajuda profissional.

Sinais de quando o casamento não dá mais certo

Há outras circunstâncias em que o caminho a seguir não é tão sutil. Quando sentir que o divórcio é iminente mas as dúvidas não te deixarem decidir, pode procurar a resposta tendo em conta alguns sinais que lhe podem dar uma visão mais clara de quando o casamento não dá mais certo.

1. Falta de respeito

Quando um dos dois perde o respeito pelo outro, a relação se complica. Se um sente que o outro é menos, será difícil mudar esse sentimento. João Gabrás, um dos psicólogos mais reconhecidos, considera esse desprezo um dos “cavalos do apocalipse matrimonial”.

2. Se você idealiza uma vida sem um parceiro

Pensar que se pode estar melhor sozinho ou com outra pessoa em um momento de conflito pode ser normal. Mas quando esse é um pensamento constante e a cada momento você encontra uma situação mais satisfatória, é sinal de que não há satisfação com o casamento.

3. Brigas constantes

As diferenças no casamento são normais. A coexistência é difícil; mas quando há amor, há tolerância. No entanto, se toda conversa terminar em discussão, essa tolerância será perdida. Pode até haver uma necessidade de desabafar alguma raiva interna no outro. E isso não é bom para o relacionamento.

4. Crítica constante

Se você não vê nada de bom no seu parceiro, ou vice-versa, é porque as críticas tomaram conta do casamento. A crítica construtiva é valiosa desde que os aspectos positivos também sejam vistos. Mas quando a crítica apenas destrói, outras coisas são destruídas no casal.

VEJA TAMBÉM: Como Superar um Fim de Relacionamento e Virar a Página

5. Culpar o outro

Em qualquer relacionamento, a culpa é compartilhada. Quando seu parceiro te culpa, pode haver um sentimento de raiva em relação a você. Essa é uma forma de depreciação que também deve ser tratada por um terapeuta matrimonial; caso contrário, será difícil manter um relacionamento sob essa premissa.

6. Falta de contato íntimo

As relações sexuais são uma parte importante do casal. Se além disso não houver sequer uma carícia, um beijo ou um abraço, pode ter perdido o interesse.

Você acha que casamento ainda tem solução?

Se você ainda quer lutar pelo seu casamento, faça-o ativamente. No entanto, tenha em mente que existem certos aspectos que não devem ser tolerados. A terapia de casamento é uma opção adequada, embora, mesmo assim, os sentimentos não mudem, a decisão será tomada.


O conteúdo desta publicação foi escrito apenas para fins informativos. Em nenhum momento podem servir para facilitar ou substituir diagnósticos, tratamentos ou recomendações de um profissional. Consulte o seu especialista de confiança em caso de dúvida e peça a sua aprovação antes de iniciar qualquer procedimento.

Compartilhe:
Rolar para cima