8 lições que aprendi em 8 anos de casamento | Me Apaixonei

8 lições que aprendi em 8 anos de casamento

110
0
Compartilhe:

Ontem foi nosso oitavo aniversário.

É tão louco para mim dizer isso. Parece que foi ontem, e também parece que foi há 100 anos que dissemos nosso tão esperado “sim”.

Eu aprendi muito nos últimos oito anos. Tem havido momentos incríveis e não tão surpreendentes. Nós crescemos juntos. Nós compramos casas juntos, viajamos juntos, trabalhamos juntos e tivemos filhos juntos.

Nós nos casamos bastante jovens. Eu tinha 24 anos e a Carol mal tinha completado 23 anos. Ficamos noivos apenas dois meses depois de nos conhecermos e nos casamos quatro meses depois disso. Algumas pessoas disseram que era muito rápido. Não foi. Pelo menos não para nós.

Houve muitas coisas que aprendi nos últimos oito anos. Aqui estão as oito mais importantes:

1. Comunicação aberta é a chave para um relacionamento saudável.

Foto: https://unsplash.com/photos/iwXs0rzgXbM

Carol e eu conversamos todos os dias. Seja na volta para casa do trabalho, na mesa de jantar, ou quando nos deitamos, sempre conversamos um com o outro sobre como foi os nossos dias. Este é um ótimo hábito em qualquer relacionamento, seja ele, namoro ou casamento.

Mas ter uma comunicação aberta é muito mais do que uma “conversa de travesseiro”. Nós somos transparentes um com o outro. Falamos sobre o que nos perturba, o que nos faz felizes, quais são nossas ambições, nossos medos, quem cada um de nós está tentando se tornar.

Nós conversamos sobre nosso passado, nosso presente, nosso futuro. Somos capazes de nos expressar plenamente e abertamente um com o outro, sem qualquer julgamento. Nós simpatizamos um com o outro. Nós sentimos um pelo outro.

Nós caminhamos juntos através das tempestades que a vida nos lança. A comunicação aberta é fundamental para ter um relacionamento feliz

2. Discutir de maneira correta é essencial para a saúde do casamento.

Foto: https://cdn0.weddingwire.com/img_g/editorial-images-2018/11-november/kim/couple-talking.jpg

Eu sei que você vai pensar que estou louco por dizer isso, mas ouça. Discutir de forma eficaz é um aspecto importante de um relacionamento saudável no casamento. Se você aprender a argumentar sem ferir a outra pessoa, isso será um benéfico para ambas as partes.

Primeiro, por si próprio, ajuda a liberar as emoções que, de outra forma, você poderia prender dentro de si mesmo. E, em segundo lugar, te ajuda a transmitir qualquer ponto de vista que você esteja sentindo necessidade de o fazer.

Carol e eu implementamos essa técnica fazendo uma pausa quando as coisas começam a esquentar. Um de nós se retira. Ambos, então, temos a chance de nos acalmar, reavaliar e depois voltar quando já tivermos esfriado a cabeça o suficiente para pensar racionalmente sobre o que quer que estivéssemos discutindo.

Nós aprendemos a não gritar um com o outro, a não aumentar a voz, porque isso realmente não ajuda em nada. Se você investe seu tempo discutindo de maneira eficaz, você pode colocar seu ponto de vista e tentar entender aonde a outra pessoa quer chegar. Aprender a discutir da maneira certa anda de mãos dadas com aprender a se desculpar.

3. Nem sempre o que acontece no relacionamento deve ser compartilhado com outras pessoas.

Foto: https://weheartit.com/entry/323941862

Nós nos diferimos muito em nossa definição do que significa “privacidade”. É algo que nós dois tivemos que aprender, e levou algum tempo. Carol acha que quando surge um problema, não há problemas em contatar todos que podem ser úteis.

Ela gosta de compartilhar seus problemas para encontrar uma solução rapidamente. Eu, por outro lado, tenho um círculo muito pequeno de pessoas confiáveis ​o suficiente para lidar com os problemas que podem surgir em minha vida.

Cada um de nós teve que aprender a respeitar como a outra pessoa responde aos problemas. Carol teve que aprender que quando algo me acontece que eu possa precisar de ajuda, não há problema em contatar uma das pessoas do meu pequeno círculo íntimo.

Não está tudo bem transmitir o que eu tenho para todos. Eu tive que aprender que, se ela precisar de ajuda, tudo bem entrar em contato com alguém que eu possa achar que terá uma solução para o problema dela. Como aprendemos como fazer isso, podemos nos ajudar da melhor maneira possível. Todo mundo precisa de um senso de privacidade, e nos relacionamentos não é diferente.

4. Não guarde ressentimentos.

Foto: https://unsplash.com/photos/d1hBfHYcAF8

Quanto mais tempo você estiver casado, mais fácil será de guardar rancor um do outro. Afinal, quanto mais tempo você passa ao lado de uma pessoa, mais você a conhece. As pequenas coisas que você pensava que eram fofas enquanto namoravam podem se tornar as coisas mais chatas.

Em nosso casamento, aprendemos a aceitar as nossas diferenças e abraçá-las. Há coisas que ainda faço, mesmo oito anos depois, que deixam a Carol de cabelo em pé. Mas em vez de me repreender ou esperar que eu mude, ela me aceita como sou. Eu faço o mesmo por ela.

5. Tenha expectativas realistas.

Foto: https://weheartit.com/entry/323418837

O parceiro perfeito não existe. Algumas pessoas passam a vida toda procurando o “encaixe perfeito” e acabam ficando desapontadas quando não as encontram. É preciso muito trabalho e esforço para construir um relacionamento saudável e duradouro. Por isso, tenha expectativas realistas sobre seu parceiro. Os casais saudáveis entendem que a chave para um relacionamento feliz é o comprometimento, a comunicação aberta e o comprometimento.

6. Não deixe de curtir um tempo a sós

Foto: https://weheartit.com/articles/323776521-the-secret-to-having-the-hair-of-your-dreams

Casais que vivem em relacionamentos saudáveis entendem que ter um tempo para si mesmos é uma das coisas mais saudáveis em um casamento. Você não precisa estar colado o tempo todo no seu parceiro para ser feliz. Não há problema em ter seus próprios interesses e um tempo para curtir o que você mais gosta.

Por exemplo, Carol gosta de jogar vôlei com as amigas da igreja dela. Ele vai duas vezes por semana para fazer isso e realmente gosta disso. Dar uma pausa te permite tempo para descomprimir. Isso te ajuda a manter seu próprio senso de individualidade.

7. Confiem sempre um no outro em qualquer circunstância.

Foto: https://unsplash.com/photos/1ihCvDeUqSE

A confiança é essencial para qualquer relacionamento e é totalmente importante para ter um bom casamento. Vocês devem confiar um no outro em tudo. Confiança significa respeitar as idéias, decisões e crenças de seu parceiro. Confiança significa saber que quando seu parceiro te diz algo, você pode acreditar que é verdade.

Você pode aprender a confiar totalmente em seu parceiro em 100%, mas isso leva tempo. Carol e eu não começamos a confiar um no outro da noite para o dia. Levou tempo, muitas tentativas e alguns erros.

8. Vocês melhoram um ao outro.

Foto: https://weheartit.com/entry/324005507

Tornar o seu parceiro uma pessoa melhor do que ele já é deve ser uma das principais prioridades para você. Apoiá-lo em seus objetivos é uma das coisas mais úteis que você pode fazer pelo bem do seu namoro ou casamento.

Um relacionamento saudável consiste em casais que se amam pelo que são, não por quem eles querem que o outro seja.

. . .

Nos últimos oito anos de casamento, aprendi muitas lições importantes. Sou grato pela oportunidade que tive de construir uma linda família com minha linda esposa.

Tivemos muitos obstáculos no percurso dessa estrada, mas é um passeio que pelo qual sou muito grato e que a cada dia eu tomo a decisão de seguir em frente. E um passeio que espero que continue por muito tempo.

VEJA TAMBÉM:

8 coisas que os casais devem conversar aberta e frequentemente

Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: