8 coisas que os casais devem conversar aberta e frequentemente | Me Apaixonei

8 coisas que os casais devem conversar aberta e frequentemente

219
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Eu sei que, muitos casais provavelmente vão dizer que podem conversar sobre qualquer coisa. Mas isso é realmente verdade?

Eu realmente me deparo com pessoas que sentem dificuldade em trazer determinados assuntos para seus próprios relacionamentos.

Dê uma olhada nessa lista e veja se esses assuntos aparecem regularmente em seu relacionamento. Se não, talvez essa seja a hora de começar a falar sobre eles!

1. Finanças

Aposto que você já sabia que isso apareceria neste post em algum lugar, não é mesmo?! Embora muitos casais tenham uma pessoa mais “financeiramente interessada” – e isso é totalmente saudável -, é muito importante estar na mesma página com seu parceiro sobre suas finanças – e isso não vale só pra quem é casado não!

Isso inclui: como vocês gastam dinheiro, quanto dinheiro vocês gastam com certas coisas, quais são seus objetivos de poupança, etc.

É claro que esses interesses são realmente amplos, mas, como regra geral, quanto mais abertos vocês estiverem com relação ao dinheiro e quanto mais vocês forem capazes de permanecer na mesma página, mais chances você terá de ter um relacionamento feliz.

2. Coisas críticas

Minha esposa e eu estávamos assistindo Arrow na Netflix há uns dias atrás e um conselho de relacionamento foi dado que foi mais ou menos assim: “Encontre alguém que você nunca tenha que se desculpar.”

Nós olhamos um para o outro e dissemos “Uhhhhhh… não é assim que isso funciona. Não é assim que nada disso funciona…”

O que o personagem do filme quis dizer com “Encontrar alguém que você nunca precise se desculpar” era que você deveria encontrar alguém que te compreendesse tanto que você nunca precisasse se desculpar por não estar lá na hora, porque sua pessoa entenderia que você tinha um boa razão para isso.

Exceto que realmente não é assim que a vida funciona. Estou certo? E se o seu parceiro realmente não tiver uma boa razão para ter te decepcionado? Você vai simplesmente entender por que ele fez que fez?

Quero dizer, por mais que seja uma ótima prática dar ao seu parceiro o benefício da dúvida, também chega uma hora e um lugar para mantê-lo em um padrão.

Mas para que isso funcione, seus padrões com seu parceiro precisarão ser entendidos mutuamente. Caso contrário, se seus padrões forem diferentes, suas palavras soarão estranhas e entrarão em um ouvido e sairão do outro. Sendo assim, não tenha medo de falar e dizer ao seu parceiro como ele pode melhorar.

3. Sentimentos

Foto: https://br.pinterest.com/pin/191966002852256735/

Há alguns dias eu estava conversando com um homem que eu fiz amizade na fila do cinema. Ele me disse que tenta se comunicar com a esposa, mas parece haver uma parede entre eles.

Embora ele seja capaz de pedir a ela para mudar e fazer algo diferente em seu relacionamento, e ela não o rejeita quando ele pede, ele ainda nunca realmente vê as mudanças da parte dela.

Então, enquanto meu novo amigo estava sendo honesto com a esposa sobre o que ele gostaria de vê-la mudar – o que é  um argumento saudável -, ele se sentia extremamente magoado pelo fato de que seus pedidos estavam sendo ignorados.

Meu conselho para ele e para todos os casais que se encontram em situações semelhantes é dizer ao parceiro como as ações dele estão fazendo você se sentir.

Seu parceiro pode simplesmente não ter percebido o quão importante é o seu pedido e, ao deixá-lo saber que suas ações doem, ele(a) terá a segunda chance de entender a importância do que você está pedindo e, depois, esperamos, seguir adiante!

4. Coisas de quarto

Foto: Unsplash.com

E não estou falando apenas dos lençóis que você coloca na sua cama. Muitas pessoas vêm e procuram outros blogs de relacionamento para obter conselhos sobre como lidar com certas coisas no quarto. Que é totalmente bom e ótimo! Mas blogs de relacionamento só podem te dar conselhos para a sua vida por trás das portas do quarto. O resto vai depender de você e do seu namorado(a)/marido/esposa.

Falar abertamente sobre sua vida sexual é mais fácil quanto mais cedo você começar, mas isso pode ser feito mais tarde na vida, e você pode chegar ao ponto em que se sentirá confortável fazendo isso – com a prática.

Se isso é algo que não vem naturalmente para o seu cônjuge, mas você quer tentar falar mais sobre isso, comece aos poucos.

Certifique-se de que você e seu parceiro estão em um ambiente confortável e não fale sobre o que quer que você esteja pensando, se não for algo sobre o qual você costuma falar. Seja sincero(a) em suas palavras e ouça o que ele(a) tem a dizer sobre sexo também.

Então, depois que vocês se sentirem mais à vontade para falar abertamente sobre sua vida sexual, não tenha medo de mergulhar um pouco mais, sempre lembrando de manter uma discussão aberta.

5. Coisas engraçadas

Foto: https://www.instagram.com/p/BpjTOfVgUt8/

Muitos relacionamentos desmoronam por diversos motivos. Muitas dessas razões têm a ver com os padrões, confronto e honestidade de que falamos acima. Mas os relacionamentos também podem desmoronar mesmo quando parece que não há nada de estruturalmente errado.

Os relacionamentos podem começar a se desintegrar quando um casal se esquece de rir juntos.

Eu já passei por um período como esse. Para ser honesto, eu estava cansado e estressado e ainda me ajustando a ser o marido ideal. O riso começou a parecer uma distração de fazer as coisas na minha longa lista de tarefas e comecei a ignorá-lo, ou até mesmo achar frustrante quando minha esposa tentava se divertir comigo.

Quando aprendi a viver o momento e curti esses pequenos detalhes no meu relacionamento, vi que minha lista de tarefas não mudava, mas minha atitude certamente mudou.

6. Futuro

Ah, esta é uma das minhas coisas favoritas para falar! E eu não acho que isso seja difícil para muitos casais jovens ou velhos.

Mas para muitos que podem se encontrar vivendo no que parece mais ou menos como uma rotina diária, o futuro pode ser algo sobre o qual você não fala há algum tempo.

Embora o tópico acima ressalte a importância de viver no momento, é muito importante ter sonhos e planos futuros com seu parceiro, não importa há quanto tempo vocês estejam juntos e se são casados ou ainda não.

7. Religião

Foto: https://unsplash.com/photos/iwXs0rzgXbM

Realmente, a religião deve ser algo que vocês conversem antes de decidirem se casar. Mas se você já é casado e percebe que a religião não é um assunto muito discutido em seu relacionamento, não se preocupe, ainda há esperança.

Eu acho que os casais estão na mesma página com suas crenças espirituais, ou, se eles ainda não estão, suas crenças são raramente mencionadas, a fim de evitar ainda outro argumento que sempre termina da mesma maneira.

Sendo um casal cristão, lemos na Bíblia que não devemos nos casar com alguém que não acredita na Palavra de Deus como nós. E isso não é porque somos melhores do que aqueles que não acreditam. Mas porque quando o apóstolo Paulo escreveu essas palavras, ele sabia como seria ter um casamento entre duas pessoas que acreditam e valorizam coisas diferentes.

Sim, você pode fazer funcionar. Mas você não quer um casamento em que seu cônjuge acredite nas mesmas coisas que você?

E se você planeja construir um relacionamento saudável e feliz, haverá muito o que fazer para manter a conexão entre vocês. Porque, eventualmente, tentar convencer seu parceiro a acreditar no que você acredita não é uma tarefa simples.

Então, se você se encontra essa posição, o máximo que você pode fazer é viver a sua fé da melhor maneira possível e orar pelo seu parceiro.

8. Coisas embaraçosas

Foto: https://unsplash.com/photos/MmNShlo1TTQ

Esse é outro dos meus assuntos favoritos para conversar com minha esposa. Isso é algo que muitas vezes cai em #5 de coisas engraçadas para nós.

Mas coisas embaraçosas também podem ser mais sérias. Na maioria das vezes, tente ser sincero(a) e dê o exemplo de que não há problema em rir de si mesmo de vez em quando – ou muitas vezes assim como eu. Também é bom começar a conversa simplesmente dizendo ao seu parceiro que você está envergonhado(a), mas gostaria de conversar com ele sobre um assunto um tanto quanto sensível.

Há muitas coisas nessa lista que qualquer casal pode achar embaraçoso para falar se não for feito abertamente e com bastante frequência. Mas ser aberto e sincero sobre a maioria das coisas vai tirar o embaraço de muitos assuntos potencialmente embaraçosos.

Eu gosto de dizer às pessoas que as conversas são apenas estranhas se você acredita que elas são. Se você e seu amor procuram se abrir e se entenderem na maioria das coisas, então conversas difíceis não serão realmente uma coisa com a qual você terá de se preocupar.

Há algo que eu não falei aqui nesse post? Quais outros tópicos devem estar nessa lista? Deixe seus pensamentos nos comentários abaixo e compartilhe este post com os casais em sua vida!

VEJA TAMBÉM:

5 coisas que os homens mais esperam de suas esposas

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: