Desapego é necessário para vivermos NOVAS HISTÓRIAS

Compartilhe esse post:

https://unsplash.com/photos/bgovxZpRgaE

Quem nunca caiu no dilema de guardar coisas desnecessárias, muito provavelmente coisas que jamais iremos usar outra vez? Como por exemplo, roupas que sequer cabem em nós novamente.

Tudo isso reflete a forma como, muitas vezes, tratamos o nosso coração: como se fosse um quarto da nossa casa que só serve para guardar coisas que já não prestam mais, pelo menos não para nós.

Mas é claro que o fato de não nos servir mais, não significa que o que tivemos não foi importante ou que não tem mais significado — não é isso que estou querendo dizer, mas sim que existem coisas que jamais iremos esquecer, mas precisamos nos desapegar; as lembranças sobrevivem, mas aquilo que elas dizem sobre si mesmas podem perder o poder de influenciar a nossa vida e as escolhas que iremos fazer, pois sempre existem coisas melhores adiantes, acredite nisso.

Podemos celebrar ou ressignificar uma lembrança, porém jamais podemos nos tornar escravos emocionais dela.

VEJA TAMBÉM:

Você quer ser feliz? Então não conte isso a ninguém!

Não sei pra onde devo ir mas sei pra onde nunca mais voltarei

Quando arrumamos o armário, encontramos roupas que, embora gostamos muito, não nos servem mais, porque mudamos e evoluímos, inclusive, encontramos roupas que nos perguntamos: “como fui capaz de usar isso?”.

Enfim, o tanto de afeição e homenagens que pareciam eternas, agora são apenas lembranças e recordações que, embora estejam desbotadas, sobreviveram.

Talvez seja impossível esquecer lembranças que nos fizeram chorar, mas é totalmente possível nos desapegarmos delas. Se continuarmos acumulando coisas velhas em nosso armário, chegará um momento em que não haverá mais espaço para coisas novas.

Lembre-se de que dois corpos não ocupam o mesmo lugar no espaço, digo mais uma vez: acredite que há coisas melhores adiante! Pratique a lei do desapego e viverás melhor.

Israel Gonçalo

Compartilhe esse post: