Ser feliz até quando der | MeApaixonei.com.br

Ser feliz até quando der

353
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

https://unsplash.com/photos/kUY6bln4Les

Quando penso em você, me deixo levar para um mundo mágico, lúdico, um mundo que só quem teve a coragem de explorar, sabe de sua existência e de seu paradoxo entre utopia e realidade.

Você é um daqueles presentes maravilhosos que a vida nos oferta e ficam guardadinhos no coração e nas lembranças que insistem em voltar à mente e nos fazer sentir uma vontade irresistível de revivê-las uma a uma.

Existe uma certa nostalgia em voltar no tempo, mas confesso que sinto uma coisa tão bacana por dentro quando paro para lembrar da gente; tudo era leve, espontâneo, a vida fluía simplesmente, sem planos, projetos, agendas ou promessas e é exatamente por isso que era lindo. Sei que parece frase feita, mas com a gente foi diferente, foi inusitado e muito, muito divertido — e teve muito carinho e teve muito amor.

Não nos preocupávamos com nada, nada mesmo, parecíamos dois adolescentes irresponsáveis, alienados ao que acontecia no mundo lá fora. Não tínhamos hora pra dormir, pra acordar, pra comer, nem hora pra analisar, só queríamos a parte boa da vida, o lado suave com gargalhadas, músicas e uma energia sem fim…

Envie seu texto!

VEJA TAMBÉM:

Você merece ser feliz! 5 regras para ter uma vida e tanto

“Amar talvez seja isso: descobrir o que o outro fala mesmo quando ele não diz…”

Por favor, pare de pensar que você não merece ser feliz

O mundo era nosso, aquele momento era único e era a vida que queríamos e foi exatamente a que tivemos. Parecia simplesmente “o último dia na terra”, onde a gente só pensa em ser feliz, independente do que vier a acontecer amanhã ou se haverá amanhã…

— É clichê, piegas, sim, mas que mal há em ser démodé as vezes?

As sensações são tão boas que os padrões é que se tornam ridículos.

E hoje sei, depois de tanto aprendizado e vivências, que ridículo mesmo é não nos permitirmos ser felizes e que sim, podemos tornar essas lembranças reais novamente e reviver a mesma história quantas vezes quisermos, afinal, pra quê viver de lembranças, se podemos viver de momentos e sermos felizes até quando der?!

Meire Rodrigues

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: