Como restaurar a intimidade e a conexão em um relacionamento desgastado | Me Apaixonei

Como restaurar a intimidade e a conexão em um relacionamento desgastado

481
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Por que alguns casais lutam tanto para permanecer juntos?

Essa é uma pergunta que me intrigou quando comecei a trabalhar com relacionamentos amorosos.

Muitas mulheres me diziam: “O que eu faço quando os sentimentos em um casamento se vão?” Ou os homens com quem trabalho para salvar o casamento compartilham: “Quando um casamento acaba para uma pessoa, ainda é possível recuperá-lo?”

Eu queria saber se, quando os sentimentos em um casamento acabam, eles podem ser restaurados com foco e esforço. A boa notícia é que sim, eles podem! 

O problema é que existem três razões principais que impedem os casais de se reconectarem, o que explicarei ainda neste artigo.

A maioria das pessoas com quem eu conversava me perguntava: “A intimidade no relacionamento é importante para você?” Minha resposta é e sempre será “Sim! Absolutamente sim!”.

No entanto, descobri que muitos casais não se concentram nisso quando pensam que o casamento acabou.

As pessoas precisam de intimidade. É uma das necessidades humanas básicas, de acordo com muitos psicólogos e especialistas em bem-estar.

Isso é apoiado por Anthony Robbins, que estudou as necessidades humanas universais e constatou que uma das quatro necessidades básicas do ser humano é a necessidade de amor e conexão.

O Dr. Steven Stosny afirma que a intimidade também é crucial para o funcionamento humano normal e pode ajudar a afastar a depressão, a agressividade e acalmar a ansiedade.

Um relacionamento precisa de intimidade. Caso contrário, ele vai lentamente, como uma flor não regada, murchar e morrer. Infelizmente, vejo isso sempre que indivíduos ou casais vêm a mim com o casamento em crise.

Há sempre um colapso na intimidade. Estatísticas de divórcio apoiam isso e a falta de intimidade e conexão é muitas vezes a culpa.

O que me surpreende é que, se todos nós valorizamos a intimidade em um relacionamento e a reconhecemos como alog importante para um relacionamento saudável e duradouro, por que os casais não conseguem restaurá-la depois que ela foi quebrada ou perdida?

Existem três razões principais pelas quais os casais lutam tanto para recuperar sua conexão íntima quando um relacionamento está desgastado. Aqui está como você pode resolver esses problemas de intimidade:

1. Homens e mulheres vêem a intimidade de maneiras diferentes.

Uma das principais razões pelas quais os casais acham difícil recuperar a intimidade é porque homens e mulheres têm visões diferentes do que significa ser íntimo.

Tendo ajudado inúmeros casais a salvar o casamento, muitas vezes pergunto a eles separadamente o que significa ser íntimo. Em média, aqui estão suas respostas (claro, sempre há exceções).

Para os homens, a intimidade é:

  • Uma conexão física
  • Preliminares
  • Andar de mãos dadas, abraçar e beijar
  • Tempo físico de qualidade juntos
  • Intimidade sexual
  • Fazer coisas juntos

Para as mulheres, a intimidade é:

  • Uma conexão emocional
  • Compartilhar questões importantes um com o outro
  • Ouvir coisas sobre o dia do marido
  • Ser capaz de chorar sobre eventos emocionais e experiências juntos
  • Estar emocionalmente consciente quando os sentimentos são feridos
  • Conhecer as esperanças e sonhos um do outro

Os homens tendem a associar a intimidade como sendo física, que inclui o toque e o sexo. Para as mulheres, trata-se mais de conversar intimamente cara a cara.

2. Medo de intimidade.

“Eu tenho medo de você e ao mesmo tempo eu te amo e essa não é uma boa combinação.”

Medo de intimidade desempenha um grande fator entre os casais que lutam para restaurar a intimidade. O medo de se machucar e ser vulnerável pode bloquear o compartilhamento emocional e a confiança em um relacionamento.

O medo da rejeição pode impedir que um relacionamento seja fisicamente íntimo novamente. O medo do fracasso ou desapontamento pode nos impedir de compartilhar nossos desejos, sonhos, esperanças e expectativas, por isso nos contentamos com menos.

O medo do abandono pode impedir que alguém esteja verdadeiramente conectado com a outra pessoa. O medo de se perder em um relacionamento é outra razão comum entre homens e mulheres evitarem a intimidade.

De acordo com Hal Shorey Ph.D. da Psychology Today, temer intimidade e evitar a proximidade nos relacionamentos é a norma para cerca de 17 por cento dos adultos nas culturas ocidentais.

Embora tenhamos esses medos, a maioria dos conselheiros matrimoniais não enfrentam esses medos. Em vez disso, eles sugerem “falar sobre seus problemas” repetidas vezes, o que geralmente causa mais medo.

Para salvar um relacionamento, você precisa se concentrar em estabelecer a conexão e olhar para o futuro. O que funciona é orientação prática e apoio sobre como avançar e ser íntimo apesar desses medos.

3. Não reconhecer as 7 áreas principais da intimidade.

Muitos de nós mantemos nossa visão cega de intimidade e deixamos de reconhecer que, para um construir um relacionamento saudável, duradouro, satisfatório e prazeroso, precisamos que mais de um tipo de intimidade esteja presente.

Aqui estão os 7 tipos de intimidade que identifiquei nos casamentos mais bem sucedidos.

1- Auto-Intimidade: Para ter um relacionamento saudável, precisamos ter um bom relacionamento conosco, saber o que nos faz felizes, o que desejamos em um relacionamento e nos conhecer profundamente.

Isso é fundamental, pois nos permite superar qualquer bloqueio ou medo da intimidade. Começa com o autocuidado.

2- Intimidade emocional: Expressando de coração seus verdadeiros desejos e dores, aprendendo a ser vulnerável – isso ajuda você a se conectar com seu parceiro como nunca antes.

3- Intimidade nos conflitos: Ser capaz de permanecer conectado enquanto explora as diferenças é a chave para um relacionamento saudável.

É sobre continuar respeitando mesmo durante qualquer desentendimento.

4- Intimidade de afeição: Demostrando cuidado por palavras, toque físico de natureza não sexual e atenção.

5- Intimidade dos sonhos e objetivos: Casais que compartilham sonhos e apoiam um ao outro atingem seus próprios objetivos individuais e os sonhos são capazes de manter a conexão e permanecer mais próximos.

Como você pode ver, existem muitos fatores diferentes que contribuem para uma conexão profunda e relacionamento íntimo e, ao apoiar os casais a se reconectarem, é importante observar todos os aspectos.

Espero que isso tenha sido útil e você tenha algumas ideias de como aumentar sua conexão.

Compartilhe esse post com seu amor e deixe seu comentário abaixo 🙂

Veja também:

12 conselhos para seu casamento que você deve levar para a vida toda!

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: