Sinais de que o que você está sentindo NÃO é amor (risco de término de relacionamento) | Me Apaixonei

Sinais de que o que você está sentindo NÃO é amor (risco de término de relacionamento)

277
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

O amor é difícil. Não complexo, mas difícil. Especialmente quando se trata de saber se você realmente está amando.

Eu falo muito sobre sinais de que é amor, mas aqui está uma lista de sinais comuns – especialmente sentimentos – que atribuímos ao “amor” que na verdade não são.

Você está voando alto

O amor não é sobre “voos altos”.

Todo mundo experimenta a euforia dos picos emocionais com seus parceiros, especialmente no começo, e muitas pessoas identificam erroneamente esses sentimentos como “amor”.

O amor não está nas emoções.

O amor é realidade. Tem picos, claro – não tô falando que não tem – mas o amor está mesmo nos vales. É aí que você sabe com certeza que é amor.

O que acontece quando as coisas vão de mau a pior ou a merda bate no ventilador? Porque o amor não é sobre lutar nem fugir; o amor duplica, une forças, faz funcionar. Se a sua reação é jogar a toalha nos minutos em que você não está mais voando alto, isso não é amor.

“Sentimentos”

Veja, os sentimentos são maravilhosos – eles são partes incríveis da experiência humana, então sinta Todos os Sentimentos com seu parceiro, porque essa é uma das melhores partes de um relacionamento saudável!

Mas o que eu quero que você entenda é que o amor não é simplesmente “sentimentos”. O problema é:

  1. Isso cria relações imaturas e voláteis e…
  2. Nos deixa suscetíveis a um dia “não sentir mais nada” e querer jogar tudo pro alto.

O amor é uma escolha, uma decisão e uma série de investimentos e esforços dia após dia.

“Paixão”, “preocupação”, “obsessão” ou “não posso viver sem”

Veja acima.

“Companhia”

Se você está com alguém simplesmente porque essa pessoa é uma ótima companhia, isso não é amor. Parceiros não estão aqui para nos manter entretidos, ou distraídos, ou nos proteger de nos sentirmos solitários. O nome disso é Netflix.

Prazer (incluindo “ele(a) é tão lindo(a)”)

Foto: https://unsplash.com/photos/1ihCvDeUqSE

Se você acha que ama alguém só porque é “lindo(a)” ou porque ele(a) “faz você se sentir bem” ou algum outro prazer, acho que nessa altura você já deve saber: isso não é amor verdadeiro.

Medo

Medo e amor não podem coexistir. Se a sua principal ansiedade em relação à ideia de terminar é “medo de ficar sozinho(a)”, isso não é amor.

Então o que é amor?

  1. Amor é abraçar um ao outro como seres humanos individuais com vidas individuais, que por acaso se dão bem o suficiente para percorrer a estrada lado a lado.
  2. É investimento mútuo e apoio no crescimento um do outro, especialmente quando as coisas ficam difíceis ou assustadoras. Mas sempre complementares, nunca para completar um ao outro. E sempre com cuidado e compaixão.
  3. Escolha.
  4. Ação.
  5. Investimento.
  6. Abrir mão.

Atração e paixão podem ser algo em que “caímos” contra a nossa vontade, mas o amor verdadeiro e saudável é algo que conscientemente construímos.

VEJA TAMBÉM:

Como *REALMENTE* saber se é amor o que você está sentindo

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: