Como *REALMENTE* saber se é amor o que você está sentindo | Me Apaixonei

Como *REALMENTE* saber se é amor o que você está sentindo

281
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Se você pesquisar no Google “como saber se é amor o que eu estou sentindo”, você certamente ficará desapontado. Porque geralmente todos os conselhos sobre isso não passam de uma enganação.

Aqui está uma pequena amostra sobre isso:

“Ele(a) está sempre em sua mente”

Isso não é amor. É paixão.

Se alguém “sempre” está em sua mente, você não está focado em outras coisas realmente importantes. E isso é um problema.

O amor verdadeiro se encaixa na vida real, em vez de usurpá-la. Ele é calmo e não estressante.

“Você o(a) deseja 24 horas por dia” ou “não se cansa dele(a)”

Leia o tópico acima.

“Ele(a) é o seu ‘tudo'”

Idem.

“Você o(a) vê no seu futuro”

“Quando eu imaginava meu futuro emprego / casa / cachorro de estimação, eles estavam sempre no fundo da minha imaginação me ajudando com o que eu estava fazendo. Meu futuro simplesmente não fazia sentido sem eles por perto.”

Bem, quer dizer, caramba! Eu fantasia muito – como eu poderia imaginar me mudando para a Suíça para ser um fazendeiro de cabras. Isso não significa que eu deveria fazer isso.

O problema é que nós transformamos o “amor” em um jogo de escapismo e medimos parceiros em potencial de acordo com a forma como eles se encaixam nessa fantasia. Isso não é amor.

Então, com certeza, veja-o(a) em seu futuro – mas não porque ele(a) “completa a imagem”.

“Ele(a) é a pessoa dos seus sonhos”

Veja acima.

“Você sempre o(a) quer por perto”

HAHAHAHA… Claramente você nunca esteve em um relacionamento de longo prazo (saudável).

Você geralmente deve querer ver e estar com ele(a) e curtir os momentos. Mas o amor nem sempre é estar perto. Às vezes você precisa de um minuto a sós. Às vezes você precisa trabalhar ou fazer outras coisas. Ou, apenas curtir SEU momento.

Não pense que não é amor só porque às vezes você quer espaço.

“Você fará o que fosse preciso para impressioná-lo(a).”

Bem. Isso é assustador.

Tá difícil pra entender? Amar não é “impressionante”.

“Você está com medo…”

“De perdê-lo(a), de um dia acordar e não vê-lo(a) do seu lado na cama…” e a lista continua.

O amor saudável não envolve medo de perda. Isso é relacionamento abusivo e precisa ser tratado.

Também não envolve medo de “não ser correspondido(a)”. Eu nem sei o que é isso. Baixa autoestima? Falta de convicção? Sei lá…

“Você sente ciúmes dele(a)”

Isso é apego, não amor.

“Ele(a) é lindo(a).”

Isso é amor próprio, não amor. (Também: você está sendo idiota)

“Ele(a) é gentil com você.”

Bem. Que bom que você está satisfazendo suas necessidades emocionais.

Mas isso significa apenas que ele(a) é merecedor(a) de amor e não que você está amando.

“Você acabou de saber”

A claro! Obrigado pelo conselho mais inútil de todos os tempos.

Não perpetue bobagens e chame de “amor” só porque você não tem respostas adequadas para o que você está vivendo.

MUITO CUIDADO COM ESSES:

“Ele(a) é a melhor parte do seu dia”

Aqui está claro que o restante do seu dia deve ter sido bem bacana, né?!

Bom: Se você está feliz com sua vida e seu parceiro agrega valor à ela, então parabéns. Você está no caminho certo. Continue assim!

Mau: se você está infeliz e usa seu parceiro como um escape, você precisa se recompor.

“Você sempre prioriza ele(a)”

Bom: você realmente se preocupa com seus desejos e necessidades e prioriza-os de uma forma que não te diminua.

Ruim: você compromete seus próprios desejos e necessidades ou baseia seus valores em capacidade de “mantê-lo(a) feliz”.

COMO SABER SE VOCÊ ESTÁ GOSTANDO DELE(A):

Ele(a) é diferente de todos os(as) outros(as)

Ponto positivo para ele(a).

Você gosta dele(a) por quem ele(a) e não apenas por sua aparência

Parabéns, pode haver esperança para você ainda.

Você quer que ele(a) seja feliz

Ótimo. Eu quero felicidade para a maioria das pessoas também.

Você experimentará coisas novas com ele(a)

Você encontrou alguém com quem se sente confortável e gosta de estar por perto. Parabéns.

Ele(a) te inspira a ser uma pessoa melhor

Nossos amigos têm esse tipo de efeito em nossas vidas também. Isso não significa que você o(a) ame.

COMO SABER SE VOCÊ ESTÁ REALMENTE AMANDO ELE(A):

Foto: https://unsplash.com/photos/zn1RB3SH-RQ

1. Você sabe porque decidiu amar

Você não sente amor. Você decide amar. É um ato, não um sentimento. É uma decisão e um compromisso de momento a momento. Você sabe porque é deliberado e consciente.

2. Você sabe porque você faz bom uso do ato de amar

Você investe. Você exerce esforço.

Você não faz mal intencionalmente. Você não é vingativo(a), mesquinho(a), manipulador(a) ou ciumento(a). Suas necessidades nunca parecem irritantes. Você não faz algo esperando receber uma recompensa em troca. Você se sente bem sem exigir uma garantia constante.

Você aprendeu a usar a linguagem do amor. Você sabe que para ama-lo(a), você precisa, antes de tudo, amar a si mesmo(a) – “ame o próximo como a si mesmo” (muitos confundem esse versículo). Você o(a) apoia. Você se importa e cuida dele(a). Você aceita e permite ele(a) ser quem ele(a) é.

3. Você sabe que você faz o ato de amar mesmo quando não quer

Porque todo mundo acha que ama quando o céu está claro e águas calmas, mas observe seu amor quando a tempestade chegar.

Você sabe que é amor, porque ama mesmo quando está chateado(a). É amor mesmo nas brigas. Mesmo se não houver concordância.

É amor quando você sabe que o seu maior objetivo é chegar a um acordo, não escolher quem será o vencedor depois de uma discussão.

É amor quando você não fica na defensiva, inseguro(a), deprimido(a).

É amor quando você procura entender antes de ser compreendido(a); ouvir o que ele(a) está compartilhando. Você age como se vocês estivessem no mesmo time. Você escuta. Você se compromete. Você se desculpa. Você perdoa.

É amor porque você ama mesmo quando está ferido(a). Especialmente quando honra e respeita seus desejos e necessidades, mesmo quando eles incluem abrir mão.

O que devemos realmente pesquisar no Google é “como amar?”, não “como saber se é amor o que estou sentindo?”.

Gostamos de diferenciar entre “estar apaixonado” e “amar” alguém. Mas “estar apaixonado por” é paixão, e paixão não tem nada a ver com amor verdadeiro.

Então, se o que você quer é amor verdadeiro, então “como” é tudo o que importa.

Você “sabe” porque você decide. É amor quando você faz. O tempo todo.

VEJA TAMBÉM:

Não namore para passar tempo!

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: