Por que tem sido tão difícil encontrar o amor nos dias de hoje? | MeApaixonei.com.br

Por que tem sido tão difícil encontrar o amor nos dias de hoje?

Compartilhe:
Compartilhe esse post:

https://unsplash.com/photos/9rHgOVRdrDM

Nosso modo de vida atual complica muito nossa capacidade de manter relacionamentos de qualidade. Estresse do dia a dia, falta de tempo, problemas contínuos, dificuldade em lidar com desafios… tudo isso dificulta em encontrar aquela pessoa que tanto almejamos.

No entanto, culturalmente, somos ensinados e pressionados a encontrar um parceiro. É sinônimo de sucesso ter amor em nossa vida e ter uma família “feliz”. Isso faz com que nos compararemos com os outros e, a partir daí, não entendemos por que parece que os outros encontram o amor de suas vidas enquanto a gente não.

Ter um parceiro realmente completa sua vida? É isso que você quer?

E se sim, você já se perguntou como gostaria que fosse esse relacionamento? Se a resposta a todas essas perguntas for sim e você não conseguir encontrar a pessoa que gostaria de ter em sua vida, este artigo é pra você.

As dificuldades para encontrar um parceiro e relacionamentos de longo prazo

Em primeiro lugar, você realmente quer ter um parceiro ou é por pressão social que precisa dele? Isso é algo que você realmente precisa entender.

Uma vida em comum implica compartilhar e viver em equilíbrio. Com amor e serenidade, compartilhando hobbies e interesses.

Construindo juntos e sabendo que todos os relacionamentos passam por momentos difíceis, rotinas, cansaço e problemas que precisam ser resolvidos juntos para que o amor não falhe.

Você está disposto a fazer isso? Ou é só porque você está sozinho(a)? É algo que você realmente deseja ou sente que deve fazer porque alguém está te dizendo que você vai ficar pra titia ou titio?

É tão digno viver “com” quanto “sem” um parceiro. A escolha é sua e você tem todo o direito de escolher o que realmente lhe agrada.

Porém, se é algo que você deseja com todas as suas forças e não o alcançou, ou se não alcançou um relacionamento saudável, vamos analisar o que pode estar acontecendo.

VEJA TAMBÉM: 12 razões pelas quais é tão difícil encontrar o amor depois dos 40

Você sabe o que você quer?

Qual ou quais dessas alternativas abaixo mais se encaixa no que você quer?

  • Encontrar oportunidades para fazer contatos e conhecer novas pessoa como você.
  • Saber escolher ou identificar as melhores pessoas para você.
  • Ser notado(a) e se sentir atraente(a).
  • Superar as barreiras dos primeiros momentos e partir pra um possível relacionamento.
  • Manter um relacionamento estável.

Qualquer dificuldade que você encontrar, é possível examiná-la e encontrar uma maneira de consertá-la. Na verdade, muitas vezes nós mesmos geramos os problemas e isso nos impede de seguir em frente.

É por isso que, muitas pessoas fazem uso da psicologia ou de um processo de coaching, para poder encontrar a raiz do problema.

Normalmente, muitas das dificuldades estão baseadas em nossos medos: medo do fracasso, do compromisso, de ser traído(a), de não ser amado(a), de ser magoado(a)… E isso nos faz eliminar muitas pessoas como candidatas, ou que nem mesmo tentamos ter esses relacionamentos.

Também pode haver o problema de falta de autoestima, timidez, falta de tempo, etc. Esses elementos podem nos levar a estas situações:

  • Você não se sente bom(boa) o suficiente para ninguém.
  • Você não sabe como se encontrar com as pessoas, ou diretamente, não se atreve a dar o passo (pelo menos pessoalmente, e você só estabelece relacionamentos online).
  • Você tem dificuldade em abordar os outros pessoalmente.
  • Você só tem relacionamentos esporádicos quando o que deseja é um relacionamento estável.
  • Você atrai um tipo de pessoa que não deseja.
  • Quando você consegue ter relacionamentos, no final, eles são sempre problemáticos.
  • Você abandona relacionamentos porque vê sinais de que algo pode dar errado e você sai antes que eles te machuquem.

Por que é tão difícil encontrar nossa “cara-metade”?

Alguns aspectos que influenciam nossa capacidade de estabelecer relacionamentos estáveis ​​são os seguintes:

1. O auto conceito de nós mesmos

Se nosso auto conceito é destrutivo, produto de uma baixa autoestima que faz com que a gente ache que não somos suficientes para ninguém, isso vai causar medo de nos relacionarmos com os outros.

Também nos impedirá de nos expormos por medo da opinião dos outros e de sermos desprezados. Isso nos impedirá de ter uma boa rede de contatos que nos permita criar laços emocionais e oportunidades de encontrar a pessoa amada que tanto desejamos.

2. Medo de falhar

Os medos nos paralisam e nos impedem de ter sucesso. Isso inclui relacionamentos com outras pessoas. Se tememos que isso dê errado, dará errado.

3. Medo de ser ferido

Se já tivemos relacionamentos anteriores em que sofremos e mantivemos esse sofrimento vivo, será muito difícil para nós permitir que alguém se aproxime. Devemos aprender com o que aconteceu conosco, mas não viver para sempre com essa dor.

4. Timidez

Pessoas com características pessoais introvertidas têm maior dificuldade (ou resistência) em ter laços sociais. É mais difícil para elas interagirem com outras pessoas e não se divertem em determinadas situações, causando comportamentos de evasão e, às vezes, isolamento.

VEJA TAMBÉM: Leia isto se você estiver com medo de NUNCA encontrar o AMOR DA SUA VIDA

5. Medo de compromisso

Compartilhar nossa vida com outra pessoa implica mudar a nossa. Significa adaptar duas vidas pelo bem da união, e nem todas as pessoas estão abertas a essa mudança ou adaptação.

Pode ser algo temporário (para o momento em que vivemos), ou que a nossa independência prevaleça contra tudo e que seja incompatível com ter um parceiro estável.

Como podemos nos preparar para encontrar e manter esse amor?

Se você realmente deseja ter uma vida a dois, a primeira coisa que deve fazer é curar suas feridas, quaisquer que sejam.

Fortaleça-se psicologicamente, trabalhe em sua autoestima, desenvolva habilidades sociais, defina claramente o que você quer e o que pode oferecer.

Tudo isso fará com que você também tenha relacionamentos saudáveis, sem dependência emocional, evitando relacionamentos tóxicos e/ou maus tratos aos outros e a nós mesmos.

Em última análise, se queremos que os outros nos amem, devemos começar nos amando primeiramente e oferecendo a nossa melhor versão, bem como nos preparar para superar as possíveis dificuldades. Para isso, é muito importante seguir essas orientações:

1. Trabalhe em si mesmo (peça ajuda profissional, se necessário)

É melhor gastar tempo e um pequeno investimento em sua felicidade do que passar a vida lamentando sua má sorte, ou como tudo está indo mal para você.

2. Cure suas feridas

Somente se você superar seu passado, poderá ter um futuro perfeito. Analise o que aconteceu e o que você pode mudar. Não se maltrate mais ou machuque as pessoas por coisas que aconteceram com você e que você não superou.

3. Supere a preguiça e saia da sua zona de conforto

É difícil recomeçar, mas só se você tentar, terá uma chance de sucesso.

4. Curta cada momento

Se você realmente deseja encontrar o amor de sua vida, tenha em mente que esse é um caminho de resistência, não de velocidade.

Experimente, curta as pessoas que encontrar, descarte aquelas que não lhe dão nada, ria do que acontece com você, aproveite os pequenos momentos.

O sucesso não está apenas no resultado, também está no que você faz. Recompense-se por suas tentativas, por seu progresso.

VEJA TAMBÉM: 5 coisas que você precisa começar a fazer para ENCONTRAR O AMOR

5. O que você está procurando é o que você realmente precisa?

Você deve se fazer essa pergunta para saber qual pessoa escolher e tomar as melhores decisões para sua felicidade e a felicidade da pessoa com quem você compartilhará sua vida.

6. Crie expectativas reais

Não crie situações surreais em sua cabeça. A vida não é um conto de fadas, a vida é o somatório de muitos momentos de felicidade.

7. Trabalhe com seu diálogo interno e suas crenças

“Não vou conseguir encontrar ninguém”, “é impossível alguém me notar”… Esse tipo de pensamento só vai te afastar ainda mais do seu objetivo.

Conclusão:

O objetivo de encontrar um parceiro é construir um relacionamento saudável, aprimorando tudo o que vimos comentando ao longo deste artigo, ou seja: trabalhar a autoestima incondicional, desenvolver competências, trabalhar o nosso diálogo interno e nos fortalecer.

Lembre-se que você pode conseguir tudo o que deseja. Boa sorte ❤

Compartilhe esse post e ajude outras pessoas também!

Compartilhe esse post:

Deixe seu comentário: