O erro número 1 do casamento que você pode estar cometendo (e como corrigir isso agora mesmo!) | Me Apaixonei

O erro número 1 do casamento que você pode estar cometendo (e como corrigir isso agora mesmo!)

439
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Eu vejo casais o tempo todo que me lembram que o casamento pode ser adorável. E também vejo casais que deveriam ser felizes, mas não são.

Quando você está casado(a) mas está infeliz no seu casamento, você não fica espalhando isso para todos mundo. Você guarda esse segredo para você. Quem quer dizer que o “felizes para sempre” não é tão feliz assim?

Mas aqui está a boa notícia: embora existam realmente algumas pessoas em casamentos irremediavelmente ruins, a maioria é perfeitamente capaz de encontrar a felicidade no casamento.

E estou aqui para dizer, que há um erro caro que você pode estar cometendo em seu casamento que está causando conflito. Na verdade, você pode estar cometendo esse erro sem perceber. E você pode estar fazendo isso mesmo se estiver em um casamento relativamente feliz.

Você se encontra pegando muito no pé do(a) seu(a) marido/esposa? Por exemplo, seu(a) marido/esposa nunca lava a louça e sempre deixa para você? Você frequentemente fala sobre esse assunto, mas nunca adianta? E isso acaba se transformando numa briga constante entre vocês dois? Se você respondeu sim, esse é o erro que estou falando.

Normalmente, as pessoas se concentram no que seus parceiros estão fazendo de errado, e esquecem de reparar nas coisas que eles fazem certo. Todo mundo tem falhas.

VEJA TAMBÉM: ESTAS SÃO AS 4 PIORES COISAS QUE VOCÊ PODERIA DIZER DURANTE UMA BRIGA COM SEU PARCEIRO

Quando nos casamos com alguém, estamos basicamente assinando um documento invisível que diz: “Ao trocar votos com a pessoa X, você deve tolerar suas falhas, e lembrar-se do bem todos os dias apesar do fato de que a pessoa X pode ser totalmente irritante às vezes “– assine no X.

É muito comum que com o passar do tempo as pessoas se sintam confortáveis ​​e tomem um ao outro por certo, essas pequenas questões tornam-se grandes em nossa mente e nos esquecemos de apreciar o que nossos parceiros fazem tão bem porque estamos concentrando em uma coisa que ele ou ela pode fazer não tão bem assim. 

Existem dois passos para corrigir esse problema. O primeiro é descobrir se você tem feito isso no seu casamento. O segundo é como parar e saber quais problemas valem a pena serem abandonados… e quais não.

Você está pegando demais no pé do(a) seu(a) marido/esposa?

  • Com que frequência você comenta com seus amigos, colegas de trabalho e talvez até para a família o que seu(a) -marido/esposa está fazendo de errado?
  • Você freqüentemente se irrita com ele(a)?
  • Você pega demais no pé dele(a)?
  • Você se ressente com essas falhas dele(a)?
  • Você retém o sexo ou o carinho?

Se você respondeu sim a alguma dessas perguntas, provavelmente é porque você está se concentrando demais nas falhas dele(a).

Quais questões precisam ser resolvidas?

Se o seu parceiro é abusivo verbalmente, fisicamente ou emocionalmente… você não pode deixar isso pra lá! Isso vale tanto para mulheres quanto para homens.

Se ele(a) está te traindo, é agressivo, usa drogas… essa é uma questão que precisa ser resolvida urgentemente!

Quais questões devemos deixar pra lá?

Ele(a) é bagunceiro(a)? Ele(a) é ruim de lembrar das datas comemorativas e sempre esquece do aniversário de casamento de vocês? Ele(a) se sente cansado todas as vezes que brinca com os filhos? Ele(a) é esquecido? Sempre esquece a toalha molhada em cima da cama?

VEJA TAMBÉM: VOCÊ VIVE UM AMOR DE VERDADE? ESSES 14 COMICS TE AJUDARÃO A DESCOBRIR!

Esses são “problemas” que você deve deixar pra lá. Muito provavelmente, você sabia que ele(a) era assim quando você disse “sim”.

Por todas as vezes que ele(a) deixou a toalha molhada em cima da cama e você descontou toda a sua raiva, aposto que se você se concentrasse nele(a) e na pessoa maravilhosa que ele(a) é, você poderia encontrar outros 50 motivos para amá-lo ainda mais.

Como parar

Primeiro, por que você está obcecado(a) com esses pequenos problemas? Você está feliz consigo mesmo(a) e com seu relacionamento?

Descobri que minha esposa e eu tendíamos a ser mais duros um com o outro quando nos sentíamos deprimidos sobre nós mesmos ou sobre nossas circunstâncias, como questões de dinheiro, desemprego, carro quebrado etc.

A realidade para nós dois era que estávamos insatisfeitos com as situações da nossa vida e, em vez de focar no nosso bem estar como casal, às vezes nos tornávamos os protagonistas da nossa infelicidade.

Você se sente confortável demais ou simplesmente está entediado(a) no seu casamento? Às vezes nós tomamos nossos parceiros por garantido porque sempre que a gente precisou ele(a) estava lá.

Talvez você precise investir em algum tempo sozinho(a) com seu(a) marido/esposa. Talvez seja hora de até mesmo apimentar as coisas sexualmente. Ou por que não experimentar um novo hobby ou atividade com ele(a)?

Todos nós estamos sujeitos a cair na rotina do relacionamento. O ideal é sair dela o mais rápido possível.

O que fazer a partir de agora?

Tome cinco minutos por dia para refletir sobre o que seu parceiro faz certo e diga a isso a ele(a)! Se você começar a compartilhar não apenas suas reclamações, mas também seus elogios, imagine o retorno que você obterá com isso.

Considere esses pequenos elogios como um investimento a longo prazo no seu casamento! Toda vez que você tiver algo bom para dizer, diga. Toda vez que você tiver algo ruim para dizer, esqueça.

Esse post te ajudou? Compartilhe com seu amor e deixe seu comentário abaixo! 🙂

Veja também:

Essa é a maior prova de amor em um relacionamento, segundo Terapeuta!

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: