Nosso amor não é filme da Disney | Me Apaixonei

Nosso amor não é filme da Disney

1658
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:
Eu prometo te amar quando você estiver nervoso, uma pilha de nervos porque o trânsito não anda, o carro da frente morreu e você não para de praguejar ao vento o quanto essa cidade está sempre parada. É nessa hora que eu afago seus cabelos e digo baixinho “sua raiva não vai fazer o trânsito fluir” e imediatamente você respira fundo e resolve ligar o som numa tentativa de abafar todas as buzinas lá fora. Quando você se estressar com a minha falta de destreza com as coisas e meu jeito todo estabanado de ser, deixando quase tudo cair ou quebrar. Vou te amar nos dias nublados, aqueles que o sol está queimando lá fora, mas as nuvens estão mesmo é no peito, amargando até o café e pesando os ombros. Vou te amar quando emburrar a cara por algo tão bobo que poderia ser resolvido com um piscar de olhos.
Te amarei nos dias que chegar estressado do trabalho e resolver brigar por qualquer coisa, porque ainda não levei o cachorro para passear ou as plantas estarem morrendo na varanda. Te amarei quando bater a porta, quando esquecer que você tem um colo confortável para desabafar e decidir que se fechar no seu mundo de pensamentos será a melhor opção. Quando se fizer de durão e parar de responder minhas mensagens, não dando o braço a torcer e achando que está coberto de razão. Eu vou te amar nas manhãs turbulentas, que a gente acorda atrasado, o pão queima, a roupa amarrota, o alarme do carro dispara e só aí percebemos que o pagamento do seguro está atrasado. Vou te amar nos seus erros e vacilos, nos dias em que menos merecer, pois são os que mais precisa. Continuarei ao seu lado quando insistir em ser cabeça dura, teimoso e insistente.
Amarei você nas nossas brigas e discussões, quando persistir em assuntos já finalizados ou complicar coisas bobas e simples. Quando desligar bravo o telefone com o assunto inacabado e ficar horas sem falar comigo. Eu sei que é nessa hora que você tira para pensar em tudo, esfriando a cabeça e tenta com todas as forças encontrar a melhor solução para o nosso problema. Eu te conheço, também sei que você não é a pessoa mais otimista que existe e o futuro te causa um certo medo, mas eu também prometo que continuarei aqui, não fugirei quando as coisas ficarem difíceis. A vida não é um filme de comédia romântica ou um conto da Disney, você não é um príncipe e eu não sou uma princesa, não estamos esperando para sermos salvos. Não acertamos sempre, erramos tentando acertar, pecamos pelo excesso ou até mesmo pela falta, mas eu não vou embora. Entenda de uma vez por todas que eu vim para ficar, segura forte a minha mão. Eu me prometo a ti.
Mari Guimarães
Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: