Como identificar e corrigir um RELACIONAMENTO TÓXICO da maneira mais simples possível | MeApaixonei.com.br

Como identificar e corrigir um RELACIONAMENTO TÓXICO da maneira mais simples possível

250
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

https://unsplash.com/photos/9cRDDvhpBRw

Por mais triste que seja, existem muitas pessoas no mundo que estão presas em relacionamentos tóxicos sem nem perceber. Se você está pensando em como consertar um relacionamento tóxico, lembre-se de que o primeiro passo para resolver um problema é reconhecer que ele existe. Infelizmente, o problema do amor é que ele tem o poder de cegá-lo. Você já ouviu falar da frase “louco de amor”? Pois é…

Sempre que você se apaixona por alguém, você se torna fortemente apegado a essa pessoa. Às vezes, esse apego pode ser tão profundo que chega ao ponto em que você começa a pensar e agir irracionalmente em seu relacionamento. E é essa irracionalidade que pode transformar um relacionamento perfeitamente saudável em um tóxico. Sempre que se encontrar em um relacionamento tóxico, você deve encontrar uma maneira de resolvê-lo.

Agora, se você superou o primeiro passo — que é admitir e reconhecer que está em um relacionamento tóxico —, precisa descobrir quais medidas você terá de tomar daqui pra frente. É claro que, dada a natureza individualista da maioria dos relacionamentos, sempre será diferente de um caso para outro.

Não existe uma solução mágica para resolver relacionamentos tóxicos. Felizmente, este artigo destacará as várias maneiras pelas quais você pode escolher consertá-lo. Lembre-se de que você precisa ser honesto consigo mesmo durante todo o processo. Esta é a única maneira de se livrar da toxicidade entre você e seu parceiro.

Quais são os sinais de que você está em um relacionamento tóxico?

Novamente, o primeiro passo para resolver o problema é identificar que existe um. Portanto, se você ainda não tiver certeza se está ou não em um relacionamento tóxico, esta parte do artigo te ajudará. Se você achar que muitos dos itens listados aqui se aplicam a você ou a seu parceiro, é provável que você esteja em um relacionamento tóxico.

Lembre-se de que você pode ser o causador da toxidade do seu relacionamento sem perceber. É muito possível que você seja a pessoa que está sendo tóxica através do seu comportamento. Portanto, dê o seu melhor para permanecer o mais honesto possível consigo mesmo, ao ler esses possíveis sinais de toxicidade. Aqui estão alguns sinais de que você está em um relacionamento tóxico:

1. Um se entrega mais do que o outro

Geralmente, quando há mais entrega de um lado do que de outro em um relacionamento, é sinal de que ele é tóxico. Lembre-se de que um relacionamento sempre deve ser uma transação igual de dar e receber.

Um relacionamento adequado é sempre uma via de mão dupla. Quando tudo parece tão unilateral, é aí que a toxicidade começa a prosperar. Isso ocorre porque o egoísmo é uma das raízes mais significativas de qualquer relacionamento tóxico.

Quando uma pessoa em um relacionamento age de maneira egoísta, torna-se simples o relacionamento se transformar em algo prejudicial.

2. Existe manipulação no relacionamento

A manipulação é o ato de convencer seu parceiro de que ele está agindo como louco ou irracional para você levar sua narrativa adiante.

Por outro lado, também é possível que você seja o responsável pela manipulação. Seja qual for o caso, isso é muito prejudicial para qualquer tipo de relacionamento. Um relacionamento saudável é construído sobre um diálogo honesto e autêntico. Quando há manipulação envolvida, a honestidade perde seu espaço.

3. Recusa em aceitar responsabilidade

Não é necessário um especialista em relacionamento para descobrir que são necessários dois indivíduos maduros para fazer com que ele funcione. Quando um dos dois mostra sinais de imaturidade, pode tornar difícil a convivência.

Uma dessas manifestações de imaturidade é quando alguém se recusa a assumir a responsabilidade por suas falhas e ações. Isso significa que o progresso está quase inevitavelmente parado na maior parte.

4. Falta de confiança

Qualquer tipo de relacionamento deve sempre ser construído com base na confiança. Quando há falta dela entre os casais, é um sinal óbvio de comportamento tóxico. Algumas manifestações de falta de confiança envolvem não permitir que o parceiro saia sozinho ou viver bisbilhotando o celular e redes sociais dele.

Todos esses são comportamentos muito prejudiciais que não devem ser tolerados em um relacionamento saudável.

5. Crítica constante

A crítica é algo positivo em um relacionamento, mas apenas em um certo grau. Às vezes, as críticas devem ser bem-vindas, pois oferecem espaço e capacidade para o auto-desenvolvimento. No entanto, se exagerar ela acaba se tornando prejudicial e tóxico.

Esteja sempre atento se você ou seu parceiro estão continuamente criticando apenas por fazê-lo. As críticas devem ser feitas por amor.

6. Não há comunicação adequada

A comunicação é a pedra angular de qualquer relacionamento, especialmente um forte e saudável. Portanto, se você sente falta de comunicação honesta em seu relacionamento, esse é um sinal revelador de toxicidade.

Você deve sempre se sentir livre para se expressar em relação ao seu parceiro e vice-versa. Não importa o quão desconfortável possa ser, vocês têm o dever de poderem discutir qualquer coisa entre si.

7. Controle e Manipulação

Essa não é uma atitude negativa apenas dos psicopatas, existem muitas pessoas por aí que exibem comportamento controlador e manipulador em um relacionamento. Em vez de tratar seus parceiros como seres humanos, elas os tratam como ferramentas para satisfazer seus desejos.

Se houver resquícios de controle e manipulação no seu relacionamento, esse é um sinal de alerta que não deve ser ignorado. Não há amor genuíno quando o ambiente é explorador. Você jamais procuraria controlar ou manipular uma pessoa que você ama.

Como consertar um relacionamento tóxico — alguns passos para eliminar a toxicidade

Na maioria das vezes, os relacionamentos se tornam tóxicos sempre que as pessoas ficam presas em algum tipo de ciclo relacional prejudicial. Essa toxicidade pode se manifestar de várias maneiras diferentes, e nem sempre é fácil descobrir se o seu relacionamento é tóxico ou não.

Envie seu texto!

Se você ainda está com dúvidas, esse artigo pode te ajudar: Relacionamento tóxico: Veja como identificar e superar esse mal

Às vezes, um relacionamento pode ser tóxico na forma de abuso físico. Outras vezes, a toxicidade é puramente emocional, onde há manipulação e desonestidade envolvidas. Novamente, é sempre diferente para cada relacionamento, dependendo das pessoas envolvidas.

É por isso que você deve ser criterioso ao selecionar seu curso de ação adequado para avançar. Algumas dessas dicas listadas aqui podem se aplicar a você e outras não. Seja qual for o caso, é vital que você entenda completamente o que está acontecendo no seu relacionamento para estar na melhor posição para melhorar as coisas.

1. Veja se ainda vale a pena consertar seu relacionamento.

A primeira coisa que você precisa fazer é ver se seu relacionamento ainda vale a pena consertar. Não faz sentido você passar por todo o desgaste de consertar um relacionamento que já não tem mais salvação.

Seja honesto com você mesmo aqui nesse tópico. Se você acha que seu relacionamento não vale mais a pena ser recuperado, tome a iniciativa de terminar. Você não deve desperdiçar seu tempo em um relacionamento que não faz bem pra você.

Se você tomou a decisão de terminar, esse artigo te ajudará como: Términos não precisam ser dolorosos: 10 maneiras de terminar seu relacionamento com amor

2. Diga a si mesmo (em voz alta) que você está disposto a terminar caso não dê certo.

No entanto, se você acredita que vale a pena consertar seu relacionamento, ainda precisa ser corajoso o suficiente para admitir que, às vezes, um relacionamento está além do reparo.

Diga a si mesmo em voz alta (sim, em voz alta) que, se as coisas não saírem da maneira que você deseja, precisará terminar, independentemente do quanto você já investiu.

Esta é uma maneira de se proteger do pior. Se houver sinais de que as coisas não podem ser consertadas, você precisará se desligar dessa situação e seguir em frente.

3. Identifique as áreas problemáticas do seu relacionamento.

Tire um tempo para refletir sobre as áreas problemáticas do seu relacionamento. Existe manipulação? Você ou seu parceiro são incapazes de assumir suas falhas e aceitar responsabilidades? Você sente que existe uma cultura egoísmo no seu relacionamento?

Estas são apenas algumas das perguntas que você precisa se fazer para identificar quais são os problemas. Novamente, você precisa descobrir o que está errado antes de consertá-lo. Esse processo pode ser doloroso e não será fácil. Mas é necessário para progredir.

4. Procurar a ajuda de um profissional pode ser uma boa opção.

Depois de identificar as áreas problemáticas, você precisa agir para corrigi-las. No entanto, você deve reconhecer que nem sempre pode resolver esses problemas sozinho. Às vezes, você precisará da ajuda e assistência de um profissional de verdade, como um terapeuta.

Obviamente, sua primeira opção pode ser recorrer a amigos ou familiares — que também ajudam bastante — que possam ter algum conhecimento sobre o que você está lidando. No entanto, isso pode não ser suficiente na maioria das vezes.

Não há problema em procurar a ajuda de um profissional licenciado para te orientar nos seus problemas.

5. Esteja disposto a mudar.

Você deve estar disposto a fazer as mudanças necessárias em seu relacionamento, se quiser que as coisas melhorem. Você jamais conseguirá ter um relacionamento saudável novamente, a menos que demonstre força de vontade de se livrar dos velhos hábitos e abraçar novos e saudáveis.

6. Comprometa-se com o novo normal.

A partir de agora, você precisa se comprometer com essas mudanças. Lembre-se de que um relacionamento não vai melhorar da noite para o dia. Às vezes, pode levar semanas, meses ou até anos para que ele melhore.

Isso não deve desencorajá-lo. Confie que, com seu compromisso, as coisas vão melhorar com o tempo.

7. Permita-se partir se as coisas não estiverem indo bem.

Por fim, você precisa reunir forças para terminar esse relacionamento se as coisas não estiverem indo bem. Você pode estar fazendo tudo certo mas mesmo assim o relacionamento pode não resultar da maneira que você deseja. Essa é uma possibilidade real para muitos casais e pode acontecer com você. Nesse caso, você não deve forçar o problema.

Lembre-se de que sua saúde emocional e a do seu parceiro é a coisa mais importante em jogo. Não há mais espaço para orgulho ou egoísmo aqui. Às vezes, duas pessoas simplesmente não conseguem mais ficar juntas, não importa o quanto elas tentem. Se for esse o caso, é sempre melhor terminar. Essa pode não ser a escolha mais fácil, mas é necessária.

Pensamentos finais

Não se contente em permanecer em um relacionamento tóxico. Você merece o melhor. Merece alguém que te ame, te dê carinho e te aceite do jeito que você é.

Seja qual for o caso, é crucial que você sempre faça o que achar melhor para todas as partes envolvidas. Em última análise, permanecer em um relacionamento tóxico só vai te prejudicar. Nada de bom pode resultar disso.

VEJA TAMBÉM:

Tenho depressão. Devo terminar meu relacionamento por causa disso?

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: