9 histórias recentes que mostram que ainda da pra acreditar na humanidade | Me Apaixonei

9 histórias recentes que mostram que ainda da pra acreditar na humanidade

1865
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

9-historias-recentes-que-mostram-que-ainda-da-pra-acreditar-na-humanidade

1. No Canadá, as empresas aéreas evacuaram 80 mil pessoas e seus animais de estimação

9-historias-recentes-que-mostram-que-ainda-da-pra-acreditar-na-humanidade1

Quando incêndios florestais isolaram Fort McMurray do resto do mundo, começou uma evacuação em massa: dezenas de milhares de pessoas tiveram de deixar a cidade em aviões o mais rapidamente possível. Mas o que aconteceu com animais de estimação? As regras de transporte são tão rigorosas, que os proprietários simplesmente não tiveram tempo de conseguir todos os documentos necessários. As direções das companhias aéreas as autorizaram a transportar os animais de estimação sem burocracia. Estavam absolutamente certas: se se trata de resgate, todos devem ser incluídos.

2. O menino que sonhava em jogar em um time de futebol recebeu tudo o necessário

9-historias-recentes-que-mostram-que-ainda-da-pra-acreditar-na-humanidade2

Esta foto provoca orgulho à humanidade. Marco sonhava em jogar no time de futebol da escola, mas sua família não podia pagar a taxa mensal cobrada pela academia. O rapaz não desistiu e inventou esta maneira de tonificar seu corpo. A história tem uma continuação: após a foto aparecer em um perfil de rede social de um morador da mesma cidade, a vida de Marco e de sua família mudou e o sonho do menino se tornou realidade. Pessoas do mundo todo enviaram ao garoto equipamento desportivo e palavras de encorajamento.

9-historias-recentes-que-mostram-que-ainda-da-pra-acreditar-na-humanidade3

3. Criança portuguesa consola fã da França

9-historias-recentes-que-mostram-que-ainda-da-pra-acreditar-na-humanidade4

Este vídeo da BBC já foi visto por milhares de pessoas: o vídeo mostra uma criança portuguesa se aproximando de um fã da seleção da França. A criança dá um abraço para confortar o homem. Tudo isso aconteceu após a final da Eurocopa 2016, quando a seleção de Portugal venceu a França e foi campeã. Mesmo a rivalidade esportiva não deve nos impedir de lembrar da coisa mais importante: todos somos pessoas, que, por vezes, precisamos de um abraço e conforto.

4. O motorista de um caminhão de lixo deu os parabéns a uma menina, que o cumprimentava há um ano pela janela

9-historias-recentes-que-mostram-que-ainda-da-pra-acreditar-na-humanidade5

Toda quinta-feira a menina chamada Brooklyn se acostumou a cumprimentar o motorista do caminhão de lixo que passava por sua casa. O motorista sempre a cumprimentava buzinando. «Brooklyn ficou tão acostumada a isso que o esperava ansiosamente toda quinta-feira », escreveu a mãe da menina em seu perfil do Facebook.

Acontece que o aniversário da criança caiu na quinta-feira e, como presente, a menina pediu à mãe para que o motorista viesse à sua casa para lhe oferecer um bolo. Como sempre, o homem passou pela casa da menina, mas, em vez da criança na janela, apareceu uma mulher. O homem se deteve e, finalmente, se conheceram.

Ele felicitou a pequena amiga por seu aniversário e disse que todas as quintas-feiras tenta terminar o trabalho rápido para passar por essa rua para lhe cumprimentar. Quando o motorista continuou sua rota, Brooklyn disse: «Mãe, estou tão feliz! ». Não é preciso grandes feitos, provocar um sorriso numa criança já é um ato heroico.

9-historias-recentes-que-mostram-que-ainda-da-pra-acreditar-na-humanidade6

5. Estes alunos repetiram a festa de graduação para um colega que havia se acidentado

9-historias-recentes-que-mostram-que-ainda-da-pra-acreditar-na-humanidade7

A primeira coisa que Scott Dunn disse à sua mãe depois de acordar do coma foi: «Que dia é hoje? Por acaso perdi minha festa de graduação? ». O jovem estava esperando impacientemente por esse dia especial, mas, por causa de um terrível acidente, acabou num hospital.

E quando o rapaz mostrou sinais de recuperação, o diretor da escola contatou os pais: «Preparamos algo especial para o seu filho». No dia combinado, na escola foram feitos discursos de felicitações e se ouviram sons de festa. No entanto, desta vez foi entregue apenas um diploma. Todo o salão repetiu a cerimônia para o amigo. «Não tenho palavras, é incrível perceber quantas pessoas realmente se preocupam comigo».

6. Todo mundo apoiou a menina que ninguém tinha cumprimentado pelo aniversário

9-historias-recentes-que-mostram-que-ainda-da-pra-acreditar-na-humanidade8

Uma usuária do Facebook publicou uma foto com este grito de socorro: “Ela é minha prima… ninguém veio para o seu aniversário… por favor, apenas lhe envie um cartão com algumas palavras bonitas. Hallee passou sozinha seu 18.º aniversário. No entanto, o que aconteceu depois quebra todos os recordes de bondade: cartões e presentes inundaram sua caixa de correio.

9-historias-recentes-que-mostram-que-ainda-da-pra-acreditar-na-humanidade9

7. Estudantes deram gatinhos para sua professora, cujo gato tinha morrido tragicamente

9-historias-recentes-que-mostram-que-ainda-da-pra-acreditar-na-humanidade10

Esta professora do Texas sofreu muito pela perda da criatura mais próxima a ela, sua gatinha chamada Blondie. Os alunos não puderam deixar de notar como a professora chorava entre as aulas. No entanto, as lágrimas de tristeza se transformam em lágrimas de alegria quando a mulher, de repente, recebeu um buquê de rosas brancas e… dois gatinhos.

Soubemos disso por um vídeo que uma das meninas publicou no Twitter. A professora não podia acreditar e feliz perguntou: «Por acaso são para mim?». Às vezes basta um pouco de atenção para ajudar alguém a superar seu infortúnio.

8. Um professor de escola primária organizou um ’Clube de cavalheiros’ para crianças de famílias incompletas

9-historias-recentes-que-mostram-que-ainda-da-pra-acreditar-na-humanidade11

Este professor de escola primária da Carolina do Norte lutava para se dar bem com os meninos impertinentes das suas aulas. E isso foi o que ele fez: comprou algumas gravatas e ternos e começou a reunir toda semana os mais desobedientes — muitos deles, aliás, órfãos. Nessas aulas, lhes ensinou o que os pais geralmente ensinam a seus filhos: como dar nó na gravata, como tratar os idosos, como ser cuidadoso com a mãe, a avó ou a irmã.

O estrito código de vestimenta não é apenas um capricho, o professor tem certeza de que uma pessoa vestida assim não vai querer iniciar uma briga: «Entendo que se comportam mal não porque sejam ruins, mas porque eles simplesmente não têm atenção e amor».

9. Aeromoça alimenta um homem que sofreu derrame cerebral

9-historias-recentes-que-mostram-que-ainda-da-pra-acreditar-na-humanidade12

Um homem de 71 anos, que pouco antes do voo sofreu um derrame cerebral, estava separado dos outros passageiros, num assento confortável na primeira fileira. Parecia que a viagem já não teria nenhuma dificuldade para ele, no entanto, na hora do almoço, a aeromoça notou que o passageiro não conseguia segurar a colher e, portanto, não podia comer. Então ela o alimentou e limpou suas lágrimas, porque o senhor estava profundamente comovido ao ver que um estranho se importava com ele.

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: