7 atitudes para Melhorar um Relacionamento que está em crise | Me Apaixonei

7 atitudes para Melhorar um Relacionamento que está em crise

412
0
Compartilhe:

O relacionamento está em crise mas com certeza ainda vale a pena lutar por ele, não é mesmo?! Então abrace, segure nas mãos e beije muito seu parceiro. Veja essas e outras dicas que irão ajudar a você melhorar o seu relacionamento!

Uma relação saudável, harmoniosa e feliz, são requisitos básicos para manter uma vida de casal de qualidade. Mas, por quaisquer que sejam as razões, os relacionamentos tendem a passar por desgastes.

Uma das maiores preocupações está na questão da comunicação. A falta de paciência em ouvir o que seu parceiro está dizendo prejudicam e muito a saúde do seu relacionamento.

Outros fatores também podem prejudicar bastante o relacionamento como: trabalho em excesso, preocupação com filhos, falta de tempo de qualidade a dois, preocupações cotidianas etc.

Um dos vilões mais presentes no relacionamento e que são mais difíceis de se combater é a rotina. E o pior de tudo é que ela se instala conforme o tempo vai passando. A convivência no dia a dia cria uma espécie de costume com a presença da outra pessoa em nossas vidas, e muitas vezes o desejo e a paixão são deixados de lado.

Vamos listar agora 7 atitudes para reacender a chama da paixão no seu relacionamento. São dicas simples e fáceis que devem ser colocadas em prática ainda hoje!

1- Conversem!

Embora todo mundo já ouviu essa dica, ela é o meio mais eficaz para melhorar um relacionamento que está em crise. Exponha o que você está sentindo e o que acha que deve ser melhorado no seu namoro/casamento.

É fundamental que vocês dois estejam conversando com o coração aberto e prontos para encontrarem a solução ideal para o relacionamento!

2- Abrace e segure nas mãos do seu parceiro

O contato físico recria laços que talvez tenham sido perdidos com o decorrer do tempo. Um abraço de surpresa, andar de mãos dadas no shopping, um carinho no cabelo faz com que seu parceiro se sinta confortável e amado. Não precisa que seja sempre sexo, mas que tenha carícias.

3- Dividam as tarefas domésticas

Com o decorrer do tempo, algumas das tarefas domésticas acabam ficando na responsabilidade de um ou de outro, e isso passa a impressão de que somente essa pessoa é responsável pelas responsabilidades do lar. E isso está errado! Que tal dividir?

O esforço em conjunto valoriza a presença dos dois no relacionamento. Arrumar a cama ao acordar e lavar a louça após o jantar, faz com que o casal se valorize e entenda que os dois possuem as mesmas responsabilidades no relacionamento.

4- Namorem. Tirem um tempo para curtir a sós!

No começo do relacionamento, o casal tem a tendência de esquecer as pessoas ao redor – o mundo é totalmente dos apaixonados. Nas fases iniciais do namoro, não existem muitos ruídos, pois o casal ainda está se conhecendo e presta mais atenção no que o agrada ou desagrada o outro.

Que tal reservar alguns dias durante o mês para reviver o início do relacionamento? É preciso criar um ambiente para que o desejo e o carinho voltem a se instalar e priorizar momentos só para namorar.

 

5- Beije na boca (e muito!)

Com o decorrer do tempo e a diminuição do desejo e da paixão, os beijos apaixonados vão se tornando selinhos monótonos e sem expressão. Uma bola de neve começa a se formar: quanto menos o casal se beija, menos tem desejo pelo parceiro. Quanto menos desejo, menos vontade tem de beijar. Portanto, dê beijos apaixonados todos os dias, seja um ou dez.

O que importa é aproveitar esse momento com seu companheiro.

6- Elogie seu parceiro

Deixe a monotonia de lado e invista em elogiar o seu parceiro, admirar seus feitos e lembrá-lo de como você é grato de tê-lo ao seu lado. A monotonia é mortal para relacionamentos amorosos. Ela faz com que as pessoas acreditem que já conquistaram tudo e não precisam investir mais energia noa relação. Quando o casal torna-se íntimo, perde algumas motivações, como renovar, conquistar e cortejar.

7- Saiba ouvir

Talvez mais importante do que falar sobre o que não te agrada é também aprender a ouvir. Muitas vezes, a gente esquece que estamos lidando com outra pessoa, que sente coisas, pensa diferente da gente e, muitas vezes, não sabe se expressar tão bem. Ouça, preste atenção no que a outra pessoa está dizendo e tente entender o lado dela antes de argumentar em cima do que ela está dizendo.

Esse post te ajudou? Compartilhe com seus amigos e deixe seu comentário abaixo! 🙂

Veja também:

“Já disse que te amo hoje?” Gestos de carinho que fazem a diferença no dia-a-dia da relação!

Material com base no site delas.ig.com.br

Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: