Queremos tudo e tem que ser agora | Me Apaixonei

Queremos tudo e tem que ser agora

42
0
Compartilhe:

Queremos que nossas ansiedades sejam alcançadas assim que desejamos. É necessário procurar compreender o momento em que nos encontramos e refletir sobre o quanto estamos nos empenhando para realiza-las.

Queremos tudo e tem que ser agora.

Queremos tirar as melhores notas, ter o melhor emprego.

Queremos comprar uma casa, um carro, uma chácara.

Queremos viajar, ver o mundo todo, conhecer novas pessoas.

Queremos conhecer alguém que vai mudar a nossa vida. Ou nossa história.

Queremos formar a família perfeita e ter os melhores amigos.

Queremos que a tristeza passe, que a dor cesse, que a ferida sare, que angústia se vá.

Queremos a cura, a solução, a resposta, a luz no fim do túnel.

Queremos não só isso, como tudo mais e queremos agora.

Calma. Respira!

Não se afogue em exigências, não proponha para si prazos impossíveis. Busque a razoabilidade. Se conheça. Procure saber o que é possível alcançar nesse momento, qual é o melhor método a seguir, qual é a melhor hora para atuar.

Uma hora chega. Aos pouquinhos, ou nem tão devagar assim, talvez quando você já tenha esquecido, já tenha desistido ou nem queira mais, de uma forma ou de outra, chega. Mantenha os braços aberto, as oportunidades no bolso, procure incessantemente aquilo que quer. Queira, mas esteja disposto a perseguir, esteja disposto a receber.

Nada vem do nada, a realização demanda construção. É preciso buscar aquilo que se almeja, aproveitar as oportunidades que se tem, estar aberto para novas situações, ir além daquilo que se imagina, dedicar-se a encontrar.

Para construir é necessário tempo, esforço e dedicação.

Às vezes é necessário esperar, ter paciência, dar tempo ao tempo, deixar que a transformação aconteça, que as circunstâncias mudem, que o mundo dê uma volta e assim estar preparado para colher os resultados.

Compartilhe com seus amigos e deixe seu comentário abaixo! 🙂

Veja também:

Fobia social: quando a ansiedade e o medo controlam seus relacionamentos

Via spreadwe.love

 

Deixe seu comentário: