12 coisas que muitas vezes confundimos com amor | Me Apaixonei

12 coisas que muitas vezes confundimos com amor

81
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

1. Simpatia.

Não é sua culpa que você se apaixonou por alguém que te ouviu e realmente se importou. Isso não acontece frequentemente neste mundo ocupado e obcecado.

Você encontrou alguém que lhe deu algo que seu coração não apenas ansiava, mas era intrinsecamente necessário. Você se abriu porque se sentia seguro, confiou nessa pessoa e ficou emocionalmente vulnerável a ela.

Alimentou sua alma e, assim, você a confundiu com amor. Não se sinta mal por isso. Esse é um erro fácil de se cometer.

2. Evitação.

ato de evitar (alguém ou algo esp. desagradável).

Você pensou que a pessoa por quem se apaixonou estava na mesma página quando na verdade estava apenas evitando o tópico em questão, esperando que de alguma forma você desaparecesse.

Não é sua culpa que essa pessoa tenha problemas emocionais. Você não tem a responsabilidade de consertar essa pessoa, mas deve reconhecer os sinais de aviso no futuro.

Você merece melhor e não deve se apaixonar por alguém que não tem coragem de dizer a verdade.

3. Amizade.

As interações entre humanos geralmente são confusas. Uma pessoa pensa que está passando uma certa mensagem, mas a outra pessoa pode receber essas informações de maneira bem diferente.

É tudo uma questão de percepção, então não se sinta mal por confundir a amizade de alguém com o amor. É fácil de acontecer.

Se essa pessoa fosse muito honesta e clara com você, você não ficaria confuso. Da próxima vez, é melhor perguntar o que precisa saber, por mais assustador que isso seja.

4. Bajulação.

É natural desenvolver uma atração por alguém que te elogie e pareça pensar muito em você. Todo mundo gosta de se sentir bem consigo mesmo.

Talvez essa pessoa tenha enchido tanto o seu ego que você supôs que havia algo mais. Não se culpe, isso também acontece com frequência.

5. Indecisão.

Você não pode controlar as emoções de outra pessoa ou ler sua mente. Este é o problema que vem junto com se apaixonar. Se vocês dois não estão se comunicando, é muito fácil confundir as outras coisas com carinho.

Você pode, por exemplo, pensar que alguém está comprometido com você quando, na verdade, está confuso e ainda está tentando decidir o que quer.

Se a outra pessoa não falar isso a você, não há como saber o que está acontecendo. Não se surpreenda por pensar que você queria mais do que ela.

VEJA TAMBÉM: AS 6 PRINCIPAIS RAZÕES PELAS QUAIS ELE(A) TE ENVIA MENSAGEM TODOS OS DIAS

6. Dependência.

Isso é tão comumente confundido com amor verdadeiro que passa por despercebido. Você desenvolve um apego a alguém e, seja mútuo ou unilateral, que não é uma expressão de sentimento saudável e verdadeira.

Além disso, é confuso porque todos os relacionamentos tendem a ter um pouco de interdependência entre o casal. É por isso que você tem que se dar um tempo se acabar pensando que ama alguém — ou que a outra pessoa te ama — quando na realidade vocês dependem apenas um do outro.

7. Brincadeira.

Você está flertando e se apaixonando. A outra pessoa acha que você está apenas se divertindo. Isso é chato, mas acontece um pouco. É difícil dizer se vocês está na mesma página com alguém quando não a conhece muito bem.

8. Narcisismo.

Infelizmente, os narcisistas são muito bons em manipular outras pessoas, às vezes sem nem perceber. Tudo bem que você confunda os jogos de um sociopata egoísta por algo mais — como você saberia melhor?

É incrivelmente difícil dizer o que está acontecendo sob a superfície. Tudo o que você pode fazer é salvar-se antes que seja tarde demais.

9. Apatia.

Sim, às vezes as pessoas saem com você porque literalmente não têm nada melhor para fazer. Elas imaginam, bem, essa pessoa gosta de mim e eu estou entediada, então por que não? É incrivelmente insensível e egoísta.

10. Desonestidade.

Isso está relacionado à apatia, mas é ainda mais cruel porque é um engano ativo que a pessoa sabe que está prestes a te machucar.

11. Manipulação.

Você pensou que alguém realmente se importava com você, mas na verdade essa pessoa estavam te usando. É incrivelmente comum e, novamente, você não deve se culpar por isso.

12. Esperança.

Querido, doce, humano, não desista da esperança. Não importa quantas vezes você faça uma aposta e seus sonhos de amor desapareçam na neblina, continue acreditando. Não há nada mais bonito do que alguém que continua tentando depois de ser decepcionado várias vezes. Lute e saiba que não é crime esperar que algo seja amor, mesmo quando não é.

VEJA TAMBÉM:

9 desafios que todo mundo vive em um relacionamento

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: