Só o seu abraço me conforta | Me Apaixonei

Só o seu abraço me conforta

206
0
Compartilhe:

Muitas coisas nos machucam.

Não estou falando apenas fisicamente, onde nossos corpos já se mostram frágeis e quebradiços, onde hematomas e simples objetos podem nos fazer sangrar.

Nossa alma também se fere. Muito. Muito mesmo.

Um simples erro no mundo lá fora pode levar a gritos. Xingamentos. Ira. Você comete um pequeno deslize, esquece alguma coisa, esbarra acidentalmente em um cara apressado. Não precisa fazer muita coisa, não precisa ir muito longe. Não necessita de muito esforço para alguém soltar uma palavra agressiva, um gesto de repulsa.

No caminho até a escola ou o trabalho, na rua, na avenida. Em qualquer lugar ou em qualquer ambiente é passível tropeçar em olhares enraivecidos, sobrancelhas franzidas, pessoas sem amor.

Em uma multidão aonde deveria me sentir menos solitária, afinal estou cercada por um bando de pessoas de todos os sotaques, destinos e vidas, nestes ambientes aonde deveria me sentir bem, tudo que sinto é solidão.

Apenas a invisível e indômita solidão sem sal. Aquele sentimento que sobe no peito e tem que se controlar muito para que não saia em forma de lágrimas.

E os problemas do cotidiano?

Pequenos problemas que vão se acumulando até virar uma bola de neve gigante. O estresse, ansiedade, esgotamento emocional… Consumindo-nos aos poucos.

Então eu volto para casa.

Ombros caídos, pensamentos de tristeza pontilhando a mente, cansaço. A sensação de estar afundando.

Então eu te vejo.

Você não precisa fazer muita coisa para me sentir bem. Ver você com o cabelo bagunçado preparando um café forte, as mãos sobre a pia enquanto espera a chaleira apitar.

Você se vira para mim.

Olha para os meus olhos.

Caminha em minha direção e simplesmente me abraça. Sem alarme, sem palavras.

Apenas um abraço.

E eu me enterro ali, nele. Aqueço-me com o calor do seu corpo, dos seus ombros, do seu coração. Tudo que passei nas últimas horas se tornou um borrão, passado.

Eu encontrei os seus braços, recebi seu abraço. Ali estava confortável, em paz, feliz. Sentindo-me plenamente amada.

Eu estava com você, com seu afeto.

E apenas isso já bastava para o que restava daquele dia ser maravilhoso.

Vanessa Silvana

Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: