Pesquisa aponta que não perdoar aumenta o risco de CÂNCER! – MeApaixonei.com.br

Pesquisa aponta que não perdoar aumenta o risco de CÂNCER!

237
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Foto: https://unsplash.com/photos/oC1sQVnf_EY

Você já se sentiu magoado ou traído? Você já ficou tão frustrado e chateado com uma situação ou pessoa que nem imaginava perdoá-los? E vários pensamentos negativos passavam repetidamente em sua cabeça como se fossem um filme?

A cada repetição, seus sentimentos NEGATIVOS se intensificam e você se sente pior consigo mesmo e com a pessoa. Bem, agora há evidências para mostrar que não perdoar pode afetar negativamente sua saúde.

O perdão do ponto de vista clínico é o processo de abandonar o próprio sentimento de ressentimento e pensamentos de vingança. O perdão também inclui o processo de promover a compaixão, a generosidade e até o amor por aqueles que infligiram a dor.

Por que perdoar?

Obviamente, não é uma coisa nada fácil de se fazer. Os médicos dizem sem hesitar que, se você tiver muitos traumas e suas feridas forem profundas, será necessário mais tempo para curar. No entanto, o perdão é possível e acreditamos que é necessário.

Os efeitos nocivos da raiva

Começaremos com o impacto de ficar com raiva, devido à frustração ou sentimento negativo de um fato. O Dr. Steven Standiford, chefe de cirurgia dos Centros de Tratamento de Câncer da América, diz que a repetição dessas emoções negativas cria um estado crônico de ansiedade.

VEJA TAMBÉM: ATAQUE DE ANSIEDADE OU ATAQUE DE PÂNICO? CONHEÇA AS DIFERENÇAS E TRATAMENTOS!

Isso produz um excesso previsível de adrenalina e cortisol, que empobrecem a produção de células assassinas naturais (essas células são sua proteção contra o câncer. Se você se recusar a perdoar, não apenas fará mal a si mesmo, mas também poderá aumentar as chances de ter câncer futuramente.

O perdão te ajuda a se sentir melhor consigo mesmo

Se você pensar em uma memória antiga em que foi maltratado, ferido ou ofendido, automaticamente começará a se sentir mal. O fato é que existem respostas emocionais e/ou fisiológicas imediatas que ocorrem quando você tem essas memórias. Essas respostas incluem:

Envie seu texto!
  • Sua pressão arterial aumenta.
  • Seus músculos ficam tensos
  • Seu corpo começa a inchar

Estes são também os sintomas de estresse e ansiedade. Estudos recentes mostram que pessoas que praticam empatia e perdão pelo que os machuca têm uma resposta de baixo estresse. Para aprofundar ainda mais esse ponto, aproximadamente 1.500 americanos que praticaram o perdão relataram maior satisfação com suas vidas, menos sintomas de angústia, menos nervosismo e menos tristeza.

O impacto positivo do perdão na sua imunidade

Um estudo controlado avaliou 78 pacientes com HIV em relação a seus sentimentos, pensamentos e comportamentos de perdão. Os participantes que praticaram o poder do perdão tiveram percentuais mais altos de células CD4 imunes combatendo os sintomas do HIV.

A melhora da pressão arterial é mais um benefício do perdão. Os pesquisadores conseguiram provar que o perdão tem um efeito cardioprotetor no coração. Enquanto a raiva é cardiotóxica e danifica o músculo cardíaco.

O perdão beneficia a qualidade do sono

Outro estudo constatou que o perdão está relacionado a um melhor descanso na hora de dormir. Enquanto aqueles que estavam ressentidos, zangados ou até mantinham sentimentos hostis, estavam relacionados a uma pior qualidade do sono.

A lista continua e continua. Os benefícios de saúde do perdão são infinitos! Agora que você tem alguns fatos, pense e elabore um plano de perdão. Comece perdoando a si mesmo e depois perdoe os outros.

É hora de deixar de lado as queixas do passado. É hora de se sentir leve novamente. É hora de se libertar do passado para criar espaço para um presente brilhante! Bora colocar em prática?!

VEJA TAMBÉM:

Leia isto se você estiver com medo do que o FUTURO te reserva

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: