Nós dois sabemos que não somos “apenas amigos”

1359
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Não consigo mais fazer isso. Viver constantemente nessa incerteza.

A espera ao lado do celular, desejando que seu nome aparecesse na minha tela. Não consigo mais manter minha ansiedade sob controle. Passo meus dias inquieta, preocupada com cada palavra e movimento teu. As noites eu tenho chorado até dormir e tentado desesperadamente descobrir o que foi que eu fiz para você me ignorar novamente.

Isso não está sendo justo para nenhum de nós.

Eu não consigo acreditar que entrei nesse desespero de novo. Tenho feito o possível e o impossível para manter sua atenção. Me entrego, me entrego e me entrego, e a cada entrega eu me sinto mais vazia.

VEJA TAMBÉM:

Você não é a mesma pessoa que conheci anos atrás. Você não está mais interessado em como foi meu dia ou no que estou fazendo no momento. Você apenas se recosta e observa enquanto eu finjo que vivo, assim como o marioneteiro se recosta, controlando sua marionete. Você sabe que sempre terá a vantagem e o controle, porque eu faria qualquer coisa para não te perder.

Prometi a mim mesma que nunca mais me colocaria nessa situação. Fiz um bom trabalho guardando meu coração por tanto tempo até que você forçou sua entrada em minha vida novamente. E foi numa dessas que nossa amizade se tornou algo mais, mesmo você sempre deixando bem claro que nunca se interessou em namorar comigo.

Diga-me, o que acontece agora? Você vai desaparecer tão rápido quanto entrou na minha vida? Você vai partir e começar sua vida com outra pessoa, enquanto fico aqui sentada me perguntando como pude deixar isso acontecer de novo?

VEJA TAMBÉM:

Como pude ser tão ingênua ao pensar que algo real poderia existir entre nós?

Quando vou perceber que um relacionamento não é sobre quanto você pode dar a outra pessoa; é sobre o que vocês podem criar juntos.

Um relacionamento não deve criar medo ou ansiedade. Um relacionamento não deve te deixar chorando até dormir. Um relacionamento de verdade resolve os problemas quando eles são criados ao invés de jogá-los pra debaixo do tapete e mais tarde voltar amplificados.

Como você pôde abandonar alguém de quem supostamente gosta tanto?

Acho que agora entendo.

Repetidamente em minha vida, aprendi essa lição “se você ama, você deixa ir.”

Eu acho que pode ser o melhor para nós, então você pode seguir em frente sem eu pesar sobre você e eu posso voltar a encontrar o que quer que eu ainda esteja procurando nesta vida.

Porque posso dizer que definitivamente não é isso.

Por que não posso simplesmente deixar você ir?

Foto: Unsplash

Compartilhe esse post: