Não é nada além de um pedaço de metal | MeApaixonei.com.br

Não é nada além de um pedaço de metal

1450
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Google Imagens

Se tem uma coisa que eu odeio é essa geração expositiva que vive fadada ao fracasso simplesmente porque se importa tanto em mostrar para os outros a vida que tem e as coisas que faz, que acaba perdendo tempo demais, não vivendo, de fato.

Vocês já perceberam o quanto as pessoas tentam provar para os outros, e até mesmo para si mesmas o quanto estão felizes, mesmo quando não estão?

Existe uma necessidade de postar fotos o tempo todo para que as pessoas vejam que suas vidas são movimentadas, que seus amigos são divertidos, que seus relacionamentos são bem sucedidos, que sua personalidade é admirável, que suas vidas são um verdadeiro sucesso, quando na verdade, por trás desses outdoors pintados com uma vida idealizada, existem autoestimas arruinadas e frustrações acumuladas.

Não, as pessoas felizes não precisam mostrar e provar para os outros que são felizes.

Elas não precisam tirar foto no espelho sorrindo, quando acaba de acordar, para lembrar para si mesmo o quanto, de fato, está feliz por acordar sabe?! Elas não precisam fazer declarações quilométricas e diárias para seus respectivos namorados, para mostrar para os outros o quanto seus relacionamentos são sólidos.

Não precisam ficar postando tudo que faz, ou todos os lugares que vai, ou tudo que veste, ou tudo que pensa, simplesmente para ganhar o maior número de curtidas possíveis, de muitas pessoas que sinceramente pouco se importam com sua felicidade.

As pessoas realmente felizes sabem aproveitar o tempo que tem ao lado de seus amigos, pessoalmente, e não pelo celular. Sabem que conversas no whatsapp podem até te fazer passar o tempo, mas nada se compara a estar fisicamente com alguém, a ouvir sua voz, receber seu abraço, ou simplesmente sentir, e saber aproveitar sua presença.

Envie seu texto!

Nossa geração está se afundando nela mesma, cada vez mais. Perdemos a vontade de conversar, brincar, rir…viver. Estamos enfiados num pedaço de metal que dita como tratamos as pessoas que estão ao nosso redor, quanto estamos com ele na mão. Que dita quão alta ou baixa estará sua autoestima em determinado dia, porque as pessoas tem ficado a mercê de curtidas, para gostarem de quem são.

Que dita como, quando ou quantas coisas iremos perder, por estarmos ocupados demais vivendo em um mundo muito menos interessante que o real.

Você sabe o que é ser feliz? Sabe o que é sentir-se bem consigo mesmo sem ter que precisar da aprovação das pessoas ao seu redor? Você sabe o que é viver o momento, e aproveitá-lo, sem haver a necessidade de que tudo seja registrado, para ser mostrado posteriormente para pessoas que não estão interessadas em saber como está sua vida?!

Talvez esteja na hora das pessoas repensarem como estão levando suas vidas, como estão levando suas relações, como estão guiando seus caminhos. Muitas vezes acabamos perdendo muita coisa por estarmos olhando para a tela de um celular. Tente ver além dele, tente guarda-lo quando estiver com pessoas ao seu redor. Socialize, brinque, viva.

A vida só é vivida, realmente, fora desse pedaço de metal, e se sua felicidade tem sido rodeada e embasada nele, talvez esteja na hora de você repensar o que é felicidade, para você.

Diandra Ferracini

VEJA TAMBÉM:

8 razões pelas quais o que você precisa é de mais abraços (a ciência comprova)

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: