Namore um cara que lê e escreve | MeApaixonei.com.br

Namore um cara que lê e escreve

2231
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Digamos que, eu não sou uma pessoa de sorte, no mundo dos relacionamentos. Sei que sou difícil de lidar, as vezes até eu mesmo perco a paciência comigo. Mas sabe? De todas as pessoas do mundo que, eu já encontrei por aí – você foi aquela. Sabe? Que bagunça, desestrutura, revira e te coloca no lugar. Quando você conhece “aquela” pessoa, você passa a ter certeza, de onde quer estar – é ao seu lado.

Aquela pessoa que chega, abre a porta e entra na sua vida, para fazer toda a diferença. Que conquista cada vez mais, um espaço maior na sua casa, na sua vida – no seu coração. Mesmo que, ela seja complicada de se entender, como um cubo mágico. Que seja, uma garota cheia de manias, trejeitos, verdadeira mulher de fases, não importa. Eu quero te conhecer, um tantinho mais a cada dia, quero te ouvir reclamar pelos cantos, ou até mesmo – ser refém dos teus silêncios.

Até mesmo, quando estiver insuportável, chata e grossa, serei compreensivo. Talvez ela seja do tipo que, esconde seu lado fofo por baixo de uma camada bruta, onde poucos chegam até lá. E do tipo sincera que, fala o que pensa na cara. Tenha um vocabulário rico em palavrões, não encena, pois é de verdade. Talvez ela seja, uma bagunça sem fim. E por ironia, me pergunte: como é que eu sei disso? Pois a resposta é bem simples: não existe outra pessoa, com a bagunça compatível com a minha – só você.

Vem, me conta dos seus apuros, das suas inseguranças. Respire fundo, e diz tudo aquilo que, seu coração insisti em calar. Vem, mas vem com tudo. Vem inteira, com as memórias, cicatrizes, as qualidades e os defeitos. E nós vamos – sabe-se lá pra onde – mas vamos. Porque o importante mesmo, é ter amor para seguir em frente. Moça, quer uma dica? Namore um cara que lê e escreve. Capaz de decifrar seus sentimentos, enxergar sua alma e lhe descrever em versos cheios de paixão.

Envie seu texto!

Você é a inspiração de um texto que eu não consigo terminar. É a fonte de meus pensamentos ao escrever cada frase, acrescentando vírgulas e vírgulas, pois me recuso a colocar um ponto final. É a incoerência das minhas palavras, dos sentimentos que sinto por ti que, não sei como descrevê-los no papel. É a personagem principal de uma história que, ainda tem poucas páginas, mas que quero chegar ao desfecho junto com você – e que se eu pudesse – não chegaria ao final nunca.

Você é parte de toda minha complexidade textual, da minha insônia matinal e meus sonhos noturnos. Enquanto te espero, fico aqui à escrever e sonhar. Sabe? Com aquela parte do “e eles viveram felizes para sempre”. Vem, que estou pronto para interpretar você, e juntos – escrever nossa história de amor.

Anderson Mateus de Oliveira

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: