Meu amor estrela cadente | Me Apaixonei

Meu amor estrela cadente

110
0
Compartilhe:

Dizem que quem procura nunca encontra e que aqueles que apenas vivem a vida, sem a busca incessante pelo amor, acabam sendo surpreendidos.

E foi assim que aconteceu. Eu não estava procurando, nem estava pronta, estava apenas vivendo a vida, tentando aproveitá-la na companhia de meus amigos e sorrir um pouco, mas aí a vida me surpreendeu.

Nos conhecemos em uma tarde de inverno quando eu nem imaginava que alguém viria aquecer meu coração.

Nosso primeiro toque, depois de muita conversa, foi um abraço. E foi se como naquele momento tivesse tocado minha alma. A cada nova conversa ou novo encontro eu descobria uma parte nova de ti, uma parte nova e empolgante que fazia meu coração sorrir e transbordar felicidade.

Na primavera, me lembro de ti encostado no batente da porta me olhando e dizendo como aquela era a melhor sensação do mundo. “Que sensação?” perguntei, ao que ouvi: “Amar você!”.

Você foi o amor estrela cadente da minha vida. E isso era mais do que eu poderia desejar. É mais do que a maioria das pessoas tem a sorte de ter.

Cada momento contigo é mágico, é como se um conto de fadas se tornasse realidade. Você me faz rir mesmo quando eu quero ficar séria ou brava contigo. Me faz sentir segura me acolhendo em seu abraço. Me faz sentir protegida sempre que pega minha mão.

Me faz sentir amada com um simples beijo na testa.

Logo eu que vivia na maior mansidão, tive a vida atingida por um meteoro enquanto olhava as estrelas. Ah meu menino, minha música favorita é ouvir as batidas do teu coração.

Minha imagem favorita é o verde dos teus olhos. Meu lugar favorito no mundo é dentro do teu abraço, estejamos onde for.

Você foi o amor estrela cadente da minha vida. Isso eu nunca vou poder negar. Chegou iluminando tudo, deixando a vida mais bonita, os dias mais alegres, o mundo um lugar melhor.

Mas diferente da estrela que apenas passa, nos deixando saudosos e na esperança de realizar um desejo, o meu já se concretizou. E eu rezo e peço que nosso finito nunca tenha fim.

Stéfani Souza

Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: