Enfim solteira... | Me Apaixonei

Enfim solteira…

105
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Foto: https://weheartit.com/entry/325798508

Poxa, que maravilha, depois de muitas dores e tombos, resolvi tomar uma decisão: Ser livre.

Agora me pergunto… O que faço com esse novo status?

Vou correr pro abraço, ligar pra todos meus amigos que se afastaram e simplesmente dizer que estou com a agenda livre?

Vou dar uma festa e reuni-los, como se tudo estivesse na mesma ordem de sempre?

Ou fico na minha, curtindo a fossa, a solidão e analisando meus erros para não cometê-los de novo, quando aparecer um outro alguém?

E como vou me comportar diante de um homem? Como vou flertar com alguém ? Como vou beijar uma nova boca e fazer amor com um desconhecido?

Eu não sei, não sei mesmo, porque isso já nem me passava mais pela cabeça.

Quando o conheci, achei que dessa vez seria diferente e que ficaríamos juntos pra sempre, com direito à envelhecer na lareira…

Que piada, ele não era o meu (perfil de para sempre), nunca foi, mas esse é um tema pra ser abordado em outro texto.

Agora posso ser eu novamente, posso me sentar diante do computador qualquer dia da semana e escrever bobagens, posso fazer nada e não ser rotulada de preguiçosa, posso deixar todas as minhas havaianas espalhadas pela casa e não ser chamada de desorganizada.

Posso sim, sair com os amigos, posso fazer o que quiser e quando quiser.

Posso dormir até meio dia e comer pizza, sem ter que que me preocupar com o cardápio do almoço.

Posso comprar aquela peça linda que vi na vitrine, sem ter que ouvir que gasto demais, afinal, minha vida, minhas regras…

Posso tanta coisa e quero ser feliz com tanta coisa, quero curtir cada momento dessa fase de solteira e agradecer a Deus pela oportunidade de estar viva e poder fazer as minhas escolhas, doa a quem doer.

E é exatamente isso, ser grata por todas as oportunidades diárias, ser grata por você ter existido, por ter me ensinado tanto e também pelas vezes que me fez sofrer, porque foi a melhor oportunidade de conhecê-lo.

E é assim que a vida segue seu curso, ciclos se fecham, pessoas se afastam, pessoas se reaproximam, algumas estagnam e outras mudam de direção; e cada um à sua maneira encontra sua fórmula de ser feliz, independente do estado civil.

Solteira sim…

Meire Rodrigues

VEJA TAMBÉM:

Ficar solteiro é melhor do que estar num “quase relacionamento”.

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: