Ele me veio como um furacão e eu gostei da ventania | MeApaixonei.com.br

Ele me veio como um furacão e eu gostei da ventania

539
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Nós somos aquele amor que antes mesmo de realizado, fomos idealizados. Pensamos e imaginamos como seria nosso primeiro beijo, nosso primeiro passeio, nossa primeira noite de amor, nosso primeiro domingo.

Nós somos aquele amor que veio do abraço como desculpa de dias frios e solitários. Veio da amizade como reforço no almoço e na vida.

Aquele ano era tão solitário mas a companhia criada por nós fez daquele ano inesquecível.

Nossa alegria não começava no final de semana, começava na segunda feira às 7h da manhã, ansiosos para pular naquele abraço de saudade que só melhorava com a chegada do Nosso fim de semana.

VEJA TAMBÉM: 6 provas do por quê casais que falam como bebê são mais felizes!

Nós somos aquele amor de sábado que se esbaldou na sexta feira à noite e tem que “ajeitar” a casa pela manhã. Ele é inquietamente perfeito, entre o preparo do café e as roupas a secar no varal, ele me enchia de amor às 5 horas da manhã.

Minha paixão dentre tantos outros atrativos é vê-lo cozinhar. “Coisa mais linda do mundo é ver você cozinhar!” eu dizia. Aquela cena enchia meus olhos do sentimento de lar e aconchego, onde eu inevitavelmente queria envelhecer para não perder nenhum detalhe.

Nós somos aquele amor que não se contenta com discussões, que não consegue, se quer, uma brigar prolongar.

Nós somos aquele amor de domingo jogados e espalhados pelo sofá, que entre uma programação e outra na tv roubávamos suspiros e alívios um do outro.

VEJA TAMBÉM: 5 gestos de Amor e Carinho que significam que ele está apaixonado por você!

A gente se entrelaçava em desejos, sintonia e melodia. O assunto em qualquer enredo era bom, o sentimento era instantaneamente compartilhado pelo toque suave na orelha, boca, pés e nariz. Nossos corpos se conhecem de outras vidas, eles se chamam a todo instante, conhecem cada detalhe de prazer e paixão que começa ali. Nossos corpos compartilham da mesma química, energia e vibração que nossas engenharias não são capazes de mensurar. É feito choque. Mãos tremulas, falta de ar e descontrole.

Nosso amor é desejado a cada descoberta de calmaria e erupção. É feito água, que une, pressiona, derrete e nos faz um só.

É a água quente do chuveiro que fervilha nossos corpos colados, esmagados, de olhos fechados, sem perder o equilíbrio do toque e o ar.

Nosso amor é mágico. A mágica acontece no toque incontrolável do desejo, no olhar vidrado, no cabelo segurado, na carne pressionada pelo prazer.

VEJA TAMBÉM: 8 vantagens que só tem quem está num relacionamento por muito tempo

Sem demora a gente se compreendia, sem muito pensar se engolia, e de amor quem diria, a gente morria dia após dia.

Envie seu texto!

Ele me veio como promessa de vida leve e livre, mas que sem pensar eu me aprisionaria e fugiria pra viver inúmeros dias com ele.

Ele me veio como uma ventania incontrolável, jogando tudo para o ar, todos meus receios e devaneios de eternidade premeditada, nada ficou no lugar, nem o tempo o coração e a vida.

Ele me veio como mar, que a cada novo olhar eu descobria mais beleza naquela imensidão.

Ele tem muitas qualidades… é falante feito passarinho, entendedor de novos e velhos assuntos, observador feito águia e fiel às suas crenças de saúde e religião.

Ele se renova na velocidade que a brisa bate em seu rosto, no caminho entre duas rodas, no destino impensável que faz seu corpo pilotar.

Ele tem defeitos também, e o maior deles é achar que eu não o conheço bem, mas ele sabe… “ôôôh se conheço!”

Ele é uma mistura de comida caseira com tempero de aventuras pelo mundo a fora.

Ele me veio como um mundo de cabeça pra baixo, com receios e medo de que toda essa conexão fosse realmente capaz de existir. E que eu possivelmente enfrentaria o mundo para não perder nenhum segundo disso.

Ele me conhece e me reconhece nos lugares. Conhece meus olhos desconfiados, meus dedos gelados e meu cheiro no ar. Conhece minhas manias, teimosias e meu coração pronto pra recomeçar. Conhece minha coragem com pitadas de loucuras, que insisto em faze-lo tomar.

VEJA TAMBÉM: Do “só amigos” ao final feliz

Nossos olhares são apaixonados um pelo outro, eles brilham, estremecem, nos desmontam por inteiro.

Eles nos entregam, desfaz os argumentos, nos vencem pelo cansaço do amor.

Nada no mundo vai ser capaz de me fazer esquecer daqueles olhos por entre as lentes e que dentre tantas ventanias eu espero poder vê-lo de novo soprar.

“I’ve found a reason for me, to chance who i used to be. A reason to start over new. And the reason is you.”

Monique Silva

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: