E vamos sim, tentar de novo | MeApaixonei.com.br

E vamos sim, tentar de novo

5395
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Diante de um mundo tão cruel e escasso de sentimentos, e diante do que sentimos um pelo outro, que a gente tente todas as vezes que fraquejarmos, que a gente busque forças do mais profundo, mesmo que ínfimo, mas que tentamos superar todas as barreiras e obstáculos, que ousam atrapalhar nosso amor de florescer, mesmo que impossível aos nossos olhos, mas que tentamos.

Mais uma vez. E mais duas. E mais três. E tantas outras que os números não consigam nem mensurar.

Que mil turbilhões sejam pouco para as tentativas de fazer esse amor tão lindo dar certo, amor esse que é incontrolável, que mesmo nos esforçando para destruí-lo ele insiste em prevalecer, que mesmo aceitando o fim, jogando tudo pro ar, esse amor sobressai, nos detalhes do dia a dia, na preocupação, nas lembranças de cada coisa, numa música, numa palavra, numa comida, em cada detalhe o amor insiste em falar mais alto.

Como não tentar de novo? Será que aprender conviver sem o amor da nossa vida seria mais fácil que tentar conviver com as diferenças, a aparar as arestas, a unir forças e quebrar as barreiras? Fácil? Nenhum dos lados são.

Mas no fim das contas se conseguirmos, de um lado teremos a solidão, a falta do grande amor, mesmo acompanhado de outras pessoas, o sentir-se incompleto mesmo numa multidão, as lembranças não querendo ir embora, insistindo em permanecer bem no fundo da nossa memória.

De outro lado, a felicidade de um casal escrevendo lindas páginas de uma incrível história de amor, com muitos obstáculos e dificuldades, mas vencendo todas as lutas, caindo juntos, levantando juntos mais fortes, no final do dia, receber um ‘boa noite’ do amor da nossa vida, e dormir com um sorriso no rosto, e saber o significado de felicidade.

E aí? Qual caminho seguir?

Em todas tentativas de término, que foram inúmeras, só percebi que já não vivo mais sem você, corrijo, vivo, porém me falta algo, e o mundo se torna cinza, não vejo cor em nada, não vejo alegria em nada, e cada vez percebo que esse sentimento forte que habita no meu ser, não é apenas um sentimento passageiro, não é uma simples paixão, é algo duradouro, e sempre que tento esquecer, arrancar de dentro de mim, parece que ele cria forças, e entramos em luta, e como sempre esse sentimento vence.

Tento lembrar das coisas que me fez mal durante o relacionamento para conseguir me afastar, mas por mais motivos que tenho para afastar, o sentimento insiste em deixar claro que não há nada maior que um amor verdadeiro, que todos esses contratempos, divergências, incompatibilidades, são supérfluos diante de duas pessoas que se gostam tanto a ponto de não conseguir viver sem outro.

Mas insisto em pensar, das noites tão tristes, das lágrimas, das discussões amargas, das palavras cruéis, de todo sofrimento ao longo do relacionamento, de tanto desentendimento, tanta coisa fora do lugar, um não aceitando o jeito do outro, desgastou tanto nossa mente a ponto de tirar-nos a sanidade, de nos tratarmos como estranhos.

VEJA TAMBÉM: 15 GESTOS QUE TODO CASAL APAIXONADO TEM EM COMUM (E VOCÊ NÃO É UMA EXCEÇÃO)

Eu esperei muito de você, tracei labirintos e rotas para você seguir, mas esqueci de sinalizar, e não respeitei os limites de velocidade, são caminhos que nunca trafegou antes, falhei, exigi muito, devia ter sinalizado, indicado onde teria trepidações, onde as curvas seriam mais perigosas, qual ponto testaria os freios, qual ponto aceleraria mais por serem retas, estipulei um tempo muito curto sem analisar que o caminho a seguir seria longo, complicado e sujeito a imprevistos.

Envie seu texto!

Apenas exigi que seguisse o caminho e que chegasse rápido, queria pra hoje, pra agora, e você tentou seguir, mesmo sem sinalização, correndo contra o tempo, pra chegar na hora que estipulei. Houve acidentes, e muitos imprevistos, e no final se perdeu, não conseguiu chegar onde te esperava.

Você errou muito comigo, mas a verdade é que também errei muito com você.

Ainda carrego feridas, mas sei também que está muito machucado.

E sabe de uma coisa? Perante a lei do amor é ilegal se um individuo que machucou seu parceiro, não cuidar dos ferimentos ate cicatrizá-los. Então estamos contra a lei nesse caso. E sabe como regularizar isso?

Pois bem, estamos intimados a cumprir a lei.

Venho por meio desse texto pra te falar que em nome do sentimento forte que sentimos um pelo outro é nossa obrigação tentarmos mais quantos turbilhões de vezes precisar, e vamos tentar, vamos adaptar um ao outro, aceitar nossas diferenças, regar diariamente nosso amor, e nesse percurso, qualquer sinal de fraqueza, reiniciamos o processo, e tentaremos mais e mais vezes, e nos intervalos, teremos as mais magníficas lembranças de momentos incríveis de felicidade no nosso peito, até que alcancemos a felicidade plena e amadurecemos o suficiente para resolver os conflitos diários.

VEJA TAMBÉM: 9 ATITUDES TÓXICAS QUE PODEM DESTRUIR SUA RELAÇÃO — MUDE ENQUANTO HÁ TEMPO!

E o caminho?

Calma, volta de onde saiu, já estou providenciado placas, vou te passar as coordenadas, localização, e terá seu tempo para percorrer. Sabe que a estrada é complicada, tem altos e baixos, curvas acentuadas, mas dessa vez irá bem instruído e terá tempo. Pode seguir com calma e no final teremos a recompensa.

Enfim, me dê a mão, venha comigo, vamos tentar de novo sim, vamos fazer cumprir a missão, missão de sermos felizes juntos e pra sempre. 

Nayara Rayelle Souza Alves

VEJA TAMBÉM:

Eu não quero um relacionamento perfeito, quero um que seja real

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: