Dedique-se ao que te preenche e lhe faz feliz. Seja grato! | Me Apaixonei

Dedique-se ao que te preenche e lhe faz feliz. Seja grato!

1316
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Em algum momento da tua vida você parou pra pensar no que de fato lhe preenche?

Nós estamos acostumados a nos deixar levar por coisas que muitas vezes não nos levam a lugar nenhum. Cegos, insistimos em nos manter em um rio de água parada. Há momentos em que não conseguimos enxergar o que de fato está a nossa volta, nos preenchendo com vazios e por comodidade, nos sentimos satisfeitos. As tempestades em nossas vidas são resultados de nossas escolhas e atitudes, que para o nosso bem podem ser mudadas, para que assim possamos, então, desfrutar de um lindo nascer do sol juntamente da calmaria da vida. Há tanto que queremos dizer, e tão pouco queremos ouvir. Esquecemos que para se fazer boas escolhas é necessário parar para nos ouvirmos, para nos sentirmos. Nossas cabeças parecem mais quentes que a bateria de nossos celulares que fazemos de tudo para o manter aceso, mas e quanto a nós? A tua alma está carregada? Mas carregada de quê? Reflita sobre quem você era, quem se tornou e o que espera para o teu futuro.

A realidade é que nós gostamos de flores mas não nos preocupamos em plantar, acreditamos ser perda de tempo observar a semente transformar-se em muda para tornar-se flor. Queremos tudo aquilo que já vem pronto, sem que nos preocupamos com a forma em que foi feito. Logo, julgamos a essência pela aparência, sem ao menos termos tido contato com a mesma. Às vezes recebemos tanto carinho que esquecemos de retribuir. É necessário aprendermos a ser gratos. É preciso saber respirar gratidão para que se tenha um coração cheio. Cheio de vida, de coisas boas e que de fato lhe façam feliz. É preciso aprender a enxergar a vida nos pequenos detalhes, pois o que é pequeno é que de fato faz a diferença. É preciso saber se molhar na chuva, observar as estrelas, as ruas, as pessoas. É necessário dedicar-se ao que te preenche de vida.

É importante não se acomodar aos meios amores, amizades, verdades e vontades. O que tiver de ser, de ter, que seja por inteiro, com intensidade. Que você possa tocar a essência das coisas e também das pessoas. Afinal, não se mergulha em um rio sem molhar o corpo. E ver o mar sem ao menos molhar os pés é loucura.

Viva a vida, viva as pessoas. E, antes de tudo, seja grato por cada pequeno momento que torna-se grande em nossos corações.

Raphaela Bianchi

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: