6 coisas que devemos colocar em dia no relacionamento amoroso | Me Apaixonei

6 coisas que devemos colocar em dia no relacionamento amoroso

2311
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

São muitos os assuntos importantes e a melhor coisa é esclarecê-los. Fazer isso irá ajudá-lo a conhecer melhor a pessoa com quem está, e também a perceber se existem diferenças passíveis de superação ou irreconciliáveis. Em consultas tenho visto casos de casais que se separam porque não esclareceram os assuntos que mais lhes importavam no início do relacionamento e que se sentiam abatidos, já não apenas pelo final do relacionamento, mas por não ter identificado estas diferenças antes.

Se a outra pessoa gosta de você, enquanto ela tenta conquistá-lo, é provável que oculte alguma coisa ou procure mostrar o melhor de si. Depois se mostrará como ela realmente é. E as pessoas não mudam (ou pelo menos não mudam muito)! Se falarmos francamente sobre alguns assuntos, é mais provável que as premissas do relacionamento sejam mais sólidas e duradouras.

“Nunca seremos o companheiro perfeito, o cartão postal, se não formos capazes de aceitar que só na aritmética o dois nasce do um mais um.”
-Julio Cortázar-

Assuntos importantes a se tratar em um relacionamento amoroso:

1- Fale sobre a sua filosofia de vida e visão de futuro

Fale da sua visão de mundo, das suas ideias políticas e religiosas. Os seus projetos de trabalho e de vida, por exemplo, se você moraria em outro país. Também, mesmo que seja um pouco difícil e desconfortável, fale do casamento e dos filhos, inclusive você pode falar de como gostaria de criá-los, embora não seja preciso chegar a um acordo em tudo. Talvez na conversa surjam interrogações nas quais, até o momento, você não tinha nem pensado.

Mais duas dicas: este tipo de conversa não é apenas útil para conhecer o outro, mas também pode ser para conhecer a si mesmo. Por outro lado, é importante se mostrar aberto e respeitoso quando tiver este tipo de conversa, mas também sincero e coerente com o que você pensa.

2- Fale da sua infância e do seu passado

Compartilhar lembranças divertidas é uma forma de passar tempo juntos. O primeiro amor, a primeira bebedeira, alguma travessura, etc. Não tenha medo de contar lembranças dolorosas ou vergonhosas, falar se você sofreu algum abuso ou alguma coisa que lhe deixou marcas. Mostrar vulnerabilidade pode levar o outro a se sentir seguro para mostrar também as suas.

3- Fale sobre sexo

Procure fazer isso em um ambiente relaxado e privado, já que é um tema delicado que às vezes pode ser desconfortável. O sexo é uma parte importante do relacionamento e a comunicação nesta área é fundamental. Portanto, não é bom encarar este tema como um tabu.

Fale das suas fantasias, do que você gosta e do que você não gosta, e também se você gostaria de experimentar coisas novas. Falar sobre sexo pode aumentar a intimidade. É um tema íntimo e é melhor que fique entre vocês, e que exista sempre o respeito.

4- Fale sobre dinheiro, dívidas e problemas legais

Diga quanto você ganha e quanto gasta por mês, se está economizando para alguma coisa em especial ou se gosta de viajar ou comer fora, etc. Também se você tem alguma poupança, ou dívidas; é importante falar disso para evitar que o companheiro fique sabendo por outras pessoas e tenha uma decepção. Se você tem ou já teve algum problema legal, é importante falar deste assunto e evitar que estas coisas apareçam de surpresa.

Quando a gente começa um projeto de vida, todas as decisões (incluídas as relacionadas ao dinheiro, principalmente se for dinheiro em comum) precisam ser faladas e tomadas em conjunto. É importante que ambos estejam de acordo com o que irão fazer e que ninguém tome decisões sem consultar o outro.

5- Converse sobre família e amigos

Este assunto é muito delicado. Não recomendo que divida com seu companheiro opiniões sobre a família dele(a) ou conflitos que você tem com a sua própria. Também não recomendo que você compartilhe com a sua família os problemas do casal. É um assunto privado, a família sempre irá assumir o seu lado e quando o problema for solucionado podem ficar com rancor pelas faltas que talvez você já tenha perdoado.

É fundamental selecionar a informação familiar que compartilhamos com nosso companheiro, assim como a informação do casal que compartilhamos com nossas famílias. Não costuma ser necessário mentir, mas sim ser seletivos e cuidadosos com a informação que compartilhamos.

Os amigos são outro assunto, alguns casais acreditam que seus companheiros passam muito tempo com seus amigos ou que alguns amigos são uma má influência. Fale de suas amizades e das amizades do seu companheiro, sempre com respeito e não se coloque na desconfortável situação de dizer, “meus amigos ou meu companheiro”. Respeite o tempo que a pessoa passa com seus amigos, procure encontrar um equilíbrio e tudo será mais fácil.

6- Fale das coisas que incomodam você

Este é um ponto muito importante desde o início; não evite assuntos por temor de se transformarem em briga. Falar sobre sentimentos e sensações é um grande ponto de partida para uma comunicação aberta e sincera. Procure fazer isso de um jeito tranquilo e respeitoso, sem usar palavras que possam ofender o outro. Um relacionamento amoroso e um projeto de vida requerem um trabalho constante, que expressemos nossas necessidades, desejos e que esclareçamos, o quanto antes, aspectos que não nos agradam.

Estes assuntos são fundamentais no início de um relacionamento amoroso, mas não por isso devem ser vistos como algo encerrado e sepultado. Será bom voltar a estes assuntos sempre que houver uma mudança ou que surgir alguma dúvida.

“O casamento é 97% conversa.”
-Oscar Wilde-

A mente é maravilhosa

VEJA TAMBÉM:

6 coisas que só casais apaixonados fazem. Você se identifica?

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: