O verdadeiro significado de COMPATIBILIDADE no relacionamento, porque não tem nada a ver com amor | Me Apaixonei

O verdadeiro significado de COMPATIBILIDADE no relacionamento, porque não tem nada a ver com amor

273
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Foto: https://www.indiaearl.com/stormy-fall-anniversary/

Você provavelmente já viu esse termo lançado centenas de vezes até agora no mundo do namoro, mas o que isso realmente significa para um casal ser compatível ou incompatível?

Se você está em um relacionamento ou enfrentando um término, o conceito de compatibilidade deve estar constantemente tocando em sua mente.

Os tipos de personalidade podem ser um fator de influência quando se trata de compatibilidade, mas certamente não será o componente que determinará se um casal é compatível ou não.

VEJA TAMBÉM:

É dessa maneira que uma pessoa com um coração de ouro vai te amar

Então, o que a compatibilidade realmente significa? A definição real é muito mais simples do que você imagina e não tem nada a ver com tipos de personalidade, valores correspondentes ou até mesmo amor.

Quando o assunto é relacionamento, compatibilidade significa a capacidade de ambos se verem verdadeiramente felizes um com o outro.

Você pode estar se perguntando nesse exato momento: “já que estamos falando sobre relacionamento, por que o tema “amor” ainda não surgiu?”

A razão é que a compatibilidade não tem nada a ver com amor. Casais completamente apaixonados terminam o tempo todo porque simplesmente não podem viver felizes juntos. Por outro lado, alguns casais não têm essa paixão ardente entre eles, mas a compatibilidade ainda os mantém juntos.

Você já deve ter ouvido várias vezes que “o amor não é suficiente”. Sim, é verdade que o amor não é suficiente, mas você sabe o que é suficiente? Felicidade, e é isso que é compatibilidade – a capacidade de ser verdadeiramente feliz com outro ser.

Há uma pegadinha nessa definição, e é isso: a verdadeira felicidade. Um relacionamento pode parecer compatível a princípio, o que é bastante inevitável, considerando que muitos gestos românticos estimulam a liberação de ocitocina e dopamina.

No entanto, podemos simplesmente considerar que a compatibilidade sexual é, em outras palavras, compatibilidade de curto prazo.

Para um casal ser verdadeiramente compatível, ele deve ser capaz de coexistir alegremente, o que significa estar completamente feliz e contente com a ideia de estarem um com o outro por toda a vida.

Um dos motivos de separação mais comuns é a “incompatibilidade” do casal. Se você fizer uma pesquisa sobre isso, saiba que esse motivo é simplesmente uma máscara para encobrir um problema mais profundo.

Ironicamente, os problemas mais profundos acabam sendo vagos; já que a compatibilidade é definida como a capacidade de ser verdadeiramente feliz um com o outro, quando um casal se separa devido à incompatibilidade, significa que eles se separaram porque um ou ambos os indivíduos não se vêem capazes de coexistir felizes um com o outro a longo prazo.

Da próxima vez que você estiver tentando descobrir se seu parceiro é compatível com você, deixe todo o conhecimento estatístico e científico de fora e pergunte a si mesmo estas duas coisas:

  1. Eu estou realmente feliz com essa pessoa?
  2. Será que eu serei capaz de coexistir alegremente com essa pessoa com o passar do tempo?

Se a verdadeira felicidade estiver dentro de um relacionamento, todo o resto se encaixará.

VEJA TAMBÉM:

É assim que um relacionamento saudável deve ser

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: