O que ninguém te contou sobre morar junto. 8 verdades que você precisa saber! | Me Apaixonei

O que ninguém te contou sobre morar junto. 8 verdades que você precisa saber!

5756
1
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Morar junto com alguém parece uma ideia muito boa na sua cabeça? Ele te chamou pra ir morar contigo e você não sabe como reagir? Isso é bastante complicado. Além das maravilhas da independência, morar junto com alguém pode ser um pesadelo. Nesse artigo, a gente vai falar o que ninguém conta sobre morar junto e explicar quais são os maiores problemas que envolvem essa situação.

Nessa lista, vamos te contar 8 coisas que você precisa saber antes de morar junto com alguém e compartilhar a sua vida de baixo do mesmo teto que outra pessoa. Continue lendo, mas não se apavore!

1- As máscaras vão cair

Quando a gente começa a namorar uma pessoa e vê ela esporadicamente, conhecemos geralmente o seu melhor lado. Conforme o tempo vai passando e também ao longo da convivência, o pior lado da pessoa vai se aflorando como um botão de rosa. Por isso, quando as pessoas começam a morar juntas, há um choque de realidade. As brigas se tornam muitas vezes mais constantes porque você percebe que ele talvez não seja tão higiênico assim ou ela na verdade é muito mais preguiçosa do que parecia ser de verdade. Viver com alguém não é muito bem aquele sonho de princesa não!

2- Todas as relações irão mudar

Se antes você costumava levar seus amigos em casa, ficar acordado até as quatro da manhã vendo vídeos bobos na internet ou até mesmo voltando mais tarde pra casa, tenha certeza de que isso vai mudar. Quando você começa a morar junto, as visitas dos amigos tornam-se menos frequentes e também todo o resto de atividades de lazer passam a ser compartilhadas pelo casal.

3- A sua individualidade e privacidade têm que continuar

Quando você começa a viver junto com alguém, é natural que vocês passem muito tempo fazendo coisas que gostam juntos. No entanto, depois de alguns meses ou anos isso vai acabar e vocês terão de respeitar um o espaço do outro. Não, não é porque vocês estão morando juntos que vocês tem que fazer tudo juntos. Deixe a outra pessoa trabalhar, ler um livro, fazer qualquer outra coisa… Isso é saudável e não atrapalha ninguém!

4- Um silêncio frio…

Depois de encontrarem o limiar entre a individualidade e a vida sob o mesmo teto, o eixo do silêncio tem que ser respeitado. Você não deve ficar desconfortável se vocês estiverem no mesmo ambiente e em silêncio por alguns minutos e quem sabe até horas. Isso é natural principalmente porque passam muito tempo juntos e precisam respeitar a individualidade um do outro, certo? Às vezes estar ao lado já é o suficiente para cumprir as necessidades sentimentais que um momento exige.

5- As finanças complicam

Morando juntos, vocês começarão a ter de pensar nas compras, nas contas, no aluguel e nos gastos que a casa necessita. Por isso, dividir as despesas é aquela conversinha talvez não muito agradável no final do mês. O importante é que cada um dê de acordo com sua possibilidade para que se ajuntem bem as economias da casa. Viver com o namorado não é tão simples quanto parece…

6- Diálogo é a chave

Outra coisa que ninguém conta sobre morar sozinho é o fato de que as discussões começam a se tornar geralmente mais frequentes quando começamos a morar juntos. E o principal motivo disso acontecer é a falta de diálogo entre os casais. É exatamente por isso que, antes de gritar, é preciso ouvir o parceiro. E entender acima de tudo o que está acontecendo para fazer com que a experiência de morar junto seja a mais agradável possível. Leia nosso artigo Como melhorar a comunicação com o parceiro para saber mais sobre o assunto.

7- Compartilhar as responsabilidades

Para quem vai morar junto antes de casar ou até mesmo para quem está se casando e se mudando agora, uma coisa que é importante saber fazer é compartilhar as responsabilidades. O mundo hoje exige uma igualidade na divisão das tarefas do lar entre homens e mulheres e é importante que lavar a louça, as roupas, cuidar do jardim e manter a casa em ordem sejam tarefas compartilhadas e organizadas entre os dois, se não, dá ruim.

8- Se amar de verdade

A chave principal para morar com o namorado, aquilo que ninguém conta antes de morar junto é o seguinte: se amar de verdade. Quando a gente ama e sabe ouvir a outra pessoa, todos esses problemas que eu falei acima podem ser passados de lado. Só não more com alguém que você não gosta, se não, tá tudo valendo. É preciso também compreender qual é o estado da relação e saber se esse amor vai bem.

Fonte: umCOMO.com.br

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: