O meu feliz para sempre, será sempre estar com você | Me Apaixonei

O meu feliz para sempre, será sempre estar com você

2045
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:
Sempre fui do tipo de pessoa que esperava ansiosamente o meu “felizes para sempre” para descobrir, justamente, quem seria a pessoa que me faria “feliz para sempre”. Confesso que de todas as pessoas que pude escolher, de todas as pessoas que imaginei querer, jamais achei que eu escolheria você para ser essa pessoa.

Confesso que houve momentos em que eu estive realmente disposta a jogar tudo para o alto, rezando para que o tempo levasse toda nossa história para bem longe de mim, mas de nada adiantava, porque de uma forma ou de outra, nós sempre acabávamos nos encontrando, e deixando com que a rotina de termos um na vida do outro, voltasse a tona.

Sempre soubemos como nos divertir juntos, sempre soubemos como cuidar um do outro. Sempre soubemos como encarar os nossos problemas da forma mais tranquila possível. Você entende meu jeito lesado, e eu entendo seu jeito estranho, e se não entendemos, tentamos entender, e é isso que importa certo?

Quando fecho os olhos e lembro-me de tudo que já vivemos até agora, só consigo sorrir sabia?! E se choro, é de felicidade, de verdade. Sei que nossa história já passou por muitos altos e baixos, sei que já nos machucamos muito… Mas sempre soubemos nos curar, fazer com que nossas feridas cicatrizassem. Independente dos momentos ruins, eu não consigo ficar triste com nossa história, ou com raiva, ou com qualquer sentimento ruim, porque foram esses momentos que fizeram com que os bons, fossem tão bons.

Não sei se já cheguei a te contar isso, mas eu já te amei, um dia. Já amei esse seu jeito desinibido de ser, esse jeito desastrado de falar, esse jeito desligado de pensar, esse jeito complicado de sentir, esse seu jeito medroso de amar. Já amei cada fio bagunçado do seu cabelo, já amei cada vez que sua barba estava mal feita (ou não feita), já amei as suas caretas, suas roupas de playboy (mesmo você não sendo um), já amei as suas danças desengonçadas, já amei até o seu jeito esfomeado de comer. Sempre tive vergonha de admitir isso, mas é isso, houve um dia em que eu realmente te amei.

Acho que justamente por isso, que tenho nutrido esse sentimento tão bom que tenho por você. Uma mistura de carinho e respeito sabe? Um sentimento bom de saber que tenho do meu lado uma pessoa que me conhece, muitas vezes, até melhor do que eu.

Fico feliz em ter percebido que às vezes, para ser “feliz para sempre” com alguém, essa pessoa não precisa ser muito mais que um amigo. Hoje, fico feliz em te enxergar dessa forma. Fico feliz em saber que posso carregar todos os melhores sentimentos e afetos por você, pois sei que há reciprocidade. Reciprocidade que foi transformada em algo bom para nossa história. Bom para os dois.

No fundo eu acho que é isso mesmo, sermos amigos… Os melhores que poderíamos ser um para o outro. Cuidando, respeitando, se divertindo… Estando sempre, um pelo outro. O futuro é incerto, e do amanhã nada sabemos… Mas hoje, eu só quero chegar à minha casa, pegar meu telefone, ligar para te contar sobre uma discussão que tive no trabalho, e saber que vou ter a sua voz do outro lado da linha, dando conselhos bem ruins (porque você não tem o dom de saber o que dizer), e me contando sobre o quanto seu novo cachorrinho comeu do tapete da sua mãe.

Hoje, sei que escolhemos a melhor opção, e por hoje quero te manter sempre por perto. Hoje quero ser sua amiga e te ter como o melhor amigo possível. Hoje, nossos planos estão indo na mesma direção e tenho permitido que pudessem seguir esse caminho juntos, e por hoje vou deixar com que nossa amizade seja maior que tudo de mal que já vivemos. Amanhã é outro dia, e nele, saberemos como proceder, mas hoje, quero dormir com a cabeça tranquila, e saber que não preciso me preocupar se acordarei chorando, pois sei que você não vai me dar motivos para isso.

Hoje estou em paz, estamos em paz, e é isso que importa. Se amanhã tudo virar tormenta, nós saberemos para que lado levar nosso barco. Saberemos como remar… Mas hoje, eu só quero continuar em paz, sem pensar muito. Só quero deixar o barco me levar para onde o vento quer me levar. Sem sentimentos ruins, sem ressentimentos. Eu só quero dormir em paz.
Enviado por Diandra Ferracini
Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: