Me peguei pensando em você, quando tinha você | Me Apaixonei

Me peguei pensando em você, quando tinha você

1854
0
Compartilhe:

Hoje me peguei pensando em você, comecei a lembrar de quando nossos planos começaram a desaparecer da nossa rotina. Até hoje não entendo bem o que aconteceu, o porquê de toda a nossa história desaparecer como um simples passo de mágica. Me lembro bem, das conversas debaixo daquela árvore, dentro do carro, como se fosse a última tentativa de nos acertamos. Lembro do seu sussurro dizendo: não deixe eu te esquecer, mas já era tarde, você já tinha se decidido a me deixar e caminhar sozinha.

Tentei fazer alguns planos com você na próxima semana, de ir ao cinema assistir seu filme preferido lembra? Mas você estava cansada para ir, tudo bem, eu entendo. O seu cansaço não era físico, era emocional. Passamos por tantas coisas que ainda tento entender como fomos fortes, não foi? Não é fácil duas pessoas nadarem contra a maré do amor, onde pouquíssimas pessoas torciam pela nossa felicidade, e tantas outras diziam que se fossem a gente já teriam desistido.

E ainda estávamos namorando quando numa quarta-feira à noite você desligou seu telefone dizendo que ia dormir, e ali eu comecei a sentir você se despedindo. Pedi pra você não me abandonar, que eu iria mudar, que eu iria ser diferente, mas o problema é que você já não mais acreditava em mim, e principalmente em nós. Eu ainda tinha um pontinho de esperança, sabe? Achei que seria mais uma vez em que após algumas horas iria olhar pra você e dizer: estamos bem né? Não, isso nunca aconteceu.

Aquela noite ainda consegui dormir pensando que no outro dia você mudaria de ideia e gostaria de conversar. Sim, você quis conversar realmente, mas não para pegar na minha mão, e sim deixa-la naquele momento. Acabou, não dá mais. Não foi por falta de amor, mas realmente acabou. Como assim? Como? E aí você se foi, deixando para trás um emaranhado de sensações que ainda tento decifrar.

O tempo foi passando e a certeza que nossos planos, nossos sonhos, nossa futura casa, nossos filhos, nossos cachorros, nossas realizações tinham ficado para trás. Ah garota, se alguém tivesse me dito que seria tão difícil talvez eu não teria acreditado. Mas aí, eu acordei, e percebi que não adianta tentar quando o outro não quer, e que isso me matava aos poucos. Cada mensagem ignorada, cada ligação não atendida, cada tentativa falida de te achar nas redes sociais foram me fazendo entender que eu não merecia mais aquilo.

Não, não estava mais ao meu alcance. Eu sempre escutei que quando amamos alguém precisamos torcer pela felicidade dela, mesmo que não seja ao nosso lado. E sim, eu não te desejo mal algum. Quero e ainda torço para que você realize seus sonhos, seu carro novo, seu escritório e tantos outros que ajudei a construir.

Não me arrependo de ter me entregado a você e ter esquecido de mim. Não me arrependo em dizer para alguém que você foi a pessoa que eu mais amei na vida, e que talvez eu nunca vou conseguir apagar das minhas lembranças as coisas boas que passamos. Ah, e hoje eu consigo entender o porquê de você não ter acreditado nas minhas promessas de mudar, não tinha o que mudar, não tinha o que eu fazer, porque um relacionamento é feito de duas pessoas, de duas histórias, de medos e anseios diferentes, e naquele momento você decidiu que isso não existia mais, seguindo seus instintos.

Aprendi a caminhar sozinho, a não depender de ninguém mais para ser feliz, e deixar as coisas acontecerem naturalmente. Claro, os lugares que fomos, as cidades que conhecemos juntos ainda permanecem em mim, e sim, sempre irão permanecer. É incrível como amadurecemos quando sofremos, quanto aprendemos com nossos erros.

Lembra que você achava que eu nunca iria ser realmente eu? Que você achava que eu nunca poderia ser realmente livre? Pois é, hoje eu sou. E você não está aqui para acompanhar isso. Nos reencontramos algumas vezes, né? Ah, bobagem do coração, da saudade que achávamos que ainda era amor. Ou realmente ainda era, mas mesmo sendo amor não podia ser vivido. Não sei se acredito naquelas histórias de filmes que casais se reencontram anos depois e voltam a serem felizes juntos.

A vida nem sempre segue o roteiro, sonhos são interrompidos, planos mudam. A você, o que eu sempre disse: Você foi um dos capítulos mais bonito da minha história, e você permanece lá, no passado. Saiba que ainda rezo por ti, como sempre fiz em todo o nosso relacionamento, e te desejo que seja eternamente feliz.

Abraços, de quem um dia foi seu.

Enviado por Juninho Scaliante

Você escreve? Envie seu texto clicando aqui

Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: