Isso que aconteceu quando eu decidi não esconder mais minha ansiedade | Me Apaixonei

Isso que aconteceu quando eu decidi não esconder mais minha ansiedade

1082
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Se você vive com a ansiedade, tenho certeza de que houve dias em que você acabou de acordar sentindo-se horrível – dias em que assim que seus olhos se abriram e você voltou ao seu corpo, você sentiu como se tudo o que você passou voltasse à tona. Você sabe que a ansiedade não será gentil com você hoje.

Eu tive um desses dias recentemente. Por sorte, nesse dia eu pude ficar o dia todo na cama, mas a noite eu tinha marcado de sair com meu namorado e posso te afirmar que não foi uma boa ideia.

Um dos piores sintomas da ansiedade é a tontura. Eu tenho isso constantemente, mesmo quando eu não me sinto ansiosa. Comecei a ficar tonta quando estava saindo de casa, mas lutei contra isso e cumpri com o compromisso que tinha marcado com meu namorado. Eu me sinto segura com ele; Ele também tem lutado contra a ansiedade, por isso é muito simpático e compreensivo comigo.

Normalmente, quando estou com crise de ansiedade, eu procuro ficar quieta. Eu escondo isso, procuro não falar com ninguém, até com medo de incomodar quem está do meu lado. Mas desta vez eu não consegui. Eu precisa me deitar. Eu precisava me desligar até que essa crise passasse. Eu estava no limite de um ataque de pânico e estava aterrorizada.

Eu estava no banheiro no momento em que eu decidi isso, deitada no chão em posição fetal e completamente desesperada. Eu me levantei e voltei para a sala com meu namorado e disse-lhe que eu iria deitar na cama um pouco. Ele me olhou com preocupação e disse que viria comigo. Então, nos dirigimos ao seu quarto e nos deitamos juntos na cama. Me aconcheguei nos lençóis enquanto ele me abraçava. Eu disse a ele o que estava errado – que eu passei o dia inteiro com tontura e que tinha acabado de ter uma crise no banheiro.

Foi então que eu me peguei desmanchando em lágrimas. Eu raramente chego ao ponto em que eu sento e choro devido à minha ansiedade… eu fico brava e frustrada, mas chorar não é comum. Eu deitei e chorei por um bom tempo, e meu namorado ficou ali comigo, conversando e me confortando. Ele foi importante pra mim naquele momento. Senti o estresse e a tensão se desmancharem.

Pessoalmente, ter alguém ali comigo que realmente sabia como eu estava me sentindo, e que poderia me dizer que eu estava segura, era totalmente refrescante.

Dormi, e depois de 30 minutos, acordei me sentindo muito melhor. Era difícil acreditar que em menos de uma hora antes, eu estava me desfazendo em lágrimas. Eu realmente estava orgulhosa de mim mesma por não deixar isso acontecer, mas também por ser capaz de ser honesta sobre como eu estava me sentindo. Passamos o resto da noite na sala assistindo um filme de comédia e rindo bastante.

A razão pela qual escrevo isso é porque eu sei, independentemente da ansiedade que você tenha, dias como este – momentos como este – acontecem. Dias em que tudo é demais e você só precisa tirar a máscara.

Uma coisa importante para aprender com dias como este é: não importa como e quando, ele sempre passa. Lembre-se sempre disso.

Veja também:

As palavras sufocantes de uma mulher com ansiedade para seu marido

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: