Estou aprendendo lentamente que não podemos ensinar as pessoas a nos amarem | Me Apaixonei

Estou aprendendo lentamente que não podemos ensinar as pessoas a nos amarem

49
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Foto: https://unsplash.com/photos/tJxi9o4voWI

Conheço a composição da sua alma, querido leitor. Eu sei que você é do tipo de pessoa que tem o coração mole. Eu sei que você é a personificação viva da bondade e compaixão.

Eu sei disso porque pessoas de qualidades compartilhadas reconhecem esses componentes umas nas outras. Uma tribo conhece outra tribo.

Eu vejo a suavidade brilhando em sua aura. Mas também posso ver outro aspecto da sua alma, os custos de ser tão gentil e amoroso; Eu vejo as ramificações deixadas por outros. Eu posso ver as cicatrizes de mágoas e decepções.

Essas cicatrizes em sua alma revelam uma lição fundamental. Você não pode ensinar as pessoas a te amarem. Você não pode ensiná-las a retribuírem a mesma bondade que você compartilha com o mundo. Você não pode ensiná-las a se importarem quando tudo que elas sabem é olhar para o próprio umbigo.

Caro leitor, você deve saber que tem o coração enorme. Você é minoria neste mundo. Você abnegadamente dá e dá. Você, na imensa maioria das vezes, abre mão de seu próprio bem-estar para os outros.

VEJA TAMBÉM: MEDO DE SER FELIZ E A AUTOSSABOTAGEM

Você compartilha incansavelmente porque é nisso que você acredita de todo o coração. Seu lema é “como posso ajudar?” Mesmo quando você não tem mais nada para oferecer.

Mas você aprendeu com a experiência — e com os aproveitadores — os custos de ter um grande coração.

Infelizmente, o mundo está lotado de aproveitadores. Essa raças egoísta é especialista em exploração. Não há um pingo de sinceridade em suas ações.

Tudo o que sabem são ações dirigidas por narcisistas. Eles são auto-envolvidos e auto-interessados. Eles são mestres do engano e deflexão.

Caro leitor, reserve um minuto e lembre-se desta lição: Você não pode ensinar as pessoas a te amarem. Você não pode ensinar nada às pessoas, na verdade.

VEJA TAMBÉM: CANSEI DE SER UMA VERSÃO RESUMIDA DE MIM MESMO

Você só pode deixá-las aprender por si mesmas. Você também não é responsável pelo aprendizado delas. Você pode guiá-las.

Você pode compartilhar com elas mas, por mais que suas intenções sejam as melhores, tudo tem limites.

Caro leitor, sua bondade é inestimável, e é hora de você tratá-la e também a si mesmo como o seu bem mais precioso.

Continue a amar, continue a evocar ternura no mundo, mas, mais do que tudo, lembre-se de ser seletivo com seus destinatários.

VEJA TAMBÉM:

5 razões pelas quais você precisa parar de tentar agradar todo mundo

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: