Adeus ano velho

Compartilhe:
Compartilhe esse post:

https://unsplash.com/photos/QJ1j4HOdNtI

2020 está se despedindo e tô aqui lembrando de todos os rituais feitos ao longo da minha história nas viradas de ano, pra manter o entusiasmo e a esperança de que os próximos 365 dias seriam os melhores da minha vida.

Este foi um ano tão louco, tão turbulento, mas de tanto aprendizado que olho pra trás e só consigo sentir gratidão.

Gratidão por estar viva, por ter sido “eita em cima de vish”, mas ter sobrevivido, superado, aprendido; hoje consigo rir de muitas coisas vividas e até da minha listinha no final de 2019: Prometi que te esqueceria, (e olha que tentar eu até tentei) mas você não só se tornou mais importante em minha vida, como fez-se um grande confidente e o amor que eu jurei não mais sentir continua aqui dentro, e é pra você que eu ligo quando dói, e é a você que peço opinião quando tenho que fazer alguma coisa importante ou corriqueira, é você quem continua tornando minha missão na terra mais poética e eu não poderia deixar de citá-lo nesse texto.

VEJA TAMBÉM:

Enfim, foram muitas promessas não cumpridas, não dá pra enumerá-las, ficaria aqui até ano que vem (rs), mas o que aprendi com o não cumprimento das mesmas, foi motivo de expansão espiritual e auto conhecimento.

Hoje eu sei que não preciso dar conta de tudo, que eu posso tentar o impossível pra esquecer alguém, mas se meu coração decidir o contrário, minha empreitada será em vão; em contrapartida eu posso fazer de tudo pra ter uma boa convivência com determinada pessoa e o melhor caminho, ser o afastamento total; posso jurar que vou fazer uma dieta rigorosa e voltar atrás por conta de simplesmente não dar conta.

VEJA TAMBÉM:

Eu aprendi com esses objetivos que não foram cumpridos, que o segredo da vida está na leveza, na aceitação de que somos imperfeitos, humanos e que não vamos conseguir tudo sempre e que não temos controle sobre nossos sentimentos sempre e que tá tudo bem.

E agora, refletindo sobre isso e sobre minha lista de Réveillon, eu revejo vários conceitos e vejo que ela ficou tão mais fácil de se fazer e tão mais curta, porque pro próximo ano eu só desejo ser feliz, da maneira que der, sem apegos, sem promessas e principalmente sem expectativas.

Então diante de tudo isso, desejo a mim e a você 525.600 minutos plenos.

Que em 2021 tudo comece e termine bem!

Gratidão! Gratiluz! Gratitudo!

Meire Rodrigues

Compartilhe esse post: