A fila anda, mas ver a sua andar, é difícil

A fila anda, mas ver a sua andar, é difícil.

478
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Fonte da Imagem: WeHeartIt

09A fila anda, mas ver a sua andar, é difícil. É egoísmo da minha parte?! Pode parecer que sim, mas é que eu ainda não me preparei. Não sei lidar com a angústia de te encontrar na fila do cinema comendo pipoca com outra pessoa. Ou ir até minha loja predileta – e que é sua também – e te ver comprando um vestido ou uma blusa que seja para pessoa que você está.

Sei lá, te ver dando aquele amor, aquele afeto, aquele carinho, aquele aconchego que um dia foi meu para outra pessoa, me dói. Não que eu não torça pela sua felicidade, porque eu torço sim. Não que eu não quero que você seja amado e ame, porque eu quero sim. Não que eu não queira te ver sorrindo por aí, porque eu quero sim. Mas é que ainda existe um turbilhão de sentimentos aqui por você. E eu queria ser o motivo da sua felicidade. Queria ser amada por você – porque amado por mim você ainda é. E o que mais queria é ver novamente esse sorriso na minha direção.

Queria de volta todos os nossos planos, ser o motivo do seu acordar e ser sua luz quando tudo fosse escuridão. Eu entendo que a gente não deu certo. Eu entendo que fomos um casal conturbado e entendo que existiu amor, mas hoje se arruinou. Acordo todos os dias correndo o risco de te encontrar de mãos dadas por aí, de te ver feliz ao lado de um outro alguém – no qual eu já vi e vou te confessar: dói. 

Hoje não temos mais nada. Só restou ruínas de algo tão forte. Só te peço que não me obrigue a te ver com seu novo motivo de vida, com seu novo par. Eu não faria isso com você. Por favor, respeita as coisas boas que um dia a gente teve. Os bons dias felizes que sorrimos ao imaginar nosso futuro e evita machucar meu coração. Esse coração que ainda é seu e ainda bate forte a cada menção do seu nome. 

Giovanna Sabrine

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: