9 dicas para conviver bem com seu amor durante a QUARENTENA | MeApaixonei.com.br

9 dicas para conviver bem com seu amor durante a QUARENTENA

161
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

https://unsplash.com/photos/EgF7nWCbW8w

Em 24 de março, a quarentena foi decretada no Brasil devido ao COVID-19. Isso significa que teríamos que ficar 24 horas por dia em nossa casa, exceto para as pessoas que tinham permissão para sair pelo trabalho ou para fazer compras.

Esse estado de confinamento não afetou apenas as pessoas no nível individual (estresse, ansiedade, tristeza, desespero…), mas também no nível de família e nos relacionamentos como casal.

Portanto, abaixo, você encontrará algumas recomendações para tornar a coexistência como um casal mais prazerosa!

9 dicas para conviver bem com seu amor durante a QUARENTENA:

1. Respeitem o espaço de cada um

Se há algo necessário agora, é que precisamos ter um espaço só nosso para ficarmos sozinhos em determinados momentos do dia.

Sem dúvida, estar com nossa família faz parte das recomendações para esse confinamento, mas a verdade é que, em muitas ocasiões, precisamos de tempo para nós mesmos.

Portanto, é necessário e saudável que haja momentos do dia em que tenhamos nosso próprio espaço. Isso também nos permite aproveitar mais o tempo que passaremos mais tarde como casal.

2. Tenham uma comunicação saudável

Outro aspecto importante a ser destacado — e não apenas para o confinamento — mas para todos os casais em geral, é ter uma boa comunicação.

Trata-se de expressar ao outro nossas emoções, preocupações e pensamentos, além de ouvir o que a outra pessoa também tem a dizer. Vamos evitar julgar e tentar dar espaço às conversas com fluência e entender a posição do outro.

3. Isso é realmente importante?

Na coexistência em geral, acontece muitas vezes que nos dedicamos a discutir coisas como rotina, limpeza da casa, a toalha jogada em cima da cama, o filho que não dá um tempo etc. É claro que esses são aspectos importantes a serem levados em consideração no dia-a-dia, mas estamos enfrentando uma situação de alarme, confinados, experimentando emoções intensas, e isso pode nos levar a não sentir vontade de lavar a louça na mesma intensidade em que costumávamos fazer isso ou nos fazer esquecer de pegar as roupas no varal porque estamos imersos em um filme que estávamos assistindo.

Portanto, o segredo aqui é priorizar e ver que talvez haja aspectos que não são tão importantes no momento.

Vamos tentar não discutir coisas que não são importantes para a saúde do casal e ver que pode haver outros momentos para isso. Trata-se de tentar ser mais flexível, não que paremos completamente de fazer as coisas que fazíamos antes. Assim que você acabar de assistir seu filme você pega as roupas do varal. Sem pressa!

4. Invista em atividades como casal

Como vamos fazer atividades agradáveis ​​como casal em casa? O mais típico pode ser assistir a um filme juntos, mas vamos além disso.

Prepare um jantar especial para o seu amor, aproveitem a oportunidade para tomar um banho juntos e animar as coisas, colocar uma música para dançar… vocês podem jogar jogos de tabuleiro, conversar sobre uma viagem que gostariam de fazer depois que essa fase passar, etc.

O foco aqui é encontrar momentos positivos entre os dois, além de apenas conviver juntos. Façam coisas que vocês fariam da mesma maneira que se não estivessem confinados, mas procurando uma maneira de fazê-lo em casa.

ESSE POST PODE TE AJUDAR: 34 coisas divertidas e românticas para fazer com seu amor SEM SAIR DE CASA!

5. Exercitem a EMPATIA

Somos pessoas individuais, com nossos pensamentos, emoções e aprendizados individuais, portanto, cada pessoa está vivendo essa situação de maneira muito diferente. É necessário que tentemos entender isso e nos colocar na situação de nosso parceiro também.

Envie seu texto!

Podemos não interpretar a situação de saúde emergencial da mesma maneira, mas tentamos entender o outro e respeitar suas emoções e seus tempos.

Algumas pessoas precisam de mais tempo para se adaptar, outras estão experimentando isso como se tudo fosse o mesmo. Tente simpatizar e respeitar.

6. Bora colocar o sexo em dia!

Há pessoas que, ao passarem mais tempo em casa, estão fazendo mais sexo, mas também existem o contrário. Agora que há mais tempo para isso, procure os momentos em que vocês são mais receptivos, proponha coisas novas, aproveite a oportunidade para se conectar sexualmente com seu amor.

Não há dúvida de que a sexualidade é importante e incentiva emoções positivas no casamento.

Obs: Deve-se notar aqui que é claro que haverá pessoas que durante esta situação estão com emoções de tristeza, ansiedade e obviamente sem desejo de fazer sexo. Vamos lembrar os pontos 2 e 5 (Comunicação e empatia), conversar com nosso parceiro e entender o que ele sente antes de mais nada. Vamos evitar reprovações e respeitar o espaço de cada um.

7. Negociem

Casamento não é um relacionamento em que tenhamos que negociar o tempo todo, mas é verdade que em algumas situações é necessário.

Haverá momentos em que não pensamos o mesmo, embora tentemos ser empáticos, será muito difícil para nós e, portanto, também precisamos ter algum método de negociação que nos ajude a alcançar acordos. Isso não é algo que devemos usar excessivamente, mas é muito útil para determinados momentos.

Lembre-se: tente relativizar se o motivo da discussão é realmente importante. Se for, mas vocês não chegarem a um acordo, tente propor uma posição que se encaixe no gosto dos dois.

8. Mantenha a organização

Já comentamos que talvez não seja o momento de prestar atenção às pequenas coisas que não são feitas e que é melhor tentar relativizar ao invés de brigar por pouca coisa. Mas obviamente, ainda vivemos em um espaço pequeno, onde temos que passar muitas horas juntos em casal.

Portanto, também é importante que administremos uma organização sobre as tarefas domésticas.

Isso facilitará bastante o tempo disponível para outras atividades mais agradáveis ​​e reduzirá as discussões.

9. Discussões

Ok… nós já tentamos dar diretrizes para melhorar a convivência, mas… E o que acontece quando discutimos? Isso é normal, é difícil para nós passar vários dias no mesmo espaço sem ter nenhum tipo de discussão.

A primeira coisa é normalizar isso: as divergências são normais e não precisa de quarentena para que isso aconteça. A segunda coisa a fazer é tentar relaxar dentro da discussão, ou seja, tentar diminuir a emoção da raiva.

Encontre um lugar na casa para ficar sozinho até perceber que sua raiva diminuiu o suficiente e só depois tente se comunicar com seu parceiro novamente. Se você não conseguir concordar, lembre-se do tópico 7 (negociem). Também não devemos esquecer do 3 (isso é realmente importante?).

Considerações finais

Estas são algumas recomendações que lhe propomos. Às vezes isso não basta e o casal está passando por um momento ruim, certamente desde antes da pandemia acontecer e isso foi agravado pela situação. Se este for o seu caso, o aconselhável é buscar ajuda profissional.

VEJA TAMBÉM:

Siga essas 25 regrinhas básicas e SEJA FELIZ EM SUA RELAÇÃO!

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: