13 Pessoas Revelam O Que Tiveram Que Abrir Mão Em Seus Relacionamentos | Me Apaixonei

13 Pessoas Revelam O Que Tiveram Que Abrir Mão Em Seus Relacionamentos

261
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Foto: Unsplash

Em um mundo perfeito, duas pessoas que querem estar juntas não teriam que desistir de qualquer coisa que gostassem ou quisessem para que o relacionamento funcionasse. Mas o mundo não é perfeito, e o abrir mão de alguma coisa no relacionamento é quase sempre necessário e muito mais comuns do que você pensa.

Eu serei o primeiro a dizer que não gosto de desistir das coisas que eu quero ou gosto por outra pessoa. Você pode me culpar, eu não te julgo por isso. Eu sou humano e, como todas as outras pessoas, tendemos a pensar em nós mesmos antes de qualquer outra pessoa. (Sobrevivência do mais forte e tudo mais.)

Mas o que me faz sentir melhor em me comprometer é saber que estamos nos encontrando no meio do caminho. Minha parceira e eu podemos não conseguir exatamente o que queremos, mas temos algo tão bom, com a vantagem adicional de fazer um ao outro feliz.

Embora o compromisso seja incrivelmente importante nos relacionamentos, é importante não confundi-lo com sacrifício. Com compromisso, ambas as partes estão admitindo coisas que querem para o bem maior do relacionamento.

Sacrifício, por outro lado, é quando uma pessoa está desistindo completamente de algo; Não há meio termo.

Infelizmente, às vezes temos que abrir mão por coisas que não queremos abrir mão. E não me refiro a assistir Friends quando na verdade você queria mesma é assistir Vikings. Quero dizer grandes compromissos, como onde você mora, o que você faz para viver, como administra seu dinheiro… toda a sua vida, essencialmente. Esses compromissos não são divertidos, mas às vezes são necessários e as pessoas os fazem todos os dias.

Para ter mais uma ideia das concessões que as pessoas fizeram para seus relacionamentos, o que eles realmente nunca quiseram fazer, aqui estão alguns relatos de pessoas não tão felizes em seus relacionamentos:

“Eu doei quase tudo o que tinha e mudei de Fortaleza para São Paulo com apenas duas malas, R$ 2.000,00 e desempregada. Foi realmente aterrorizante, é difícil acreditar que fiz isso.”

Mudança:

Ágatha C. B.


“Eu decidi trancar minha faculdade de Direito para me mudar para a cidade dela. Chegando lá, como estava desempregado e não tinha dinheiro para nada a situação foi se complicando. No fim a gente se desentendeu e terminamos nosso relacionamento.”

Breno Pereira Barbosa


“Eu desisti da ideia de terminar minha graduação na universidade em que comecei porque no segundo em que ele recebeu uma oferta de emprego fora do estado/país, nos mudamos daqui. Foi bom, mas hoje tenho que lidar com as consequências de não ter uma graduação.”

Ana P. G.


“Eu o sigo em seu trabalho. Seu trabalho é muito mais específico, enquanto o meu é muito mais flexível. Eu me sinto um pouco chateada com isso porque isso significa que eu não posso ir a qualquer lugar que eu queira, eu não posso trilhar alguns caminhos de carreira que podem ser específicos de minha área. Como eu queria ser uma escritora de tecnologia para padrões de costura da Vogue. Nós decidimos que a longa distância não é realmente para nenhum de nós. Com toda a honestidade, estou bem com esta decisão, mas é decepcionante saber que certas coisas estão bloqueadas para mim para sempre. É como se lhe dissessem que você pode ter uma torta, mas você não pode ter torta e sorvete, sabe?”

Melissa Cavalcanti Pinto


“Eu me mudei para 1 hora de distância da minha família e amigos quando o nosso filho nasceu para que ele pudesse ter uma infância mais fácil e um trajeto simples para a escola. Desta vez, no ano que vem, estaremos nos mudando a 1000 quilômetros de distância de todos que eu conheço. Estou animado para uma aventura, mas… caramba, isso é assustador! Eu me preocupo com algo acontecendo com meus avós quando estou tão longe e não conseguir chegar em casa a tempo de dizer adeus.”

Victor Ferreira Rocha

 

Horários diferentes de dormir:

“Nós temos horários de trabalho muito diferentes, e eu gosto muito de sair, mesmo que eu tenha que ficar acordada até as duas da madrugada por algumas noites por semana. Já ele gosta de dormir cedo porque no outro dia tem que trabalhar. Temos que balancear isso.”

Vitória Cardoso Souza


“Tenho que abrir mão de dormir cedo porque eu poderia alegremente ir para a cama às 21 (ou 20h ..), mas ele prefere ficar acordado até depois da meia-noite. Mas eu amo morar com ele então um pouco de cansaço às vezes vale a pena…”

Laís Andrade

Sexo:

“Tenho que ser muito mais comprometida em fazer sexo devido a ele ser inexperiente.”

Sarah Santos


“Eu gostaria de nunca ter deixado ela quebrar minhas regras sobre meu corpo…”

Denis Iaci


“Eu não consigo ter um relacionamento romântico sem uma vida sexual intensiva.”

Kai Goncalves Dias


“Eu fiz uma exceção para uma virgem. Acontece que a razão pela qual ela era virgem era baixa libido, muito baixa para manter um relacionamento comigo.”

Rafael P.

“Acabamos nos machucando muito pior do que se eu não tivesse esperado que ela estivesse pronta.”

Carlos F.

Religião:

“A família dele é super religiosa. Bem, o lado da mãe dele. Eu realmente tenho que lutar para manter minha boca fechada e não incomodar ninguém, mas eu faço isso por ele, porque eu o amo.”

Bruna Azevedo


“Ter que ir para a igreja todo domingo… droga, como eu odeio isso.”

Alison Cunha

Coisas que alguns abriram mão para as pessoas que amavam:

“Parei de fazer Jiu Jitsu, que era o esporte que eu mais amava no mundo porque ela odiava a ideia de que eu poderia me machucar. Hoje me arrependo por ainda estar na faixa branca…”

Vinícius Lima

Veja também:

5 Coisas Que Você Absolutamente Deve Saber Antes De Morar Junto Com Alguém

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: