Você sabe o que é melasma? Veja se você tem chance de ter e quais os tratamentos – MeApaixonei.com.br

Você sabe o que é melasma? Veja se você tem chance de ter e quais os tratamentos

1087
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

voce-sabe-o-que-e-melasma-veja-se-voce-tem-chance-de-ter

O melasma é uma condição dermatológica que afeta principalmente mulheres em idade fértil, com peles mais morenas e de países de climas quentes. São manchinhas escuras ou “mais acastanhadas” da pele que aparecem, principalmente, nas maçãs do rosto, testa, nariz, lábio superior e na lateral dos braços e colo.

O que causa as manchas?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, não há uma causa específica para o problema. Porém, muitas vezes, a condição está relacionada ao uso de anticoncepcionais femininos, à gravidez e, com certeza, principalmente à exposição solar.

“No melasma, acontece um estímulo das células que produzem a melanina na pele, no qual trabalham demais produzindo o pigmento. Também se sabe que a predisposição genética e o histórico familiar influenciam no surgimento das manchas”, explica a farmacêutica Luisa Saldanha, diretora técnica da Pharmapele. Doenças da tireoide também podem estar relacionadas à dermatose.

Envie seu texto!

Quais os tratamentos para melasma?

Essa é uma condição crônica que, apesar de não ter cura, o uso de dermocosméticos, procedimentos dermatológicos, ou a junção dos dois, podem promover controle e melhora significativa das manchas. Somente uma consulta clínica dermatológica pode indicar o diagnóstico e o tratamento adequado da condição crônica.

voce-sabe-o-que-e-melasma-veja-se-voce-tem-chance-de-ter1

Muitos cremes – para uso tópico – manipulados ou industrializados contêm ingredientes que são indicados para o controle do problema. “Desde ácidos mais agressivos como retinóico e glicólico até ativos como o ácido kójico e antioxidantes como o ácido ferúlico e o ascórbico – a famosa Vitamina C”, explica a profissional.

VIX

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: