Você me tem (uma carta para o homem da minha vida) | Me Apaixonei

Você me tem (uma carta para o homem da minha vida)

2793
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Olhei pra você como se fosse a primeira vez que estávamos nos vendo. Devia ser a centésima – ou até mais -, mas eu ainda sentia tanta coisa transbordando no peito como se nós parássemos no tempo. Mexi no teu cabelo como quem não quer nada, e observei teu jeito meio menino, meio homem, enquanto assistia qualquer coisa no celular. Tão meu, pensei comigo. Tão lindo.

Lembrei do nosso primeiro beijo, do friozinho na barriga e de todas aquelas sensações lá do comecinho. Pensei no teu carinho comigo, como olha pra mim como se eu fosse a pessoa mais frágil do mundo e como tu se comprometeu em sempre cuidar de mim. E cuida. Cuida da minha vida como se fosse tua, porque de certa forma, ela é. A gente se tem. E eu amo saber disso.

Talvez você não saiba, mas de vez em quando eu te olho sem você notar e penso em como sou sortuda por te ter ao meu lado. Eu sorrio com os olhos e olho pros teus, pensando no que eles já viram e em quantas histórias já compartilhamos juntos. Quantos planos, quantos sonhos. E é incrível saber que eu faço parte de todos os teus sonhos também.

Você me tem. Cada pedacinho de mim, também é teu. Os sorrisos que eu dou são as causas e consequências dos teus. Cada abraço que faz meu mundo vibrar de felicidade faz parte dos milhares de motivos que tu me dá pra ser feliz todos os dias. E cada dia que se passa, você se faz mais presente aqui dentro.

Agora a gente faz parte dos clichês. Mesmo sem querer, você entrou na minha vida de uma forma que nem eu mesma esperava. Me fez ver o mundo de outra forma. Me fez ver que mesmo nos dias cinzas, eu posso colorir o céu da cor que eu quiser. Me fez ver o quão linda a vida é quando compartilhada com alguém que a gente ama. Até ver um filme em uma tarde chuvosa de domingo pode se tornar o melhor dia do mundo quando você está nele.

Dizem que quando o tempo passa, o sentimento se acalma. A chama apaga. Eu não acho isso. Acho que quando o tempo passa, temos ainda mais motivos para confiar um no outro. Temos mais histórias compartilhadas. Mais vontade de ser mais, de estarmos presentes um pelo outro. O amor cresce. O sentimento aumenta. É um carrossel de sentimentos, e é bom saber que estamos junto nessa.

Afinal, você me tem. E eu te tenho. Aqui dentro do peito, fora dele, e onde você quiser. Aqui em casa, na sua, na nossa. No mundo todinho, e no nosso mundo também.

Mariana Menezes

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: