Um dia a tua história será desenhada | Me Apaixonei

Um dia a tua história será desenhada

969
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Sabe aquele rapaz que você viu na rua? Ele não é o teu príncipe. Sabe por quê? Porque a vida real não são contos de fadas. Você não pode esperar que irá se apaixonar por um cara que vai virar a esquina e vai se esbarrar em você como um acidente totalmente apaixonante. Vocês não vão viver grandes histórias juntos nem ter um final feliz para sempre.

Também não estou dizendo que você não vai encontrar o amor pelo qual você anseia, só estou te avisando de que não vai ser previsível.

Porque o amor é repentino. Aparece e desaparece sem darmos conta. E tentar controlar o amor é como fazer um pássaro parar de voar. O amor, quando é amor de verdade, é insaciável e inexplicável. Porque o amor não é falado, é sentido e é tão bom quando vem para ficar…

COMO DIZ O POETA: “AMOR É FOGO QUE ARDE SEM SE VER”…

Nunca fui de mostrar muito os meus sentimentos. Sou muito emotiva, de maneira que, a fragilidade é algo que me assusta.

Tenho medo de me apaixonar. Tenho medo de abrir o meu coração e de deixar voar os meus sentimentos. Costuma-se dizer que os olhos são o espelho da alma. Por essa razão, quando olhas para mim, desvio o olhar. Tenho medo que consigas ler nos meus olhos aquilo que a minha boca não é capaz de dizer.

Mas quando você se dá por ti, lá está você com aquele nervosismo que tanto tenta esconder, mas que não é capaz pois o que ele causa em ti é forte demais para omitir.

Aquele sorrisinho estúpido que você tem na cara quando ele aparece é muito evidente. Aquelas borboletas que você sente na barriga quando ele se aproxima de ti são tão perceptíveis…

VEJA TAMBÉM: ESSE AMOR É REAL SIM…

É indiscutível e desnecessário negar o que sente por ele quando todos os fatores estão à vista, então se fazer de forte para que o medo de ouvir um “não” acabe, e mesmo assim o teu interior quer sair para fora e gritar bem alto aquilo que você sente quando o vê.

E no final das contas, você e a tua insegurança ficam mais uma vez sós, e quando você vai dormir se lembras de tudo o que se passou e se corrói por dentro pelo fato de não ter sido capaz de dizer aquela tal palavra.

AINDA HOJE NÃO A CONSIGO VERBALIZAR.

Porque eu… Eu não amo facilmente. As pessoas frequentemente confundem amor com paixão. Não é triste? Não saber nem imaginar que existe algo maior, algo com o poder de nos preencher a alma. As pessoas estão muito desesperadas para encontrar o amor.

Tem tanta pressa, tanta vontade que, quando o encontram, nem sequer o chegam a sentir. E coitadas, satisfazem-se com o que não é suficiente, com o que não basta, com o “quase”. As pessoas contentam-se. Contentam-se com o que pode ser mais, com o piloto automático, com o “perto o suficiente”.

Eu… Eu não amo facilmente, mas se te amar…fique sabendo que não é passageiro nem ligeiro. Quando amo, amo por inteiro; quando amo, não deixo de amar.

Mara Pires

VEJA TAMBÉM:

O amor não acaba, nós é que mudamos

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: