Será que devo voltar com meu(a) ex? Veja 7 fatores que te ajudarão na decisão! | Me Apaixonei

Será que devo voltar com meu(a) ex? Veja 7 fatores que te ajudarão na decisão!

29881
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Se você já passou por essa situação, de ter terminado com alguém que você ama, então certamente você entenderá o quão difícil o período após a separação pode ser. Primeiro você tem que lidar com a dor interior que vem com a falta de seu parceiro e as coisas que vocês faziam juntos.

Quando essa dor aumenta, você começa a pensar se a decisão que vocês tomaram de terminar estava correta, ainda mais se a decisão partiu de você. “Será que essa era a decisão certa para se tomar ou eu estava confuso(a) demais?” “Estou melhor agora do que com ele(a)?” E talvez até mesmo… “Devo voltar com o(a) meu(minha) ex?”

Para você que quer saber se voltar com seu(sua) ex é uma boa ideia ou não, eu trago uma lista com 7 fatores a serem considerados:

1- Qual o motivo da separação?

Por que vocês dois se separaram? Quão grave foi a causa da separação? Os casais se separam por muitos tipos de razões, algumas mais graves do que outras. Existem algumas razões que são fáceis de perdoar, como um aniversário de namoro esquecido, ou algo pessoal entre vocês, e se a sua separação foi causada por algo menor, então vocês têm uma boa chance de voltarem a ser felizes juntos outra vez.

Mas, também há razões que podem ser muito graves para superar – como por exemplo uma traição. Se esse for o caso, é melhor esquecê-lo(a) e seguir em frente.

2- Por quanto tempo vocês dois estiveram separados?

O tempo cura muitas coisas, e me desculpa a redundância mas quanto mais tempo vocês estiverem separados, mais tempo o tempo vai ter de curar a dor da separação. Assim, quanto mais tempo vocês permanecem separados, menor será a chance de voltar a se juntar.

3- Como as coisas terminaram entre vocês?

Você terminaram como? Os dois se sentaram e decidiram o que era melhor a se fazer? Ou foi uma quebra desordenada cheia de insultos e agressões?! A maneira pela qual vocês dois terminaram afetará significativamente as chances de voltarem a se juntar. De um modo geral, quanto mais amigável foi o término de vocês, mais chances terão de voltarem a ser felizes!

4- Quais foram suas ações após a separação?

Algumas pessoas são afetadas profundamente pelas coisas que seus ex-parceiros fazem depois que eles terminam – às vezes, ainda mais do que antes do término. Coisas como entrar em um novo relacionamento, mesmo que por um período breve, poderiam arruinar as chances de voltar a se juntar.

5- Quão profundamente vocês estavam envolvidos?

Qual foi o nível de envolvimento entre vocês? Quanto mais profundamente vocês estiveram envolvidos, mais provável é que volte a funcionar caso vocês decidam voltar. Por exemplo, os parceiros que possuem filhos têm 2x mais chances de voltar a estar juntos depois de uma separação em comparação com casais sem filhos.

6- Apego emocional

Como vocês se sentem quando estão juntos? Vocês ainda sentem o desejo de se tocarem, de se acariciarem, de se beijarem? Se ainda há uma chama de amor que queima entre vocês, então ainda há uma grande chance de vocês voltarem a ficar juntos!

7- Vocês são capazes de se perdoarem?

Se mesmo depois de uma discussão vocês são capazes de voltarem a conversar normalmente, então este é um passo muito positivo para que os dois se recuperem.

O término nunca é fácil, mesmo se você foi a pessoa que tomou a decisão. Um período de ajustes é muito bom para o relacionamento, especialmente se vocês estiveram juntos por muito tempo.

Se vocês decidirem voltar…

Não exerça pressão sobre si mesmo(a) e sobre a outra pessoa. Deixe que as coisas voltem a fluir normalmente e naturalmente. Aprenda com os erros do passado e faça com que agora seu relacionamento seja diferente pra melhor. Tenha a consciência de que os problemas ainda existirão, mas a experiência que você tem agora te dará uma maior chance de sucesso! Boa sorte pra vocês dois! 🙂

Separamos mais alguns posts que serão interessantes na sua tomada de decisão:

 

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: