Saudade se fez dolorida | Me Apaixonei

Saudade se fez dolorida

485
0
Compartilhe:

Hoje o dia foi meio monótono, meio preguiçoso. Eu mesma não fiz nada de relevante, algo que eu pudesse te contar agora, de noite. Mas, preciso te dizer que tem uma dorzinha me incomodando aqui dentro.

Não sei exatamente se já senti isso antes, e se senti, não me lembrava de ser assim. Entrei no chuveiro pra ver se, junto com a espuma do sabonete e com o suor grudado no meu corpo, a água levasse a preguiça e isso que eu sentia.

Não levou. Porém, eu sei que disfarçou as gotas salgadas que escorreram pelo meu rosto quando eu fiquei totalmente debaixo da enxurrada. A dor apertou. Eu apertei meu corpo tentando sufocá-la, já que meu banho não a afogou. Não consegui.

Minha consciência de que água não deve ser gastada, e que a conta virá alta no fim do mês, não me deixou ficar ali. Respirei fundo, enxuguei o corpo e me demorei um pouco mais no rosto na tentativa de bloquear a passagem de mais lágrimas.

Coloquei meu pijama, deitei na minha cama, peguei o celular e olhei nossa foto. De acordo com o meu álbum de fotos digital, já faz semanas que não te vejo. Meu nariz sente falta do seu cheiro, meu riso sente falta do seu sorriso, meu colo do teu abraço… Me acostumei com você aqui. Me acostumei a esperar o fim de semana chegar, com ansiedade parecida com a que eu espero o ônibus em que estou chegando na rodoviária da sua cidade, ou o seu carro virar a esquina da minha rua.

É isso que tá doendo. No lugar que se ausenta a ansiedade de ter ver, se faz presente a saudade de te abraçar.

Janaina Toledo

Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: