Não há nada de errado no fim de um relacionamento (e não há nada de errado em sofrer) | Me Apaixonei

Não há nada de errado no fim de um relacionamento (e não há nada de errado em sofrer)

444
0
Compartilhe:

Relacionamentos acabam o tempo todo ao redor do mundo, e não há nada de errado com isso. Claro, é sempre ruim perder uma pessoa que gostamos, ou amamos, mas a vida precisa continuar. É melhor focar nos pontos positivos, nas lembranças boas, do que tentar achar motivos para o fim possivelmente precoce.

Lembre sim das brigas, mas não foque nelas. Pense no porquê ocorreu e no que aprendeu com tudo aquilo. Lembre de cada lágrima derramada, pense nos erros cometidos para que não voltem a se repetir em um futuro próximo.

Cada relacionamento é um ensinamento, resta saber o que fazemos com cada lição que aprendemos ao longo dos anos. Alguns usam para evoluir, crescer. Enquanto outros utilizam como âncoras, se afundando cada vez mais em um mar de desgosto, tentando procurar justificativas para fatos injustificáveis.

Dói sim. Não há nada de errado em sofrer por um rompimento. Chore, assista um filme triste, ouça uma música depressiva, aproveite o seu momento na bad. Mas precisamos sempre seguir em frente. Não estraguemos as memórias boas que foram criadas.

A vida acontece e isso é algo que precisamos manter em mente. É natural pensar no futuro, mas precisamos viver um dia de cada vez, fazendo o melhor a cada segundo, eternizando cada momento. Muitas das vezes um relacionamento não acaba por problemas, mas por diversos outros fatores que podem influenciar a vida de uma pessoa. E está tudo bem.

Não existe cartilha para superar momentos ruins, mas o certo é que precisamos superá-los, sacudir a poeira e dar a volta por cima. Lembre com carinho do seu passado, viva intensamente o presente e sonhe com o futuro.

Henrique Schmidt

Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: