Mesmo usando a palavra "amiga", o que ele sentia era amor | MeApaixonei.com.br

Mesmo usando a palavra “amiga”, o que ele sentia era amor

778
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Sobre a luz violeta do entardecer ele sabia que não era perfeito. Sabia que para a garota que amava jamais seria um Superman, apenas um Clark Kent desajeitado. Os óculos pretos e quadrados ajudavam na composição, assim como a dificuldade de dizer duas palavras sem escorregar sobre elas.

Ele sabia que a amizade era a maior idealização que poderia ter. É melhor serem amigos do que nada, certo? Apenas olhar para ela todos os dias já era o suficiente para ele. Apenas ver seu sorriso, mesmo que fosse para qualquer coisa do universo, era mais do que suficiente.

Apenas ouvir sua voz quando tudo era apenas um eco era mais do que suficiente.

Tudo que ele poderia ter agora.

Ele não sabia cantar, mas colecionava fitas demo com toques de violão de notas que ele compunha para lembrar-se dela. Mesmo sendo péssimo em textos longos, escrevia pequenos poemas para recordar o que sentia por ela naquele verão.

Sim, ele estava apaixonado, mesmo que os lábios pronunciassem em um suspiro a palavra “amiga”.

Ele, às vezes, pensava em entregar tudo que sentia. Entregar as fitas numa caixinha feita a mão e um buque de rosas, mesmo aquilo parecendo tão incrivelmente cafona. Queria esbarrar em seus dedos de proposito e sentir ela agarrando com segurança. Chorar uma poesia em seus cabelos, conquanto sua consciência negasse essa ação.

VEJA TAMBÉM: 5 COISAS SOBRE SEU RELACIONAMENTO QUE VOCÊ NÃO DEVE COMPARTILHAR COM NINGUÉM

Envie seu texto!

Ele não poderia.

Não perguntava sobre suas paixões e garotos, pois temia as respostas. E se ela amasse outra pessoa? Seu peito seria destroçado…

Eram apenas amigos.

Ele se afogava com seus sentimentos. Afogava em suas palavras. Afogava em seu sorriso. Mas tinha medo de perdê-lo para sempre. Medo que confessar os seus sentimentos poderia matar aquilo que tinham sua proximidade.

Sua amizade.

Então ele permanecia. Sentado ao seu lado no ônibus, observando-a enquanto atravessava a rua, conversando e rindo junto com amigas que pareciam sem vida quando ela estava ali. Escrevendo poemas que ela jamais leria. Esperando, esperando que um dia ela perceberia o que estava em seu coração… Que um dia ela sentisse o que ele sentia por ela.

Enquanto isso, ainda usava a palavra amiga, mesmo que o que sentia fosse amor.

Vanessa Silvana

VEJA TAMBÉM:

130+ perguntas ÍNTIMAS para fazer ao seu namorado

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: