Desapegar não é fácil, mas as vezes é preciso | Me Apaixonei

Desapegar não é fácil, mas as vezes é preciso

2285
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Hoje foi um dia atípico. Resolvi mudar as coisas de lugar. Não na casa, tenho preguiça de fazer bagunça e arrumar tudo novamente. Mas na vida.

Muita coisa entulhada em meus pensamentos, sentimentos bagunçados e uma desordem fora de série em meu coração. E a culpa disso tudo é sua. Sua porque me causou um desalinho sem que eu menos esperasse, porque foi embora e não me deu prévias explicações, porque jurou amor eterno quando na verdade se veste de amores momentâneos.

Procuro daqui, reorganizo ali, algumas cartas rasgadas e para minha esperança, percebo que as coisas não podem ficar exatamente como estão. A bagunça é intensa. Mas não posso viver nessa desordem. Tudo isso está me deixando um tanto confusa — confesso!

Olhei-me no espelho, respirei fundo e decidi mudar. Chegou a hora de recomeçar, tem algumas coisas que ao saírem da nossa vida não é perda, é livramento.

Aquela menina que passou dias trancados no quarto chorando, não existirá mais. Agora em meu ser habitará uma mulher bem resolvida. Cresci, sofri e amadureci. Decidi que só quero em minha vida pessoas que me façam o bem, decidi não viver de migalhas de amor.

Agora estou livre, leve e solta. Pronta para conhecer novas pessoas, me apaixonar e amar. Apesar de tudo não desisti do amor, eu sei que por mais confuso e difícil que seja, o amor vale a pena.

*Obs: Esse texto foi escrito em parceria com a Vanessa Pérola, colunista aqui no blog e autora do blog Amor, Vida e Fé

Mayara Cavalcante

VEJA TAMBÉM:

O meu primeiro amor…

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: