Amar do jeito que for

Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Eu sempre achei que havia uma fórmula de amor que seria perfeita para mim. Alguém que se encaixasse num modelo imaginário que criei e do qual ainda não me libertei totalmente.

Seria assim: num belo dia, eu acordaria e numa esquina qualquer, ainda com o sabor do café da manhã na boca e com os cabelos assanhados, eu te encontraria. Amor à primeira vista. Amor de conto de fadas.

VEJA TAMBÉM:

De repente eu estaria ali, com cara de boba, sorrindo para um desconhecido na rua. Você, pronto para mais um dia exaustivo, talvez nem prestasse atenção em mim de imediato.

Seria o meu sorriso que te faria parar. Atrasar os teus passos.

Só que a vida não é roteiro de cinema. E eu até hoje não me apaixonei à primeira vista. Geralmente vem com o tempo. Carinho e atenção.

VEJA TAMBÉM:

Com o tempo, aprendi que não tem certo nem errado. Existe amor. Ponto. Amor à primeira vista deve ser lindo! Amor todos os dias é melhor ainda. Amor próprio… nem se fala. Amor entre amigos… incrível. Amor de pai e mãe… incomparável. Amor à vida… fundamental.

E foi assim que eu aprendi que amar é maravilhoso seja do jeito que for.

Rachel Motta

Compartilhe esse post: