A próxima página | Me Apaixonei

A próxima página

165
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Quando é colocado um ponto final na história, virar a próxima página é sempre tão difícil…

Foto: https://unsplash.com/photos/GnIBuQUECGE

Quando se acaba, se enxerga o final, como virar a próxima página de uma história sem antes revisar tudo o que houve no passado? Os bons momentos, os momentos felizes, os momentos tristes, a experiência, como cresceu e amadureceu nesse casulo que é os amores que se passam. Não casulos descartáveis, mas casulos que guardam material sentimental enorme, de forma que sempre irão trazer boas ou más recordações, de rupturas ou conexões incrivelmente fortes.

VEJA TAMBÉM: MEMÓRIAS DE NÓS DOIS

Bom, retornar aos capítulos anteriores, as páginas passadas são de uma intensidade e força sem mensuração cabível, afinal cada um sente de uma forma, cada um vive de um jeito cada situação: uns mais simples e relativos, outros mais intensos, mas todos reais. Na sua forma, na sua maneira. Amar é sempre uma troca dúbia e recíproca, impossível não sair ileso de um relacionamento tão forte e intenso onde se vive emoções fortes, se vive momentos bons e situações que exigem maturidade e entendimento de entrega, que é o que se diferencia de qualquer ficada de uma balada, ou de qualquer match no Tinder.

Amar sem medidas é amar a alma, a ideologia que a outra pessoa lhe apresenta…

O ponto final da página final de um capitulo é sempre doloroso, sempre difícil de lidar, de enfrentar e encarar sem medo, é difícil olhar e pensar que amanhã não terá uma mensagem, um recado, uma ligação… O vazio toma conta e aos poucos à vida vai se remontando sem a pressa que antes dividia espaço nas atenções da vida, do cotidiano, do dia a dia… Dói, arde, machuca, amarga, endurece, mas aos poucos à vida vai se dando uma chance, de lhe dar outra chance de viver em paz, leve e sem o peso de lembranças de um amor que só existe de um lado, só há em uma via e não em duas de ida e volta… É hora de olhar para frente, hora de embarcar, dar a partida, engatar a primeira e seguir viagem, seguir sozinho, para o caminho sem mais olhar para trás, depois de uma boa revisada, uma lida derradeira nos capítulos passados, é hora de apertar os cintos e seguir em continuidade da vida… Em continuidade da vida, continuidade dessa infinita highway.

VEJA TAMBÉM: AS PESSOAS QUE PASSAM PELA NOSSA VIDA, NÃO NOS DEIXAM SÓS. DEIXAM UM PEDAÇO DE SI, LEVAM UMA PARTE DE NÓS

Perdoa o que puder ser perdoado, esqueça o que não tiver perdão, segue a vida, se ame, se curta, torne-se sua melhor companhia primeiro para então depois tornar a melhor companhia de outra pessoa. Aprenda a ser seu próprio amor, depois de um término, para ser o amor de uma outra pessoa.

Vai doer? Vai. Vai chorar? Muito. Mas vai passar por isso e vai se encontrar consigo mesmo, vivendo todas as fases deste término, para que assim você possa enfim, buscar a pessoa que vai te completar nesta felicidade…

Boa viagem! =]

Emanoel Luiz

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: