9 fatos sobre o amor que você não aprendeu na aula de biologia! – MeApaixonei.com.br

9 fatos sobre o amor que você não aprendeu na aula de biologia!

1302
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Quando pensamos em amor, imaginamos casais de mãos dadas andando alegremente ou dirigindo em direção ao pôr do sol juntos.

Você pode se imaginar com a pessoa dos seus sonhos. Você pode até ter uma lista de coisas que seu companheiro perfeito deva ter. A coisa é que existem muitos fatores biológicos que se encaixam em “se apaixonar”. Se apaixonar é emocionante. As cores parecem mais vivas. Os obstáculos parecem desaparecer. O mundo inteiro é um lugar mais lindo por causa do nosso novo amor.

Embora isso possa parecer verdadeiro no momento, alguns desses sentimentos estão ocorrendo devido à processos químicos liberados pelo nosso cérebro.

Embora a ciência por trás do amor não seja tão romântica, é bastante fascinante perceber a complexidade de nossos corpos.

1. Tanto os homens quanto as mulheres devem ter a quantidade de testosterona adequada para se atraírem.

Sim, até mesmo as mulheres têm pequenas quantidades de testosterona. A testosterona cria desejo, bem como comportamento agressivo, o que pode te dar um empurrãozinho para persistir na pessoa em quem você está se sentindo atraído(a).

2. É comum atrair e se sentir atraídos por uma pessoa totalmente diferente.

Esta descoberta ocorreu durante um estudo realizado por Claude Wedekind da Universidade da Suíça. O teste era que mulheres tinham que cheirar a camisetas de alguns homens e dizer qual cheiro mais as agradava. O cheiro que mais as agradava era o cheiro que mais se diferenciava do cheiro familiar delas.

3. Se apaixonar é tão viciante quanto a cocaína ou a nicotina.

A dopamina, um composto químico que é liberado durante o estágio de atração inicial do relacionamento também é ativada quando se usa cocaína e nicotina. Esse é o motivo dessa onda de prazer e “felicidade” que tornam essas drogas tão viciantes. Ela também aumenta a liberação de testosterona, que como indicado acima é essencial para a atração.

Suponho que se apaixonar seria a droga mais segura se você tivesse que escolher entre as três.

4. O amor pode literalmente de deixar louco(a).

Algo que você pode ou não saber sobre o amor é que isso pode levar a uma situação séria. Os mesmos níveis de serotonina que provocam na pessoa apaixonada são encontrados naqueles com transtorno obsessivo-compulsivo, que é um transtorno de ansiedade.

Este é provavelmente o motivo pelo qual você não consegue pensar em mais ninguém quando se apaixona.

Envie seu texto!

VEJA TAMBÉM: 6 COISAS QUE SÓ CASAIS APAIXONADOS FAZEM. VOCÊ SE IDENTIFICA?

5. O amor precisa ser “cego” para sobreviver.

Não importa o que os outros dizem sobre a pessoa na qual estamos apaixonados: ele ou ela é sempre perfeito para nós. Essa “cegueira” é fundamental para que possamos avançar em nosso relacionamento e geralmente é necessário para avançar para o “estágio de apego”, como os cientistas chamam para que eles possam permanecer apaixonados o suficiente para ter e criar filhos; Em outras palavras, para povoar a Terra.

6. Suas células nervosas funcionam melhor durante o primeiro ano de amor.

Uma proteína em nossos corpos, chamada Fator de Crescimento Nervoso, que é importante para as funções de certas células nervosas e sensoriais, parece prosperar somente durante o primeiro ano de se estar apaixonado. Basicamente, nossos sentidos são aumentados e durante o primeiro ano de amor.

7. O amor romântico e o amor entre uma mãe e um filho compartilham uma conexão química similar.

O hormônio oxitocina, é liberado durante o nascimento da criança bem como também quando beijamos a pessoa que amamos. Espera-se que a oxitocina ajude na ligação a longo prazo.

VEJA TAMBÉM: 6 PERGUNTAS QUE TODOS DEVEMOS FAZER NO PRIMEIRO MÊS DE NAMORO

8. Somos atraídos por pessoas que olham e/ou possuem cheiros semelhantes aos de nossos pais.

Tão assustador quanto isso soa, um parceiro que parece semelhante a um dos nossos pais é considerado reconfortante. Se você é mulher e seu pai usou um certo perfume, é um aroma familiar e reconfortante que você subconscientemente procurará em outro homem. Isso faz sentido, mas não vamos trazer Freud para isso.

9. Também tendemos a nos apaixonar por alguém que se parece com nós mesmos.

Além de características faciais, cor do cabelo e cor dos olhos, também tendemos a ser atraídos por pessoas com os mesmos volumes pulmonares, comprimentos do lóbulo da orelha e taxas metabólicas.

Embora talvez não desejemos pensar nessas coisas quando estamos caindo de amor, pode ser necessário lembrar-nos de não perder completamente a cabeça no feitiço de amortização química que certamente está sob nós.

VEJA TAMBÉM:

Alerta! Se esses sinais te soam familiar, pode ser que seu parceiro esteja te traindo!

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: