8 tipos de personalidades que prejudicam o relacionamento a dois | Me Apaixonei

8 tipos de personalidades que prejudicam o relacionamento a dois

6908
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Não são todas as pessoas que possuem a sorte de encontrar uma boa pessoa para se ter um relacionamento.

Infelizmente, existem alguns tipos de personalidades que algumas pessoas têm que acabam criando obstáculos para se ter um bom relacionamento a dois.

Por isso, hoje a equipe do Blog Me Apaixonei traz para você 8 tipos de personalidades que algumas pessoas possuem que só prejudicam o relacionamento a dois. Veja quais são:

1. Costume de decidir pelos dois

Às vezes é bom ter alguém disposto a resolver todos os nossos problemas. Não precisamos nos preocupar com nada nem “perder” tempo pensando no assunto.

Mas quando um dos integrantes de um casal toma decisões pelos dois sem nem sequer ouvir a opinião do outro, é um importante sinal de alerta. Afinal é difícil determinar de imediato onde fica a linha que separa a preocupação sincera do desejo de dominar.

2. Vontade de controlar tudo

É ótimo ter um plano e ver tudo funcionando como um relógio. E talvez seja até seguro conviver com uma pessoa que tem tudo sob controle.

Só que quando a vontade de controlar tudo fica muito forte, transformando-se num verdadeiro transtorno, talvez seja um motivo para repensar o relacionamento.

3. Hábito de se justificar

Relacionamentos saudáveis são baseados em respeito mútuo. É um axioma. Se a pessoa se sente à vontade ao lado do parceiro ou parceira, ambos estarão na mesma sintonia.

E se uma das pessoas pede que, por exemplo, a outra leve o lixo para fora, quem recebeu o pedido atenderá à solicitação sem reclamar, desde que esteja interessado em manter o curso pacífico das coisas.

Mas quando há problemas no relacionamento, muitos dos pedidos acabam sendo ignorados, e não faltam desculpas para justificar isso.

4. Dependência

Não devemos construir relacionamentos em que um dos envolvidos dependa do outro. Em termos financeiros, por exemplo. No começo, quando ambos estão tomados pela emoção, não se costuma prestar atenção a esses temas.

Mas quando a paixão arrebatadora esfria, aqueles que são economicamente dependentes podem ser deixados de lado.

Por isso, o melhor mesmo é casar quando as duas pessoas envolvidas já possuem personalidades maduras e estão equilibrados nas mais diferentes esferas, como formação e interesses em comum.

Quando há um desequilíbrio em algum desses parâmetros, é possível que a relação não vá longe.

5. Hábito de mandar e criticar

Muitos de nós se acostumaram em receber críticas desde a infância: em casa, na escola, na universidade e depois no trabalho.

Por isso, o que as pessoas menos querem é ser criticadas pelo parceiro ou parceira, com quem só querem relaxar depois do trabalho e descansar.

Quando a relação permite críticas frequentes, converse e explique o que você realmente quer daquele relacionamento.

6. Rancor

Esse traço de personalidade talvez esteja entre os piores. É fácil e agradável viver com uma pessoa que esquece rapidamente das brigas e é a primeira em oferecer uma trégua.

Mas se, pelo contrário, a pessoa que está ao seu lado não consegue deixar para trás um antigo ressentimento sobre algo que aconteceu há meses ou até mesmo há anos, ou se faz questão apontar seus erros diariamente, vocês precisam conversar sério a respeito.

7. Hábito de confirmar o que você diz às suas costas

Relacionamentos duradouros são baseados em confiança mútua. E se tal base não existe, a relação terá vida curta. Não devemos fazer escândalos nem criar cenas de ciúmes sem motivo.

Se tiver dúvidas, simplesmente converse com a pessoa. Talvez você esteja se preocupando por nada e envenenando a própria relação.

8. Impaciência

Nem sempre podemos ter tudo e na hora em que queremos. Esse é um problema comum entre casais jovens, que não querem esperar muito para ver os planos se realizarem.

Só o tempo traz a compreensão de que o desejo de acelerar os acontecimentos pode destruir o relacionamento. Já a paciência é, por outro lado, o melhor remédio para boa parte dos problemas.

Existe algum outro fator que, em sua opinião, compromete a saúde dos relacionamentos? Deixe seu comentário!

Veja também:

13 dicas importantíssimas para se Construir um Bom Relacionamento

Fonte: incrivel.club

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: