Posso te confessar uma coisa? | MeApaixonei.com.br

Posso te confessar uma coisa?

2883
0
Compartilhe:
Compartilhe esse post:

Amo seu sorriso e sua boca. Amo sua voz. Seus dentes alinhados. Amo sua mordida, e as marcas que sua boca deixa em minha pele. Amo como sua língua passeia sobre mim. Amo os beijos carinhosos, e os que queimam meu coração.

Amo seu cabelo. Amo sua cabeça molhada depois do banho. Amo cada fio branco que você tanto detesta. Amo seu cheiro único que me inebria a cada vez que te vejo. Amo tocar em você, amo te cheirar.

Amo seus braços. Muito mais os seus abraços. Suas costas, eu amo toca-las, fazendo carinhos leves pra te relaxar enquanto estamos deitados juntos. Amo as massagens, as cocegas e as brincadeiras em cima da cama.

Amo suas mãos. Amo como minhas mãos e as suas se encaixam perfeitamente. Amo a segurança que sinto quando elas estão entrelaçadas. Amo caminhar de mãos dadas com você. Amo colocar a mão dentro de sua blusa, pra sentir sua pele fria.  Amo seus dedos. Amo como eles decoram as feições do meu rosto. Amo seus apertos. E seus carinhos também. Amo quando você memoriza meu corpo com seu toque.

Amo seus pés. Já disse que amo seus pés? Amo esquentar os meus com os seus nas manhãs frias. Amo quando suas pernas se entrelaçam nas minhas. Assistir um filme juntinhos deitados e entrelaçados. Amo perder as forças com você. Amo seus carinhos. Amo quando você me aperta durante o sono, só pra não me deixar esquecer que você ta ali. Como se isso fosse possível.

Amo seu olhar. Amo como você presta atenção quando eu falo sobre os meus sonhos. Sonhos meus que estão virando nossos. Amo como você me olha quando estamos embriagados de amor, e me diz as mais lindas palavras. Amo quando o amor vira desejo, e quando o desejo vem carregado de amor.

Envie seu texto!

Amo quando ri das piadas certas. Amo quando concorda comigo. E quando discorda também. Amo quando apenas balança a cabeça, encosta-se ao meu pescoço e dorme, enquanto eu não paro de falar. Desculpa, é mal de jornalista!

Amo nossas lembranças. Amo nossas primeiras conversas. Amo como uma simples brincadeira se transformou na mais linda história que eu poderia ter. Amo como falar com você se tornou parte da rotina. Amo os primeiros ciumes, disfarçados de cuidado e carinho. Lembro quando a palavra “amor” saiu pela primeira vez. Amo olhar para esse inicio tímido e saber que estamos caminhando juntos, para o lugar certo.

Amo até nossas brigas. Isso mesmo. Amo brigar com você. Porque brigar significa fazer as pazes. E eu amo quando fazemos as pazes. Amo os beijinhos e as brincadeiras depois de tudo. Amo as tardes preguiçosas e os sábados quentes. Amo o bem que você me faz. Amo a felicidade que sinto quando você está perto. Amo as borboletas no estomago, mesmo depois de tanto tempo.

Amo pensar em você. Amo me deparar rindo com algo seu. Amo quando vejo nós dois em cada lugar que eu vou. Amo sorrir quando falam seu nome. Amo quando o que sinto é tão forte que não consigo guardar só no meu peito. Amo quando preciso colocar em palavras o que está em meu coração.

Porque de uma coisa eu tenho certeza: Eu amo amar você.

Victória Lima

Compartilhe esse post:
Hospedagem de Sites e Blogs

Deixe seu comentário: